Categoria: Segurança

Lei Maria da Penha completou dez anos

A Lei Maria da Penha completou dez anos neste domingo (7) e um dos seus principais avanços foi a conscientização sobre a violência psicológica, avalia Marisa Sanematsu, diretora de Conteúdo do Instituto Patrícia Galvão, organização social sem fins lucrativos que atua no direito das mulheres.

Para Marisa, a lei é bem formulada e completa, uma vez que define claramente as formas de violência doméstica como moral, sexual ou patrimonial. Ela acrescentou que muita gente nem sabia que violência psicológica era um crime enquadrado e passou a saber com a divulgação da lei.

A psicóloga destacou que antes da vigência da lei, a sociedade só considerava violência contra a mulher aquela violência física. Ela ressaltou que as agressões não bastavam ser simples, mas tinha que deixar a mulher “com muitas marcas para as pessoas aceitarem que, dessa vez, o marido exagerou”. As informações são da Agência Brasil.

Conquista: jovens infratores, em erro social, não poderão ser transferidos para Feira

O Tribunal de Justiça da Bahia, através da desembargadora Maria do Socorro, manteve liminar que impede a transferência de jovens que cumprem medidas socioeducativas de outras cidades que são transferidos para Feira de Santana.

Ianuguração da Comunidade de Atendimento Socioeducativo (Case), em Feira de Santana, destinada aos adolescentes em cumprimento de medida socioeducativa de internação e em regime de internação provisória. Foto Haroldo Abrantes/SECOM
Ianuguração da Comunidade de Atendimento Socioeducativo (Case), em Feira de Santana, destinada aos adolescentes em cumprimento de medida socioeducativa de internação e em regime de internação provisória.
Foto Haroldo Abrantes/SECOM

A solicitação foi do Ministério Público da Bahia, para que o Case Zilda Arns não sofra o mal da superlotação. São várias cidades da Bahia que são obrigadas a transferir os seus adolescentes em erro social para Feira de Santana.

Vitória da Conquista
Sendo Conquista a terceira maior cidade da Bahia, com registro de mortes sem controle de jovens de 14 a 17 anos, o que coloca a cidade de acordo dados do Mapa da Violência dentre as mais violentas do Brasil, continua sem solução – e as crianças e adolescentes em erro social permanecem sem espaço para recuperação. A medida adotada em Feira de Santana complicará a situação em Conquista que terá que recorrer internamentos apenas em Salvador.

Músico se esconde em igreja e é morto na frente de fiéis em Eunápolis

Um músico do município de Eunápolis, no extremo sul da Bahia, foi perseguido por bandidos e morto a tiros dentro de uma igreja evangélica na noite de segunda-feira (25). O crime ocorreu por volta das 21h, no bairro de Gusmão.

De acordo com Alberto Melo, delegado do município, Edno Oliveira Santos, de 30 anos, estava fugindo de dois homens armados, quando encontrou uma igreja aberta na Rua dos Coqueiros.

Ele buscou proteção no templo religioso, mas continuou na mira dos bandidos. “Ele chegou a tentar se proteger com o pastor, rapidamente, mas os homens já entraram atirando. Tinham cerca de 40 pessoas na igreja. Foi um tumulto”, destacou ao G1.

Edno foi levado pela dupla para o fundo da igreja e morto com tiros no tórax. O delegado acrescenta que a vítima ainda foi encontrada com uma faca cravada no pescoço. Nenhum dos fiéis presentes no culto religioso ficou ferido.

O corpo da vítima foi encaminhado para o Instituto Médico Legal (IML) da cidade, onde permanece na manhã desta terça-feira. Segundo o delegado Alberto Melo, investigações preliminares apontam que a vítima estava envolvida com o tráfico de drogas. Edno era percursionista da banda Swingueira.

Homem ameaça explodir Unijorge durante prova da OAB

Um homem, ainda não identificado, ameaça explodir o Centro Universitário Jorge Amado, na tarde deste domingo, 24. No local, seria realizada a primeria fase do Exame da Ordem dos Advogados do Brasil, organizada pela Fundação Getúlio Vargas, que foi suspenso. Cerca de 3 mil candidatos fariam a prova na Unijorge neste domingo.

A ocorrência foi confirmada pela Superintendência de Telecomunicações das Polícias (Stelecom), que enviou viaturas do Bope, Samu e Corpo de Bombeiros para o local. O homem está isolado no 7 andar do prédio e policiais do Bope tentam negociar a rendição do suspeito. O prédio foi todo evacuado.

Informações iniciais apontam que o suspeito, um estudante de Direito, de identidade ainda não revelada, estaria fazendo prova na sala 711 da instituição, quando, por volta das 12h40, momentos antes da prova, teria comentado que estava com explosivos em duas malas e que iria explodir o estabelecimento.

Durante a prova do exame da Ordem dos Advogados do Brasil é possível levar livros, sendo comum os estudantes levarem sacolas e malas para a sala da prova.

Criança tem língua cortada com faca por professora em creche de Salvador

Reprodução/Record Bahia
Uma mãe acusou, nesta sexta-feira (15), uma das professoras da creche em que o filho estuda de ter agredido a criança. O menino tem apenas quatro anos e chegou em casa com machucados na língua , bochecha e orelha.

A creche é particular e fica localizada no bairro Don Avelar, na capital baiana. Inicialmente, a criança afirmou que teria batido a cabeça por acidente na mesa da creche. De acordo com o R7, a tia desconfiou do ferimento e foi até a escola, que confirmou a história.

No entanto, a mãe levou a criança ao Hospital Geral do Estado (HGE) onde, segundo ela, os médicos disseram que o ferimento se parece muito mais com um corte por faca, já que por batida os ferimentos seriam nas laterais ou ponta da língua.

A mulher perguntou novamente ao filho, que dessa vez confirmou a agressão, contando que a professora havia cortado sua língua. A mãe diz também que a farda que ao menino vestia na volta da creche não era dele, o que poderia significar que substituíram a roupa dele por estar manchada de sangue.

A dona da creche afirma que a criança foi induzida a dizer que sofreu agressão após pressão familiar e continua com a versão do acidente com a mesa. A mãe diz ter retirado a matrícula da criança e pede justiça.

200 kg de drogas são incinerados em Vitória da Conquista

DrogasNesta quarta-feira (13), aproximadamente 200 kg de drogas foram incinerados em Vitória da Conquista pela Polícia Civil. O material destruído é resultado das apreensões feitas pelo Núcleo de Tóxico e Entorpecente (NTE) nos últimos meses na cidade.

A ação, que contou com a presença do Ministério Público, assegurando a legitimidade da operação, segue determinação legal. De acordo com a lei, para evitar o depósito da droga ilegal, bem como um possível desvio, o material entorpecente deve ser destruído, preferencialmente, incinerado.

Em Vitória da Conquista, no último mês, foram realizadas várias apreensões de grande quantidade de drogas, que, inclusive, resultaram na prisão de alguns traficantes.

Jânio Quadros: Polícia prende homem acusado de tentativa de homicídio

janio-quadros-anderson-almeida-da-silva-95O indivíduo Anderson Almeida da Silva, de 29 anos, foi preso em flagrante, em operação conjunta da Polícia Militar e Civil, na cidade de Presidente Jânio Quadros.

Ele é acusado de ter tentado matar um homem identificado como João Paulo da Silva, de 59 anos. Segundo informações do delegado da 20ª Coordenadoria de Polícia do Interior (Coorpin), Leonardo Rabelo, com o indivíduo, foi encontrada uma arma de fogo do tipo garrucha.

O autor foi autuado em flagrante pela prática do delito de homicídio tentado pelo delegado Cláudio Marques, no plantão da delegacia de Brumado.

Polícia Federal deflagra operação contra empresa de seguro ilegal, em Brumado

PF-Hosp-2B-300x200A Polícia Federal em Vitória da Conquista deflagrou, nesta quinta-feira (7), a ‘Operação Sinistro’, contra uma empresa que atua ilicitamente no mercado de seguros no município de Brumado. De acordo com a PF, estão sendo cumpridos dois mandados de busca e apreensão na cidade de Brumado.

A empresa, que não tem autorização do órgão competente Superintendência de Seguros Privados (Susep) para atuar nessa atividade, não arcava com os ônus devidos e típicos das entidades seguradoras, aponta a Polícia. Por esse motivo, a empresa conseguia praticar preços e condições que estariam prejudicando e até inviabilizando a atuação das entidades seguradoras estabelecidas regularmente, bem como a lavagem dos valores obtidos mediante essa atividade ilegal.

Ainda de acordo com a PF, com os valores obtidos por meio da comercialização ilegal de seguros, um dos proprietários da empresa teria construído um hotel e adquirido diversos veículos e propriedades.

As investigações da Polícia Federal ainda apontam que a empresa vinha desobedecendo a decisão judicial de realizar oferta, veicular ou anunciar, por qualquer meio de comunicação, qualquer modalidade de seguro, em todo o território nacional.

Os investigados responderão pela prática de operar sem a devida autorização de instituição financeira e lavagem de dinheiro.

Justiça bloqueia R$ 19,5 milhões do WhatsApp

Whatsapp-83A Justiça Federal em Londrina, no Paraná, mandou bloquear R$ 19,5 milhões das contas do WhatsApp por ter descumprido uma decisão judicial de liberar mensagens trocadas por traficantes investigados pela Polícia Federal.

Esse é um desdobramento da Operação Quijarro, que prendeu uma organização criminosa especializada no tráfico internacional de drogas. A determinação só bloqueou as contas do WhatsApp, mas não suspendeu o serviço.

O valor se refere a multas acumuladas durante os últimos cinco meses. A operação Quijarro foi deflagrada no Paraná, São Paulo e Mato Grosso do Sul.

O delegado Elvis Secco, responsável pela operação, considerou que o WhatsApp atrapalhou as investigações ao não repassar mensagens trocadas pelos traficantes no aplicativo. Para Secco, se a determinação tivesse sido cumprida, o resultado da operação teria sido diferente.

Pavio de dinamites é encontrado em bagagem de ônibus interestadual

PavioA Polícia Rodoviária Federal de Vitória da Conquista apreendeu uma grande quantidade de espoletas (pavio) utilizadas na detonação de explosivos, como dinamite. A apreensão ocorreu durante operação de rotina, no posto da BR 116, em Conquista, durante abordagem a ônibus Interestadual.

O veículo seguia para Feira de Santana, quando foi parado pelos patrulheiros , por volta das 21 horas desta quarta-feira (8). Eles encontraram 3 mil espoletas, que é de uso restrito.

O responsável pela mala onde estava o material, Jeovaldo Ferreira da Silva, 55 anos, foi identificado e preso. Normalmente explosivos de origem ilícita são utilizados em crimes contra instituições financeiras.