Fabricante da marca Deca, Duratex fecha indústria no RS e demite 500 funcionários

Por Naor Lauter Dahmer 

Trabalhadores relatam que não puderam entrar na fábrica nesta segunda-feira

GIANE GUERRA
A Duratex está fechando sua fábrica em São Leopoldo, no Vale do Sinos. A unidade produz louças da marca Deca.

Funcionários já tinham avisado a coluna Acerto de Contas nesse domingo (30) sobre os rumores de encerramento das atividades. Ao chegarem para trabalhar na manhã desta segunda-feira (1º), não foi permitida a entrada dos funcionários na fábrica e eles foram encaminhados para um local para assinarem a documentação de rescisão do contrato de trabalho.

Segundo os três empregados com quem a coluna conversou, são cerca de 500 funcionários diretos que estão sendo desligados. Todos pediram para não serem identificados, mas contaram que receberam como justificativa as baixas vendas e uma medida de redução de custo da Duratex.

O Sindicato dos Trabalhadores da Indústria de Vidros confirmou o número de funcionários que atuavam na unidade. A entidade não foi avisada do fechamento nem das demissões, assim como a prefeitura de São Leopoldo. O presidente do STIVIDRO/RS, Clecio Ramiro de Lara, disse que ficou sabendo somente nesta segunda-feira por meio de funcionários.

— Estou agora na fábrica tentando negociar alguma manutenção, mas a empresa não está aceitando — conta o dirigente.

A coluna procurou a assessoria de imprensa da Duratex ainda no domingo. No entanto, a empresa não quis se manifestar sobre o assunto.

Atualização – Nota enviada pela empresa após a publicada desta coluna:

“A Duratex esclarece que o fechamento da unidade industrial de louças na cidade de São Leopoldo é importante para a consolidação industrial e para manter a competitividade no segmento. A escolha desta unidade se deu pela sua reduzida capacidade instalada. O volume de produção será redistribuído entre as outras 4 unidades de louças da Deca – João Pessoa, Cabo de Santo Agostinho, Queimados e Jundiaí -, mantendo o pleno atendimento para todos os nossos clientes.”

FONTE: gauchaZH

Facebooktwitterredditpinterestlinkedinmail

Redação

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.