Arquivos diários: 29 de agosto de 2018

Um livro com “As melhores histórias dos projetos de leitura – Volume 10”, será lançado no próximo dia 14 de setembro em Condeúba

Décima coletânea de estudantes será lançada na Bahia
Grupo Projetos de Leitura lança décima coletânea de textos criados por estudantes de escolas públicas

O livro “As melhores histórias dos projetos de leitura – Volume 10” traz crônicas e histórias infantis escritas por alunos da Rede Pública de Ensino, de várias regiões do Brasil, que participaram de um projeto de leitura em 2018 e tiveram os seus textos selecionados para compor a obra. Neste ano a Bahia foi escolhida como palco de lançamento do livro de estudantes.

A obra e o projeto de leitura
A obra, é uma das etapas do projeto “Ler é Bom, Experimente!”, patrocinado pelo GRUPO SEGURADOR BANCO DO BRASIL E MAPFRE, em que os alunos realizaram várias atividades a partir da leitura. O projeto é desenvolvido em todo o país, há 18 anos, pelo Grupo Projetos de Leitura, com o apoio do Ministério da Cultura. Para o coordenador do projeto, a leitura e a escrita devem ser encaradas como práticas essenciais à construção de cidadãos mais conscientes. “Nosso trabalho tem como objetivo formar uma nova geração de leitores. Eu, como educador, sei que isso não é uma tarefa fácil, mas possível, quando oferecemos condições e reunimos pessoas com o mesmo ideal. Os professores que participam do projeto têm esse ideal e sonho de formar leitores”, destaca Laé de Souza. O projeto criado em 2000 edita pelo décimo ano um livro com textos de estudantes. Continue lendo Um livro com “As melhores histórias dos projetos de leitura – Volume 10”, será lançado no próximo dia 14 de setembro em Condeúba

Condeúba: Morreu Iracia Martins Pereira aos 68 anos de idade

Por Oclides da Silveira

Morreu nesta manhã de quarta-feira dia 29 de agosto de 2018 por volta das 10:00 horas a Sra. Iracia Martins Pereira aos 68 anos de idade, ela foi moradora da Fazenda Tamboril, era viúva de Manoel Alves do Nascimento conhecido com “Fogueteiro”, deixou um filho Deilton conhecido por “Brinco” e dois netos.
O velório será na Comunidade do Sítio em sua residencia, onde a Sra. Irácia estava morando. Seu sepultamento provavelmente será amanha dia 30/8, mas ainda não temos informações correta.

Nós do Jornal Folha de Condeúba deixamos nossos sentimentos à família enlutada por essa perda irreparável deste ente tão querido. Que o bom Deus a tenha ao seu lado para a eternidade. Descanse em paz amiga “Iracia”!!!

Condeúba: Padre José Silva com suas contínuas peregrinações pelas comunidades rurais

Por Oclides da Silveira

Padre José Silva Figueiredo celebrando na Comunidade do Mocambo

Ontem dia 28 de agosto de 2018, o nosso Pároco Padre José Silva celebrou na Comunidade do Mocambo, foi uma Missa rotineira como sempre tem feito o Padre, visitando as comunidades e rezando uma Missa, via de regra, essas celebrações que ele tem feito são mensais, quando muito a cada dois meses.

O Padre José Silva que vem desenvolvendo um belíssimo trabalho diante da Paróquia de Santo Antônio de Pádua em Condeúba, prova disso, é que em todas as comunidades por onde ele passa com sua peregrinação, é sempre muito bem recebido pelos fiéis, inclusive com muita fartura, sempre aparece um café partilhado, como aconteceu ontem na Comunidade do Mocambo.

Fotos: Gilmar Garcia

PASTORAL DA CRIANÇA – O MELHOR TEMPO É AGORA

Por Thiago Braga

A ideia Pastoral da Criança surgiu em 1983, “ano luz” na linha do tempo. Faz seu dever de casa, levando alegria à tantas e tantas pessoas, sempre perto umas das outras, através do abraço amigo. São 34 anos dedicados à infância.

Esse mesmo projeto agrega valores como família, bons costumes, aconchego no lar, moral, dignidade, virtude, companheirismo, respeito ao próximo, harmonia e outros. Traz no cardápio de atividades, excelentes orientações do tipo regras alimentares, saúde, direito de escolha, criatividade e adversidade cultural.

Da cantiga “a linda rosa juvenil”, ao preparo do soro caseiro, seguido dos cuidados com o bebê para as mamães de primeira viagem.

A Pastoral da Criança não poupa esforços para construir nova realidade. Possui liga de carinho com o Brasil que viu essa proposta nascer, crescer e se transformar em algo grande digno de aplausos. Boa ação casada com justiça social. Teve no passado, Zilda Arns, benfeitora das crianças.

O voluntariado veste com orgulho a camisa do programa, tirando da simplicidade, o gosto pela vida. Neste caso generosidade se assemelha com providência. Por isso, coloca a educação em primeiro lugar, vista como eixo principal na formação do ser pensante. O largo sorriso de uma criança, beneficiada pelo trabalho, atesta o valor da pastoral. Divide saberes, troca experiências, partilha sonhos. O sol nasce para todos.