Morre aos 88 anos João Gilberto, o pai da bossa nova

O cantor e compositor João Gilberto, considerado um dos pais da bossa nova, morreu hoje, aos 88 anos, no Rio de Janeiro. A informação foi confirmada por familiares do músico, como filho Marcelo Gilberto e a neta Sofia, em mensagens publicadas nas redes sociais. A causa da morte não foi divulgada. Baiano de Juazeiro, ele lançou discos clássicos como Chega de Saudade (1958), O Amor, o Sorriso e a Flor (1962) e Getz/Gilberto (1964), que revolucionaram a maneira de tocar violão e influenciaram gerações de artistas.

Morre João Gilberto, e o Brasil fica sem música, completamente desafinado

“Meu vovô foi o vovô mais amoroso e carinhoso que eu podia ter tido. Pedia pra eu ir pra lá todos os dias e quando estava tarde da noite e já estava na hora de eu ir embora, depois de eu já ter passado o dia todo com ele, falava: – mas já vai? Dorme aqui!”, diz a neta Sofia, no texto.. “Tristeza, tristeza, profunda tristeza. Tudo que ele queria era estar aqui conosco e brincando com sua netinha,, nos pedia isso todos os dias, uma coisa muito simples, momentos felizes que foram negados a ele”, escreveu Adriana.

Há décadas recluso, João Gilberto não dava entrevistas e não recebia ninguém em casa, a não ser familiares. O cantor e compositor baiano completou 88 anos no último dia 9 de junho. Uma das “organizadoras” da festança foi Sofia, a neta do músico, que preparou brigadeiros para o avô.

João Gilberto completou 88 anos com a família e neta Sofia, em seu colo; à esq., a nora Adriana Magalhães e, à dir., Alice, filha de Adriana Imagem: Reprodução/Facebook

João Gilberto completou 88 anos com a família e neta Sofia, em seu colo; à esq., a nora Adriana Magalhães e, à dir., Alice, filha de Adriana Imagem: Reprodução/Facebook

Continue Reading