Condeúba: Irmandade do Santíssimo Sacramento completou 172 anos com muita oração e fé

Prof° Agnério Souza

20170215_204504A venerável Irmandade do Santíssimo Sacramento da Paróquia de Santo Antônio de Pádua da cidade de Condeúba – Estado da Bahia comemorou 172 anos de existência com Missa em ação de graças celebrada pelo Pe Noé Moreira na Igreja Matriz. Após a missa houve a confraternização dos irmãos, irmãs e convidados no Centro Cultural, prédio do antigo Prodec.

20170215_201644A Irmandade foi fundada pelo Arcebispo da Bahia – Dom Romualdo Antonio de Seixas em 15 de fevereiro de 1845, quando Santo Antônio da Bahia, hoje Condeúba, era pequeno Povoado pertencente a Caetité. O primeiro livro de Receita e Despesa tem o termo de abertura e fechamento assinado por Felipe da Silva – 2° suplente em exercício da Intendência de Caetité, datado de 29 de novembro de 1859.

Constituída por homens e mulheres de fé, possui em seu conjunto cerca de 59 irmãos e irmãs com a finalidade de exercer função missionária e ajudar o pároco local no trabalho de evangelização dos paroquianos. Na composição da Diretoria estão em fase final de mandato, o Presidente – Sr. Anfilófio Souza, o Vice-presidente – Dr. Anterque Ataíde Viana, o Tesoureiro – Sr. Agnério Souza, o Secretário – Sr. Roberto Pereira. Este último solicitou a colaboração do irmão Paulo Henrique Rocha nos trabalhos de lavratura das atas.

20170215_205055O primeiro Estatuto da Irmandade saiu com o nome de Compromisso da Irmandade da freguesia de Santo Antonio da Barra. Trata-se de um escrito em forma de lei, transcrito para o livro com a bela caligrafia de Olimpio Cordeiro da Silva e que foi submetido à apreciação do Arcebispo da Bahia. Em sendo assim Dom Jerônymo Thomé da Silva registrou na página 33 do referido livro o seguinte:

“Dom Gerônimo Thomé da Silva por mercê de Deus e da Santa Sé Apostólica – Arcebispo Metropolitano de Salvador da Bahia e Primaz do Brasil. Pela presente havemos por bem aprovar o presente compromisso da Irmandade do Santíssimo Sacramento da Freguesia de Santo Antonio da Barra neste arcebispado, contendo 17 capítulos e 33 páginas seladas e manuscritas nas quais se observa tudo quanto se contém no dito compromisso. Dado e passado nesta cidade de São Salvador da Bahia aos 29 de julho de 1902”. (SOUZA, 2015, p. 86).

20170215_192844O livro: “ Condeúba, sua história, seu povo”, de autoria do professor Agnério relata com mais propriedade a história da Irmandade, como é o caso do excerto acima. O fato é que este documento centenário existe e está bem conservado. Depois do 1° Estatuto, saiu outro compromisso deixado pelo Pe. Aquino, quando residiu em Condeúba, década de 60. No entanto, somente Dom Ricardo Brusati, Bispo Diocesano de Caetité, aprovou o que realmente é Estatuto. Em 23 de novembro de 2008 a Irmandade acolheu a sua nova lei.

Durante a Missa, o comentarista Agnério lembrou alguns irmãos já falecidos e que deram contribuição significativa para a vida da Irmandade, citou os nomes de Custódio Coutinho, Geraldo Bangue, José Brito, José Pereira, Antônio Pinto, Manuel Novais só para falar dos mais recentes. No entanto, alguns dos mais antigos são sempre lembrados: Zé Tião, Brasilino Ribeiro, Neco, João Bangue, Ernestino, João Lima, João Itaparica, Manoel Castro, Manuel Verdelho, João Bento e outros.

20170215_202210O irmão Anterque falou no final da Missa, exortando os irmãos presentes a serem perseverantes na fé, dignos de serem cristãos batizados com vida exemplar, de serem homens e mulheres de respeito, procurando levar o Evangelho a quem mais precisa e assim, cumprir com a nossa primeira cláusula que consiste no trabalho missionário.

Terminada a Missa, os fiéis foram convidados a subirem a colina sagrada do antigo Prodec para cantar os parabéns na área livre do prédio onde uma deliciosa torta, preparada por Marta de Raulinda, aguardava os visitantes. Tudo ocorreu num clima descontraído com fotos, refrigerantes e bolo. Na oportunidade, dona Alminda, esposa do falecido irmãos Idalino, foi homenageada porque também é aniversariante do dia. Recebeu nossos abraços e parabéns.

A Irmandade se reúne todo primeiro Domingo do mês no Salão São Francisco as 8.00 horas da manhã. Quem ainda não é irmão, fica o nosso convite. Venha para o nosso quadro! Jesus te ama. Trabalhemos para ele junto com os irmãos!

Facebooktwittergoogle_plusredditpinterestlinkedinmail

2 comentários sobre “Condeúba: Irmandade do Santíssimo Sacramento completou 172 anos com muita oração e fé

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *