ESTUDO DA GEOGRAFIA NA BASE NACIONAL COMUM CURRICULAR – (BNCC)

Professor Agnério 

Professor Agnério Evangelista de Sousa comentando a Base Nacional Comum Curricular – (BNCC) 

A Base Nacional Comum Curricular – (BNCC) estabelece boa orientação para o estudo da Geografia nos anos iniciais do Ensino Fundamental (1º ao 5º Ano). Vejamos alguns pontos.
Estudar GEOGRAFIA é uma oportunidade para compreender o mundo em que se vive, na medida em que esse componente curricular aborda as ações humanas construídas nas distintas sociedades existentes nas diversas regiões do planeta. Ao mesmo tempo, a educação geográfica contribui para a formação do conceito de identidade, expresso de diferentes formas: na compreensão perceptiva da paisagem que ganha significado, à medida que, ao observá-la, nota-se a vivência dos indivíduos e da coletividade; nas relações com os lugares vividos; nos costumes que resgatam a nossa memória social; na identidade cultural; e na consciência de que somos sujeitos da história, distintos uns dos outros e, por isso, convictos das nossas diferenças. (BNCC p. 311)

A BNCC está organizada com base nos principais conceitos da Geografia contemporânea, diferenciados por níveis de complexidade. Embora, o espaço seja o conceito mais amplo e complexo, é necessário que os alunos dominem outros conceitos mais operacionais e que expressem aspectos diferentes do espaço geográfico: território, lugar, região, natureza e paisagem.
Há sete competências específicas de Geografia para o Ensino Fundamental. Vejamos duas:
a) Desenvolver o pensamento espacial, exercitando a leitura e produção de representações diversas (mapas temáticos, mapas mentais, croquis e percursos) e a utilização de geotecnologias para a resolução de problemas que envolvam informações geográficas.
b) Construir argumentos com base em informações geográficas, debater e defender ideias e pontos de vista que respeitem e promovam a consciência socioambiental e respeito à diversidade e ao outro, sem preconceitos de origem, etnia, gênero, orientação sexual, idade, habilidade/necessidade, convicção religiosa ou de qualquer outro tipo. (BNCC p. 318)

Todo o estudo, em todas as disciplinas, está baseado em três pontos fundamentais: 1º) Unidades Temáticas, 2º) Objetos do Conhecimento e 3º) Habilidades.
As Unidades Temáticas são cinco para os cinco anos do Fundamental I. É uma espécie de blocos de conhecimento a serem trabalhados pelo professor, como:

• O sujeito e seu lugar no mundo
• Conexões e escalas
• Mundo do trabalho
• Formas de representação e pensamento espacial
• Natureza, ambientes e qualidades de vida.

A cada Unidade Temática, há um Objeto de Conhecimento a ser trabalhado, isto é, um Conteúdo. Para o 1º Ano, temos:
• O modo de vida das crianças em diferentes lugares;
• Situações de convívio em diferentes lugares;
• Ciclos naturais e a vida cotidiana;
• Diferentes tipos de trabalho existentes no seu dia a dia;
• Pontos de referência;
• Condições de vida nos lugares de vivência.

Relacionado às Unidades Temáticas e ao Objeto do Conhecimento há as Habilidades que correspondem aos objetivos do professor. Começa com um código. Exemplo: EF01GE01 = Ensino Fundamental (EF) 01 (1º Ano) GE (Geografia) 01 (1ª habilidade) que é: Descrever características observadas de seus lugares de vivência (moradia, escola, etc) e identificar semelhanças e diferenças entre esses lugares.
EF01GE02 –Identificar semelhanças e diferenças entre jogos e brincadeiras de diferentes épocas e lugares.
EF01GE10 – Elaborar e utilizar mapas simples para localizar elementos do local de vivência, considerando referenciais (frente e atrás, esquerda e direita, em cima e embaixo, dentro e fora) e tendo o corpo como referência.
Então, ensinar Geografia, a partir do 1º Ano do Ensino Fundamental, cujas crianças não passam de seis anos de idade, é trabalhar de forma responsável, de modo que haja uma aprendizagem satisfatória logo no começo. O professor precisa se capacitar e estar em constante capacitação, pois além da preocupação em alfabetizar nesta idade, há a preocupação maior com o letramento. Talvez não se aplique exatamente como orienta a BNCC, mas não faltará assunto para o Planejamento.

Facebooktwittergoogle_plusredditpinterestlinkedinmail

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *