Mandonismo local ou democracia?

Por Joandina Maria de Carvalho

Professora Joandina Maria de Carvalho

Ao longo da nossa história, desde o Brasil colônia até o  período republicano mais recente, tem prevalecido no nosso país, algo que alguns historiadores e sociólogos chamam de mandonismo político local. Vítor Nunes Leal, autor do livro Coronelismo, Enxada e Voto, diz que coronelismo é um conceito para a Primeira República.

Tanto o mandonismo quanto o coronelismo nos municípios não sobrevivem sozinhos. Eles precisam dos governadores dos estados, precisam de um legislativo com deputados federais e estaduais, e até do presidente da República. E ainda tem os senadores. Por que um país precisa de um legislativo com Senado e Câmara dos Deputados? Isso onera o erário público e permite que políticos parasitas vivam da política, o que a empobrece. Verdadeiros representantes do povo não conseguem se eleger. Isso faz que a cultura política do país seja cruel acarretando grandes problemas para a sociedade.

Na época das eleições há uma parafernália que até cidadãos escolarizados e com curso superior caem na armadilha. E ainda temos que presenciar as pessoas ouvirem que vão votar em branco, anular seus votos ou votar no time de Bolsonaro. No Brasil essa questão de time funciona? Na Bahia estão tirando o direito da senadora Lídice da Mata se candidatar para reeleição ao senado, por que é preciso agradar a outro político e grupo ou ampliar uma cooptação, às vezes desnecessária. A ex-presidente Dilma corre o risco de ser umas das poucas senadoras mulheres naquela casa legislativa.

Em Cuba, as pessoas são cidadãs e votam em suas províncias. Os eleitos são acompanhados de perto pela população. Convivi com pessoas felizes que aceitam e respeitam seus líderes e o presidente. Os brasileiros preferem chamar isso de ditadura. Esse individualismo e egoísmo que existe no Brasil deveriam irritar a cristãos e não cristãos. Antes de ver o interesse coletivo, as pessoas olham para o seu umbigo. Isso é falta de humanidade.

Parabenizo publicamente o Sr. Oclides Ribeiro da Silveira, uma pessoa de bem e com o sonho de ver o progresso da terra em que nascemos. Lançou recentemente em Condeúba um livro “Governo popular para todos – O povo em busca do bem comum”. Sugiro que a gente leia e compartilhe em pequenos grupos as ideias que estão no livro e nesse texto, ambos valioso.

Facebooktwittergoogle_plusredditpinterestlinkedinmail

Um comentário sobre “Mandonismo local ou democracia?

  1. Oclides da Silveira Agradeço imensamente essa baloarte pesquisadora e escritora sobre a Coluna Prestes professora Joandina Maria de Carvalho, pelo seu importantíssimo artigo intitulado “Mandonismo local ou democracia”? No qual ela fez com muita inteligência, uma alusão ao nosso livro “Governo popular para todos”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *