CNJ inspeciona TJ-BA após operação que terminou com prisão de magistrados

Foto: Alan Oliveira/G1

O Tribunal de Justiça do Estado da Bahia (TJ-BA) começou nesta segunda-feira (9) uma inspeção para analisar o funcionamento dos setores judiciais e administrativo da Justiça comum da instituição.

A verificação é feita após a prisão de uma desembargadora, um juiz, quatro advogados e o afastamento de outros quatro magistrados. A inspeção será feita pela Corregedoria Nacional de Justiça (CNJ) e segue até a sexta-feira (13). Os trabalhos nos tribunais e prazos processuais não serão suspensos.

Facebooktwitterredditpinterestlinkedinmail

Redação

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.