Condeúba/Cordeiros: Quatro filhos queridos morreram em dois dias

Nota de Falecimentos

Morreu ondem dia 30 de julho de 2017 às 23h30min., o Sr. Manoel Novaes da Rocha seu velório está sendo realizado em sua residencia na Fazenda Morinhos de Argemiro, o sepultamento será hoje às 17:00 horas no Cemitério Municipal dos Morrinhos de Argemiro.
Morreu ontem Jesuína Batista Viana conhecida como “Dudú”, seu velório está sendo em sua residencia na Rua Professor Tobias no Bairro São João. O sepultamento será hoje dia 31/7 no Cemitério Municipal da sede ainda sem horário definido.
Morreu hoje dia 31 de julho de 2017 às 04:00 horas a Sra. Elsa Joaquina de Sousa, seu velório está sendo em sua residencia na Comunidade da Jurema, o sepultamento será no Cemitério Municipal do Boi Morto, ainda não se sabe o dia e horário.

MudestinhoMorreu no dia 31 de julho de 2017 às 02:00 o ex-vereador e ex-Prefeito de Cordeiros Sr. Modesto Ribeiro da Silva Morais o popular “Modestinho” aos 81 anos, deixou viúva a Sra. Arquilina Morais, os filhos: Alcione, Cinara e Rubens além de 8 netos e 1 bisneto.  Seu corpo está sendo velado no Salão Nobre da Câmara Municipal de Cordeiros e seu sepultamento será hoje dia 31/7 às 17:00 horas no Cemitério novo de Cordeiros.

Nós do Jornal Folha de Condeúba deixamos nossos sentimentos às famílias enlutadas por essas perdas irreparáveis de seus entes tão queridos. Que o  bom Deus os tenham ao seu lado para a eternidade.

 

Facebooktwittergoogle_plusredditpinterestlinkedinmail

2 comentários sobre “Condeúba/Cordeiros: Quatro filhos queridos morreram em dois dias

  1. Ainda acrescento ainda também o falecimento no dia de hoje de um outro condeubense, João Nascimento Sousa Bonfim, meu primo, residente em Vitória da Conquista, renomado advogado atuando ao lado do colega Rui Medeiros

  2. Expresso meus sinceros sentimentos à família de Modestinho. Grande amigo e sempre muito prestativo. Trabalhei com o pai dele, Sr. Leonildo Morais, conhecido por Fiim, em 1963, quando Modestinho era jovem. Casou-se com d. Quila e foi residir em Cordeiros. Em Condeúba foi alfaiate e coordenador do futebol, lutando com dificuldade para manter o time de Condeúba no campo de terra do Agostinho Alcântara. Era uma época em que não havia recurso para o esporte. Que Deus o tenha na sua eterna glória.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *