Paróquia de Santo Antônio/Condeúba: Realizada a 7ª noite do novenário de Nossa Senhora de Aparecida – 2019

Oclides da Silveira – Jornalista MTPS nº 5910/BA.

O casal Vânia e Samuel conduzindo a imagem de Nossa Senhora Aparecida até ao Altar, Samuel que está se recuperando de um grave acidente que sofreu

Nesta quarta-feira dia 9 de outubro de 2019 foi realizada a 7ª noite do novenário de Nossa Senhora de Aparecida. Foi mais uma noite de muitas bençãos e graças alcançadas, o astral dos fiéis ficou nas alturas. Tudo por conta de uma celebração magistral de um filho de Deus abençoado chamado de Padre Joselito Oliveira Cruz, ele que veio da cidade de Ribeirão do Largo e pertence a Paróquia São João Batista – Arquidiocese de Vitória da Conquista/BA.

Padre Joselito abraçado com sua ex-professora Ilsa Patente

O nosso querido e abençoado Padre Joselito, é uma figura das mais carismáticas que já conhecemos, muito sério e enfático nas suas homilias, ontem não foi diferente, pois, ele dessecou sobre o tema da noite, “Maria inspira-nos em nossa vida de oração”. Porém, o Padre Joselito é uma pessoa dona de uma cultura admirável, saiu do assunto inicial por algumas vezes, mas não fugir do tema.

O Padre Joselito é um grande historiador, ele contou em detalhes como os pescadores acharam a imagem de Nossa Senhora de Aparecida em duas etapas, primeiro foi o corpo depois a cabeça, falou do maluco que roubou a imagem de Nossa Senhora e deixou cair e quebrou, na sua reconstrução, um padre queria que mudasse a cor de Nossa Senhora, mas a própria imagem só aceitava a cor preta que é o símbolo representado nos escravos por nossa mãe Aparecida.

Joselito falou das dificuldades que o Papa Francisco tem encontrado dentro da própria Igreja no tema “Sínodo da Amazônia”. Em fim se o Padre Joselito estendesse sua homilia por umas duas horas de duração, ninguém se cansaria, dado ao bom humor e conhecimento com que ele trata os temas.

O homenageado Mariano com as filhas Paula, Aline e Carla e a netinha, recebeu a placa em reconhecimento pelo seu trabalho diante da Igreja.

O quadro de “Histórias Vocacionais”, trouxe ontem como personagem marcante na Igreja, a história de Mariano Batista dos Santos, ele que completou idade nova ontem nasceu no dia 9 de outubro de 1952, está por tanto com 67 anos e também completou 60 anos de sacristão. Mariano iniciou sua caminhada na Igreja Católica desde os 7 anos com o Padre Waldemar Moreira da Cunha, que ainda celebrava a Missa em Latim.

Mariano sempre foi uma pessoa de poucas falas e risadas, mas de muitas atitudes, sempre esteve assessorando os 13 Padres que se passaram por nossa Paróquia, inclusive o atual Padre José Silva. Mariano é membro há muitos da Irmandade do Santíssimo Sacramento, é o sineteiro oficial da Igreja e também o soltador de foguetes, além de tantos outras ocupações nos movimentos da Igreja.

7ª noite 09/10 (quarta-feira)
19h – Reza do terço: Abelina e Ana Carvalho
19h30min – Celebração Eucarística
Tema – Maria inspira-nos em nossa vida de oração.
Presidente: Pe. Joselito de Ribeirão do Largo – Paróquia São João                                                       Teve como co-celebrante Pe. José Silva
Devotos de Nossa Senhora Aparecida
Márcia e Adriano
Grupo Leitores 04 (Matriz).

Fotos: Oclides/JFC

Facebooktwitterredditpinterestlinkedinmail

Redação

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.