Arquivos diários: 21 de setembro de 2017

Condeúba/Dist. do Alegre: Morreu o ex-vereador “Tininho” do Alegre

tino 3
“Tininho” atrás está seu filho Sergio e sua esposa Maria “Liquinha”

Morreu hoje dia 21 de setembro de 2017, pela manhã por volta das 10h00 horas no Hospital de Base em Vitória da Conquista/BA., Joventino José Pereira aos 82 anos de idade, popularmente conhecido como “Tininho”. Ele foi vítima de acidente doméstico, ele  escorregou no quintal da sua residencia numa parte alta e caiu na parte baixa aproximadamente 1 metro de altura, bateu a cabeça no chão provocando traumatismo craniano, o qual foi socorrido urgentemente para Condeúba e depois transferido para Vitória da Conquista, onde ficou internado até hoje, não suportando aos ferimentos foi a óbito.

Tininho, foi vereador em Condeúba por 5 mandatos consecutivos. Chegou a ser eleito Presidente do Legislativo Condeubense, o qual comandou de 1997 a 1998. Tininho sempre foi católico praticante, pertencia ao Terço dos Homens do Alegre. Ele foi um dos homens público de Condeúba que teve a grande admiração da população, inclusive era respeitado até pelos seus adversários políticos. Tudo pela sua forma de conduzir a política, sempre respeitando todos, ajudando e facilitando as coisas para as pessoas mais carentes. Tininho foi um grande prestador de serviço para o povo, ele sempre usava do cargo para viabilizar benefícios aos seus conterrâneos.

Tininho será velado na Câmara Municipal de Condeúba e depois no Distrito do Alegre onde será sepultado amanhã dia 22/9 às 16:00 horas. Tininho deixou viúva a Sra. Maria Ribeiro Pereira “Liquinha” e os filhos Sergio, Doreedson (Dorinho), Florisa, Marisa, Jefter, Marta Meire, Joventino e Agnaldo José Pereira ex-vereador que era o mais velho dos 8 filhos do casal. Carinhosamente apelidado de Fuscão, deixou ainda 9 netos e 2 bisnetos. O Prefeito de Condeúba Silvan Baleeiro decretou luto oficial por três dias, hoje e amanhã as escolas do Distrito do Alegre não funcionarão.

Nós do Jornal Folha de Condeúba deixamos nossos sentimentos à família enlutada por essa perda irreparável deste ente tão querido. Que o bom Deus o tenha ao seu lado para a eternidade. Descanse em paz “Tininho”!!!

Fotos: Familar

Condeúba/Dist. da Mandassaia: Grande Final do Campeonato de Futebol Sub-20 de 2017

Tiradinhos campeão

Por Oclides da Silveira

Não percam o grande duelo no próximo domingo final do campeonato de futebol Sub-20 será disputado no Distrito da Mandassaia entre as equipes: Azulão da abelha e das paneleiras, o Mandassaia futebol Clube X Tiradinhos Futebol Clube, o tricolor das alterosas!!!

Tudo pronto para um grande espetáculo, vem aí a grande final com duas equipes que  vem praticando um futebol  oponente, o Mandassaia jogando de forma dura em suas marcações com muita garra e determinação. Já o time dos Tiradinhos é uma equipe que joga  descontraidamente como se nada estivesse acontecendo, porém os garotos são aplicados taticamente e abilidosos, razão pela qual,  a beleza do futebol irreverente que tem praticado, enchendo os olhos dos torcedores e diga-se de passagem, há cada dia vem aumentando mais a sua torcida. Na pontuação geral o Tiradinhos chegou em primeiro lugar com 10 pontos ganhos já o Mandassaia conquistou 9 pontos, a diferença foi a penas 1 ponto, o que não quer dizer nada, nesta final não tem favorito.

Estão de parabéns o organizador deste grande evento Silvano dos Santos e a Prefeitura, através da Secretaria Municipal de Cultura, Desporto e Lazer de Condeúba.

MEI tem até 2 de outubro para parcelar débitos tributários

Fonte: Agência Brasil / CDL (Conteúdo)

De acordo com a Receita Federal, mais de 7 milhões de microempreendedores estão cadastrados no Simples Nacional, mas cerca de 60% estão inadimplentes com o fisco. O prazo para adesão de microempreendedores individuais (MEI) ao parcelamento especial de débitos na Receita Federal termina no dia 2 de outubro.

Para quitar os boletos atrasados, o prazo começou no início de julho, e os microempreendedores podem parcelar as dívidas acumuladas até maio de 2016, em até 120 prestações. Para débitos de boletos vencidos após maio de 2016, o parcelamento será de, no máximo, 60 meses.

O pedido de adesão ao parcelamento pode ser feito no Portal do Empreendedor. Na solicitação, é possível calcular o total de parcelas de forma automática, considerando o maior número possível e respeitado o valor mínimo de R$ 50.

Esta é a primeira vez, desde a criação do MEI, em 2009, que o governo abre um programa de parcelamento de débitos. De acordo com a Receita Federal, mais de 7 milhões de microempreendedores estão cadastrados no Simples Nacional, mas cerca de 60% estão inadimplentes com o fisco.

O saldo devedor atual dos microempreendedores individuais está em R$ 1,7 bilhão. O atraso no pagamento dos boletos pode prejudicar o acesso dos microempreendedores a direitos previdenciários, como auxílio-doença, salário-maternidade e aposentadoria invalidez. Para pedir o auxílio-doença, por exemplo, o microempreendedor precisa ter pago em dia no mínimo 12 meses seguidos.

Brumadense é presa na ‘Operação Sem Filtro’ de falsificação de cigarros que deteve cantor sertanejo

cigarro-falsificado-apreendido-na-casa-de-empresaria-brumadense-achei-sudoesteFoto: Lay Amorim/Achei Sudoeste

Delegados e investigadores da polícia civil lotados na 20ª Coordenadoria de Polícia do Interior (20ª Coorpin) detiveram na manhã desta quarta-feira (20) a brumadense, Luana Aparecida Figueiredo de Souza, durante desdobramento da operação “Sem Filtro”, desencadeada pela polícia civil do Paraná em parcerias com as policias de São Paulo, Minas Gerais e Bahia.

A Operação cumpriu ordens judiciais para 16 prisões e 19 de busca e apreensão. Trata-se da mesma operação que deteve o cantor sertanejo Rafael, da dupla, Fábio e Rafael. Em entrevista ao site Achei Sudoeste, o delegado coordenador da 20ª Coorpin, Leonardo Rabelo, detalhou que a operação teve por objetivo por fim a uma quadrilha de falsificação de cigarros que atuava nos quatro estados envolvida nas investigações. O delegado informou ainda que a brumadense é apontada como participante da organização, sendo apontada ainda como líder das operações na Bahia. Continue lendo Brumadense é presa na ‘Operação Sem Filtro’ de falsificação de cigarros que deteve cantor sertanejo

Ibicoara: Prefeitura abre concurso para preenchimento de 305 vagas

ibicoara-chapada-diamantinaVista aérea de Ibicoara

A prefeitura de Ibicoara, na Chapada Diamantina, abriu um concurso para vagas nos níveis fundamental, médio e superior. São oferecidas 305 vagas, com salários que chegam a R$ 7 mil.

As vagas para médico, assistente social, nutricionista, dentista, enfermeiro, psicólogo, engenheiro civil, farmacêutico, fisioterapeuta, professor, auxiliar de serviços gerais, agente de portaria, vigilante, merendeira, mecânico, operador de máquinas, motorista, agente administrativo, secretário escolar, agente de fiscalização, auxiliar odontológico, técnico de enfermagem e outros.

As inscrições são presenciais até esta sexta-feira (22), e os candidatos devem se dirigir ao CAT [Centro de Atendimento ao Turista] na Praça Tancredo Neves, centro da cidade. O horário vai das 8h às 17h. Conforme o edital, a taxa de inscrição varia de R$ 45 a R$ 120.

A primeira prova está prevista para ser aplicada no dia 22 de outubro, em local e turno a ser divulgado. Mais informações podem ser acessadas no edital.

Bahia: PF deflagra operação contra fraudes na Caixa

cefA Polícia Federal (PF) deflagrou na manhã desta quarta-feira, 20, uma operação com o objetivo de desarticular um grupo criminoso, que causou prejuízos de quase R$ 1 milhão aos cofres da Caixa Econômica Federal. Batizada de Operação Inimigo Oculto, a PF cumpre três mandados de prisão temporária e 30 de condução coercitiva.

As buscas são realizadas na Bahia, Pará e na Capital Federal. Segundo a polícia, a justiça determinou o bloqueio de aproximadamente R$ 950 mil nas contas dos investigados. De acordo com a PF, os investigados utilizavam senhas que pertenciam a empregados da Caixa e, desta forma, viabilizavam empréstimos e inserção de dados indevidos no sistema como, rendas fictícias, sem qualquer documento de comprovação.

Conforme a polícia, quando os valores eram creditados nas contas indicadas, eles efetuavam vários saques e transferências para evitar que o banco identificasse e bloqueasse as quantias. Os investigados serão indiciados por estelionato qualificado, falsificação de documento público, associação criminosa e lavagem de dinheiro. A PF também vai investigar se os empregados da Caixa tiveram participação nos crimes.