Condeúba/Tamboril: 20 de novembro dia da Consciência Negra, festa na comunidade quilombola

Lances verdadeiramente incríveis dados pelos capoeiristas

Nesta quarta-feira 20 de novembro de 2019, dia da Consciência Negra aconteceu as manifestações na Comunidade Quilombola do Tamboril. O cerimonial ficou por conta do professor Valdenor, a abertura foi com o professor Celson do Distrito do Alegre que agradeceu a presença de todos e ao mesmo tempo convidou os presente para proferir a oração do Pai Nosso.

Professora Iara Alves Silva da cidade de Cordeiros/BA.

Na sequencia o locutor anunciou a primeira palestrante da tarde, professora Iara Alves Silva da cidade de Cordeiros, que rapidamente deu umas pinceladas sobre o comportamento humano que leva as pessoas a ter preconceitos umas das outras.

A segunda palestrante Monica Nascimento, que foi reeleita Conselheira Tutelar

Pela ordem, fez uso da palavra Monica Nascimento, ela que foi recordista de votos na última eleição do Conselho Tutelar e também é negra. “Monica falou que repudia quaisquer tipos de preconceitos, principalmente em relação a cor negra, isso até parece que ficou só na história, mas, a bem da verdade que se diga, o preconceito sobre o negro ainda vive e reina no meio de todos nós, infelizmente”, afirmou Monica.

Cantando musica de protesto contra cor Gilma e Marli

A professora Marli e Gilma cantaram uma música que fala sobre preconceito de cor. A seguir as escolas começaram a fazer suas apresentações, cada uma mais lida que a outra.

A dança da garrafa e outros apetrechos nas cabeças das mulheres

Depois vei a dança da garrafa com as mulheres negras do Tamboril, elas vieram do lado de fora da Associação e entraram cantando em roda no meio do salão.

A Secretária de Ação Social Marinalda Batista ao lado do Sr. Manoel Pequeno

O professor Valdenor anunciou todos os patrocinadores, e apoiadores com a Folha de Condeúba que sempre faz as divulgações da Comunidade e dentre eles a Prefeitura, que através da Secretaria de Ação Social deu uma boa participação para acontecer esse evento.

Frota de Santo Reis do Olho d’Água

Pela ordem foi a frota de Santo Reis do Sr. Antônio Pereira que é formada por pessoas do Tamboril, Olho d’Água e Baixa da Furquilha e Higino. A apresentação dos Reis foi magistral, pois, essa Frota já está com muitos anos trabalhando juntos.

As meninas que realizaram a dança do Maculelê fizeram a diferença e foram muito aplaudidas pela galera que lotou as dependências da Associação

Pra encerrar teve uma belíssima exibição de capoeiristas do Tamboril e outros de fora. Finalizando com a tradicional e maravilhosa dança do maculelê, que fecho o evento com chave de ouro. Foi dado uma pausa para tomarem um reforçado lanche, enquanto isso, o Silvan ficou no comando do show. Estiveram prestigiando o evento o Secretário Municipal de Educação Weder Spinola, o Diretor das Escolas do Campo Juari Nascimento, os diretores das escolas do Alegre Landia e Vandecleito, o diretor da escola do Distrito da Mandassaia Lidinei, a diretora da Escola Dario de Oliveira Lima Suzana Severinia, o Poeta e Escritor Edson Silveira, a Secretária da Ação Social Marinalda Batista e o vereador Carlito José Pereira.

Ftos: Oclides/JFC

Facebooktwitterredditpinterestlinkedinmail

Redação

One Comment

  1. Um dos raros momentos que podemos apreciar manifestações culturais em Condeúba. Parabéns aos organizadores pela dedicação e sucesso do evento.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.