Condeúba: Realizada a 15ª Sessão Ordinária da Câmara, votação do PL. 12/2019 que doava a sede para a Guarda Municipal foi adiada, os Guardas “chiaram”

Por Oclides da Silveira

 

Parte da nossa gloriosa Guarda Municipal esteve ontem na Sessão acompanhando atentos a votação do PL. 012/2019 que conde a construção de sua sede própria

Foi realizada nesta quinta-feira dia 30 de maio de 2019, a 15ª Sessão Ordinária da Câmara Municipal deste ano. Inicialmente às 19:00 horas foi entoado o Hino Nacional, em seguida o Presidente  do Legislativo vereador Maurilo Guilherme fez um momento de reflexão e convidou todos juntos para professar a oração do Pai Nosso. Logo após o Presidente vendo que tinha numero legal de vereadores, declarou aberta a Sessão.

PEQUENO EXPEDIENTE: O Presidente designou que o primeiro Secretário vereador Reginaldo Nascimento fizesse a leitura da ata da Sessão anterior. Em seguida foi feito a leitura dos ofícios nºs 002, 003,007 e 100 todos encaminhados pela Venerável Irmandade do Santíssimo Sacramento. Leitura da Indicação nº 26/2019 que trata-se do plantio de arvore na cidade começando pelo Bairro Divino, de autoria do vereador Arlindo Cruz. Indicação nº 027/2019 para adquirir uma ambulância para o Distrito do Alegre, autora vereadora Nena. Leitura dos convites da NETFUTURAMA  para assistir o cinema na praça e o convite da Creche Vovó Clemencia Sofia para a festa junina que será no dia 7 de junho.

GRANDE EXPEDIENTE:

Comandante da Guarda Municipal – Davi Crispim de Sousa

Pela ordem, foi concedido 5 minutos para o Comandante da Guarda Municipal Sr. Davi Crispim de Sousa fazer uso da tribuna popular, onde o mesmo disse: Senhores vereadores venho aqui para mostrar aos nobres edis a real necessidade da Corporação ter a sua sede própria, falou também das várias ações e trabalhos desenvolvidos pela Guarda Municipal, entre outras justificativas da urgência dessa sede própria para a Guarda. Por fim Davi pediu que os vereadores relevassem essa situação e votassem favorável ao Pl. nº 12/2019″, concluiu o Comandante Davi.

Vereador José Ribeiro Reis

José Reis – PCdoB. Usando a tribuna disse: “Quero dizer ao Prefeito Silvan Baleeiro que o paciente no leito do hospital e o remédio na prateleira é um final infeliz, pois o paciente morre e o remédio vence digo que se tem dinheiro em caixa  está na hora de gastar com o povo que é o real dono do dinheiro, gastar na saúde e na segurança pública que nem um carro tem para socorrer a quem precisar. O povo do Alegre vem sendo muito sacrificados, tirou uma ambulância e substituiu por um carro que vive mais quebrado do que funcionando. O Mercado Municipal tem dois banheiros que fazem vergonha o estado de conservação, fiz indicação para reformá-los mas, não foi atendido. O povo do alegre sofre muito por falta de água, se não fosse 55 caixas que eu consegui através do mandato de deputados, o sofrimento seria maior. Também uma água que Dorinho levou para o Distrito do Alegre. O Prefeito Silvan prometeu que ia levar água para todos mas não cumpriu. Semana passada fui na região do Sapé e pude conferi que não é só no Alegre que as estradas estão abandonadas, as estradas daquela região Sapé, Sossego e Guariba estão totalmente abandonadas, com buracos, pedras garranchos, matos tomou conta de tudo. Na reinauguração do Hospital o Prefeito disse que tinha comprado o Raio-X e que estava funcionando, mais uma vez não falou a verdade, pois lá está a maquina de Raio-X parada e sem funcionário para operá-la. Quero chamar a atenção dos colegas vereadores que sempre todos nós temos votados a favor dos projetos do Prefeito, num entanto ele não tem cumprido com sua parte”. disse José Reis.

Vereador Arlindo da Silva Cruz (Arlindo Guarda)

Arlindo Cruz – PRÓS. Usando a tribuna disse: “Quero aqui dizer sobre esse PL. nº 12/2019 que tramita nesta Casa de Leis para autorizar a venda do lote que está localizado ao lado do Fórum Jaime Bulhões, o qual é de propriedade da Prefeitura, sendo que o mesmo já fora da Irmandade, sendo que a Igreja reivindica a doação do mesmo para a própria Irmandade construir sua sede, desde os Prefeitos Marcolino, Odílio, Guto e ago com o Silvan. Venho pedir encarecidamente aos Senhores e Senhoras vereadores que votem a favor dessa propositura, pois, sempre fomos deixados a segundo planos pelos gestores que se passaram nesses 20 anos da Guarda Municipal. Com todo respeito que tenho pela Igreja Católica assim como pela as demais religiosidade, sou a favor de que a Prefeitura arrume um outro terreno e doa para a Irmandade construir sua sede também”, pontuou Arlindo.

Vereador Reginaldo do Nascimento Sobrinho

Reginaldo – PSB. Em aparte disse: “Sem duvida a Guarda Municipal precisa de uma sede própria com muita urgência e estamos pronto para votar favorável a essa questão, principalmente se tratando do controle através de câmaras de monitoramento para dar maior segurança a população”, concluiu Reginaldo.

Vereadora Maria Neres de Sousa Brito – (Nena)

Nena – PSDB. Usando a tribuna disse: “Fiz uma indicação para o Prefeito comprar uma ambulância para o Posto de Saúde do Alegre é bom ver as cobranças do colegas vereadores mas que não seja só agora, pois teve uma ambulância verde que só servia para carregar fogos para animar as campanhas política. Peço ao Prefeito Silvan que coloque uma ambulância lá e não retire o carro que está la, realmente lá no Alegre não tem uma ambulância, o que é necessário. Se tratando da água daquele povo do Alegre, o Prefeito Silvan está muito preocupado com aquela situação e tem lutado para resolver essa situação, hoje já está funcionando dois caminhões pipa distribuindo água para a população. Com relação a Guarda Municipal, quero afirmar que votarei com consciência, a Paróquia tem também meu respeito e defendo que seja doado uma área para a construção de sua sede. Em caso que esse Projeto passar eu vereadora Nena vou acompanhar a aplicação da verba centavo por centavo no seu destino indicado que é a construção da sede para a Guarda com com câmeras de monitoramento”, disse a vereadora Nena.

Presidente do Legislativo vereador Maurilo Guilherme de Sousa

Maurilo Guilherme – PT. Usando a tribuna ele disse: “Estive nos dias 28 e 28 participando de um seminário coordenado pelo setor de saúde local e regional em Vitória da Conquista sobre o mosquito transmissor alimenta do cachorro e depois passa para o ser humano transmitindo a leishmaniose ecumentar que provoca feridas na área externa, pele, mucosa, nasal e boca e a visceral, ataca o fígado, vistas esófago essa doença infelizmente está crescendo em Condeúba é uma área vulnerável pelo grande numero de cães soltos nas ruas. Quero falar sobre a Guarda Municipal sobre a necessária aquisição de sua sede própria, mas a questão da construção da sede não é falta de dinheiro, pois, tive acesso as contas da Prefeitura e vi um saldo de mais de 5 milhões, não posso afirmar que esse valo é tudo economia. Votamos pela venda dos carros com o propósito de comprar novos veículos para vários órgãos inclusive a Guarda Municipal que seria contemplado com um veiculo novo, parece-me que isso ainda não ocorreu. Quero congratular com as palavras do vereador José Reis que demonstra sua angústia ao povo do Alegre com relação a falta de água e as más conservações das estradas.  Se não fosse o Governo Rui Costa e a Presidente Dilma que deixou projeto de investimento que hoje cada família tem uma cisterna de polietileno e depois completou com as construções de cisternas de cimento, caso contrário o povo estaria com muita dificuldade.  Com relação as estradas passei esses dias na região da Grota, Lagoado Brejo e Licori tem alunos andando em média 300 metros para pegar ônibus para ir para escolas, por conta de que os transporte não podem passar. Precisamos deixar bem claro essa questão de que um quando quer ocupar o Poder critica o outro que não conseguiu fazer determinada coisa, aí surgem as criticas dizendo que se eleito vai fazer tudo num entanto chega lá no Poder e acaba não fazendo nada do que prometeu, olhos abertos para que possamos um dia mudar de verdade Condeúba e esse pais”. chamou atenção o vereador Maurilo.

Vereadora Maria da Conceição Nascimento Santos

Conceição – PT. Usando a tribuna disse: “Sei da necessidade da corporação ter sua sede própria, mas parece que a questão não é a falta de dinheiro. Votamos aqui a devolução de seis terrenos, sendo que três deles são da Prefeitura, podemos votar a favor de vender esses três lotes para construir a sede de vocês, nessa casa aqui a Guarda não terá dificuldade para ter a sua sede própria. Votamos aqui para vender o carro da Guarda e devolver um novo, num entanto ainda não foi comprado esse carro, vocês precisam de cobrar esse carro do Prefeito, hoje temos em média 40 carros na Prefeitura gloria a Deus por isso, mas será que não tem como ceder um para a Guarda Municipal? Estive hoje protocolei um requerimento ao Controlador Interno Sr. Reinaldo Ribeiro pedindo que enviasse para essa Casa de Leis a real situação daquela construção da Creche para desafogar a outra que se encontra abarrotada de alunos, fiquei sabendo que o material de acabamento que lá estava, já não se encontra mais. Me reuni com a direção do Colégio Estadual para dar o nome aquela escola de segundo grau de Dom Homero Leite Meira”, finalizou Conceição.

Vereador Carlito José Pereira

Carlito – PP. Usou o tempo de liderança para dizer que “realmente agora está sim os carros fornecendo água para a população do Alegre, depois de muitas denuncias minha e do vereador José Reis. Fico estarrecido que vem a tribuna e diz que não sabe o que aconteceu com o dinheiro da venda daquele loteamento do Aeroporto. Com relação a essa transação de vender esse terreno da Prefeitura e o dinheiro ser direcionado para a construção da sede da Guarda, não temos nenhuma segurança, pois, com a mesma proposta foi vendido o carra da Guarda e até agora não substituído por um novo como se comprometeu o Prefeito”, alfinetou Calito.

ORDEM DO DIA:

Votação do parecer conjunto das Comissões de Legislação, Justiça e Redação Final e da Comissão de Orçamento, Finança, Economia Obras e Serviços Públicos sobre o Projeto de Lei 012/2019. O qual foi aprovado por unanimidade. O vereador Silvan dos Santos pediu vistas no Projeto 012/2019 por uma Sessão, o Presidente colocou em votação o pedido de vista e empatou em 5 a 5, o Presidente Maurilo votou concedendo a vista solicitada no Projeto, que voltará na próxima Sessão para ser votado.

Fotos: JFC

Facebooktwitterredditpinterestlinkedinmail

Redação

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.