Arquivos da categoria: Educação

Com sinais de embriaguez, motorista de ônibus escolar é preso enquanto transportava alunos

Foto: Reprodução/TV Bahia

Um motorista do transporte escolar de São Desidério, no oeste da Bahia, foi preso na quinta-feira (23), após ser flagrado com sinais de embriaguez enquanto transportava estudantes em ônibus. Conforme polícia, o homem confessou ter consumido bebida alcoólica.

De acordo com o delegado Carlos Ferro, responsável pelas investigações, o motorista, que não teve a identidade revelada, chegou a bater em uma placa de sinalização durante o trajeto. Por conta disso, os estudantes acionaram a polícia. Ainda segundo o delegado, durante a abordagem, como o município não possui equipamentos de bafômetro, os policias aplicaram um protocolo do Conselho Nacional de Trânsito (Contran), para saber se o motorista se enquadrava no quadro de embriaguez. o resultado do protocolo deu positivo.

Diante da situação, os estudantes foram transportados para outro veículo. Segundo o G1, o homem foi encaminhado para a delegacia da cidade, onde prestou depoimento. Apesar disso, ele foi liberado ainda na quinta, depois que a família pagou fiança no valor de R$ 1,5 mil. Em nota, a Secretaria de Educação da cidade afirmou que, ao ser informada sobre o caso, acionou a empresa terceirizada responsável pelo veículo. A nota afirma também que um novo motorista assumiu o posto na manhã desta sexta-feira (24).

Bilionário paga dívidas de todos estudantes que estavam se formando em faculdade

Foto: Reprodução/Youtube

Robert F. Smith, o negro mais rico dos Estados Unidos, fez o anúncio recente de que irá pagar as dívidas estudantis de todos os estudantes da Morehouse College, em Atlanta. O valor estimado a ser doado ultrapassa os R$ 140 milhões. Smith anunciou a doação na frente de todos os estudantes — em sua maioria negros — durante a formatura da turma. O bilionário era o convidado de honra da cerimônia.

O ato foi celebrado por importantes personalidades e ativistas da igualdade entre negros e brancos, como o diretor de cinema Spike Lee, em seu Instagram, e a filha de Martin Luther King Jr., Bernice. O bilionário começou sua carreira como engenheiro químico da Goodyear e frequentou a escola de negócios da Universidade Columbia.

Mais tarde, ele criaria o Vista Equity Partners, empresa que cria aportes para companhias de software. O negócio é o responsável pela fortuna de R$ 20,5 bilhões de Smith, segundo estima a Forbes.

O empresário diz acreditar no ensino como base para o crescimento da sociedade e ascensão de famílias pobres. Além da doação aos estudantes, Smith já investiu R$ 20 milhões no Museu Nacional de História Afro-Americana e Cultura dos Estados Unidos.

Rui Costa, governador da Bahia, defende mensalidade em universidade pública

O governador da Bahia, Rui Costa (PT), defendeu, nesta segunda-feira, 20, que ricos paguem mensalidades em universidades públicas. Para ele, é “injusto” que pessoas, que estudaram em escolas privadas caras, não paguem nada quando vão para instituições públicas de ensino superior.

“Alguém que pagou a vida inteira para os seus filhos em escola particular cara não tem condições de contribuir com a universidade? Qual problema que tem isso? Isso é proibido por que? Eu não vejo problema nenhum”, declarou. “Nós queremos fazer coisas que país rico não faz. A gente abre mão de um recurso.

País rico não abre mão”, acrescentou. De acordo com a Veja, para o petista, haverá resistência no seu próprio partido a tese defendida por ele. O governador ressaltou que o ambiente polarizado do país prejudica o debate sobre o assunto. “Isso é considerado um tabu.

Quem é contra não é contra que rico pague, mas acha que isso é início da privatização da universidade. Que o passo adiante é cobrar de todo mundo. Então, fica esse discurso temeroso”, salientou. Rui Costa fez questão de salientar que é contra a privatização de universidades públicas.

Mais de 22 mil professores estaduais são contemplados com progressão de carreira

Mais de 22 mil educadores da rede estadual de ensino são contemplados com progressão nos graus da carreira. O anúncio foi nesta segunda-feira, 20, pelo Governo da Bahia, por meio da Secretaria da Educação.

A mudança também foi publicada no Diário Oficial deste sábado, 18. Ao todo, serão beneficiados 22.763 professores e coordenadores pedagógicos que concluíram o curso on-line “Uso Pedagógico de Tecnologias Educacionais”, ofertado na modalidade à distância no ambiente virtual da Universidade Federal da Bahia (Ufba).

Com a promoção no grau da carreira do magistério, os educadores tiveram um ganho real de 14% no vencimento básico, divididos entre os anos de 2018 e 2019, sendo que 6% da promoção foram antecipados pela inscrição do modulo II, em setembro de 2018.

Também foi anunciado a mudança de padrão por conclusão de cursos de pós-graduação (especialização, mestrado e doutorado) de 754 educadores, sendo 731 professores e de 23 coordenadores pedagógicos.

Hoje 20 de maio, comemora-se o dia do “PEDAGOGO”

“Ser Pedagogo não é apenas ser Professor, Mestre, Tia, Coordenadora, Supervisora, Orientadora, Dona de escola. É mais do que isso. É ser Responsável!!! Ser Pedagogo é ter coragem de enfrentar uma sociedade deturpada. Ser Pedagogo é ser valente, pois sabemos das dificuldades que temos em nossa profissão em nosso dia a dia. Ser Pedagogo é saber conhecer seu caminho, sua meta, e saber atingir seus objetivos. Ser Pedagogo é saber lidar com o diferente, sem preconceitos. Ser Pedagogo é mais do que ensinar, é construir sonhos.”
20 de maio – Dia do Pedagogo, parabéns a todos esses profissionais da Educação.

Condeúba: O São João já vai começar, na Escola Dario Lima será dia 31 de maio

Por Oclides da Silveira

A Escola Municipal Dário de Oliveira Lima situada no Bairro Divino Espírito Santo em Condéuba. Este vai sair na frente em relação as festas junina, o início será no dia 31 de maio e terá muitas atrações com apresentações dos alunos e AABB Comunidade, barraquinhas com comidas típicas, sorteio de balaio junino. Atração musical ficará com NEIVALDINO OLIVEIRA E DÃO DOS TECLADOS.

Com o tema do São João deste ano, “ARRAIÁ MEIO AMBIENTE: POR UM MUNDO MELHOR”, a Escola Dário de Oliveira Lima é um destaque especial e chama muito a atenção do público, pois, o assunto do momento é o meio ambiente, de tal forma que no município de Condeúba, acabou de ser criada a Secretaria Municipal do Meio Ambiente, que cuidará desses assuntos pertinentes. Parabéns para a direção da Escola Dário Lima, que foi feliz na escolha do tema do São João deste ano.

Condeúba: O Projeto da Biblioteca Itinerante fez o seu segundo encontro na Escola Municipal Dário Lima

Por Oclides da Silveira

Condeúba: O Projeto da Biblioteca Itinerante fez o seu segundo encontro na Escola Municipal Dário de Oliveira Lima

O Projeto Biblioteca Itinerante nas escolas deu prosseguimento neste dia 7 de maio de 2019 na Escola Municipal Dário de Oliveira Lima. Disse a professora Rita Gomes, “Nós fomos recebidas de braços aberto pela diretora da escola Suzana Nascimento. Dando início aos trabalhos eu fiz a abertura apresentando o Projeto para os alunos e professores em turmas individuais”, afirmou a professora Rita.

Na sequencia os alunos fizeram o cadastro com as professoras Grácia e Deise e levaram os livros para casa, de acordo com a escolha de cada um. Sendo que os mesmos tem um prazo de apenas 3 dias para devolver os respectivos livros, por conta do aniversário da cidade, os quais serão recolhidos pelos funcionários da Biblioteca.

Segue abaixo escala para visitação no local onde ficaram, ou seja, cantinho da leitura. Lembro que desta feita, foram só os alunos do fundamental. Período MATUTINO: Professores Dilma, Zoraide, Dores, Rogério e Maik. Período VESPERTINO: Professores Valdirene, Luciana Patricia, Gilvana, Dores e Maik.

Fotos: Rita Gomes Continue lendo Condeúba: O Projeto da Biblioteca Itinerante fez o seu segundo encontro na Escola Municipal Dário Lima

Condeúba/Dist. do Alegre: Escola Deraldo Rodrigues Novais comemora o dia do livro infantil

Por Lândia

A escola Deraldo Rodrigues de Novais, no Distrito de Alegre comemorou o dia do Livro Infantil, com o gênero textual “Cordel” despertando a criatividade dos alunos incentivando os na tarefa de ler, recitar e escrever folhetos.

O gênero textual, despertou o encantamento, e o envolvimento de toda a Equipe Escolar. A literatura de Cordel também conhecida no Brasil como folheto é um gênero literário popular escrito frequentemente na forma rimada, originada em relatos orais e depois impresso em folhetos. Continue lendo Condeúba/Dist. do Alegre: Escola Deraldo Rodrigues Novais comemora o dia do livro infantil

Bloqueio das universidades federais chega a R$ 2,2 bilhões

As universidades federais do país tiveram 2,2 bilhões de reais bloqueados para uso, o que corresponde a 25,3% do que elas tinham de recursos para investimento e custeio de suas instalações e cursos no ano – fora o salário de servidores.

Como estão desde 2015 sem correção dos orçamentos pela inflação, as instituições temem não conseguir manter todas as atividades de ensino, pesquisa e extensão. “Estamos há anos nos adaptando a orçamentos cada vez menores e mais alunos.

Chegamos ao limite”, diz Reinaldo Centoducatte, presidente da Associação Nacional dos Dirigentes das Instituições Federais de Ensino Superior (Andifes) e reitor da Universidade Federal do Espírito Santo.

Para se adequar ao novo orçamento, as instituições dizem que vão ter de cortar despesas como energia elétrica e serviços como limpeza e segurança. De acordo com a Veja, uma das maiores e mais prestigiadas do país, a Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) teve 39,74% das verbas bloqueadas, o que representa 114 milhões de reais.

Além das despesas básicas, a instituição diz que o contingenciamento vai impedir o “desenvolvimento de obras e compra de equipamentos utilizados em instalações como laboratórios e hospitais”. A Universidade Federal de São Paulo (Unifesp), onde o ministro da Educação, Abraham Weintraub, é professor, diz que o bloqueio de recursos vai forçar a instituição a reduzir custos com água, luz e contratos de manutenção.

Em nota, a reitoria disse que vai discutir com a comunidade a situação. O bloqueio de verbas para os institutos federais foi superior ao das universidades, com contingenciamento de 34,5%. “Antes estávamos enxugando a gordura para reduzir custos. Agora, estamos raspando o osso. Não temos mais como reduzir os gastos sem prejudicar a qualidade do ensino”, disse Luís Claudio Lima, diretor do campus de São Paulo do Instituto Federal de São Paulo (IFSP).