Condeúba: Chuvas trazem alegria e preocupações ao mesmo tempo

Cerca de 20 barragens de porte médio e pequeno existentes no município de Condeúba já estão sangrando, exceto a Barragem do Champrão a maior do município e as barragens da Canabrava, Baixão de Nena e a da Ripa (Zé de Souza).

A barragem do Riacho Seco de Gerosino recém construída, está no limite quase transbordando, o pior que ainda está sem a devida construção do sangradouro, apenas foi feito um de emergência protegido com sacos de areia.

Com a alta da água e possivelmente por falta do sangradouro, a ponte que faz ligação dos moradores da rua de dentro do Riacho Seco, ficou submersa com aproximadamente um metro acima. Ficando o contato entre os moradores das duas ruas, de dentro e a de fora momentaneamente prejudicado.

A barragem da Lagoa do Curral construída na propriedade do Sr. Eliezer, vasou pelo sangradouro atual e pelo antigo, retirando muito material das margens da banca. Essa barragem já havia quebrado e escavado muito em outra cheia do rio em anos anteriores, devido a localização ser impropria para se construir um bom sangradouro.

Outro problema que tem assolado a população condeubense neste tempo de inverno, são as estradas, que estão totalmente esburacadas deixando muitas regiões isoladas, sem condições de transitar.

Facebooktwitterredditpinterestlinkedinmail

Redação

2 Comments

  1. Os administradores deve aprender a fazer barragens na época da seca e bem feita. Principalmente os sangradouros, mas ultimamente só faz obras no ano eleitoral ou seja às pressas.

  2. As estradas de Condeuba e região são uma vergonha vamos cobrar desses políticos ladrões na próximo eleição

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.