Arquivos diários: 9 de abril de 2017

Boa Nova: 4º suspeito de integrar quadrilha que assaltou banco é morto em confronto com a PM

apreensao-768x481Foto: Divulgação SSP

O quarto suspeito de integrar a quadrilha que roubou uma agência bancária, na cidade de Boa Nova, na última terça-feira (2), foi morto em confronto com policiais militares na noite de sexta-feira (7). As informações são da Secretaria de Segurança Pública.

Segundo a SSP, o assaltante, Fabiano Antônio da Silva, 32 anos, natural do Ceará, foi localizado pelos policiais quando estava escondido no povoado de Surucucu, zona rural da cidade de Catinga. Ele entrou em confronto com PMs, foi baleado e não resistiu aos ferimentos.

Na casa que Fabiano usou como esconderijo foram apreendidos um fuzil calbre 5,56, uma pistola calibre 380, um colete balístico, roupas camufladas e celulares. Todo o material apreendido foi apresentado na 9ª Coordenadoria Regional de Polícia do Interior (Coorpin), sediada no município de Jequié, e passará por perícia.

Outros três assaltantes já tinha sido mortos no dia do crime. Segundo a polícia, outros integrantes da quadrilha ainda estão escondidos em mata e povoados da zona rural. As buscas pelos criminosos continuam.

Jundiaí: Dupla sertaneja famosa sofre grave acidente de carro

Acidente TaxiA dupla sertaneja Henrique e Juliano teve um grande susto na noite da última quinta-feira (6), por volta das 23h, em São Paulo. Segundo a coluna Retratos da Vida, do jornal Extra, os cantores estavam em um táxi, seguindo do aeroporto de Jundiaí para a casa de shows Villa Country, quando o motorista perdeu o controle do veículo.

Nas redes sociais, os sertanejos falaram sobre o acidente. “Foi um susto muito grande e acabei batendo a cabeça em alguma parte do carro (ou no teto, ou na lateral do interior do veículo) mas não passou disso. Graças a Deus estamos todos bem e nada de mais grave acabou acontecendo com ninguém ali dentro do carro”, escreveu o sertanejo. Continue lendo Jundiaí: Dupla sertaneja famosa sofre grave acidente de carro

Salvador: Policial Civil é preso suspeito de sequestrar homem e pedir R$ 10 mil como resgate

policia-civil-da-bahia-39
Um investigador da Polícia Civil e outros quatro homens foram presos na quinta-feira (6), em Salvador, suspeitos de sequestrar e extorquir um homem. De acordo com informações da polícia, o grupo exigia R$ 10 mil para libertar a vítima. Segundo a polícia, o crime foi descoberto depois que um amigo da vítima foi parado em uma blitz, na Avenida São Rafael. Ao ser abordado pelos policiais, o homem, que estava com os R$ 10 mil dentro de uma sacola para entregar aos criminosos, revelou o sequestro.

De acordo com o G1, após a denúncia, conforme a polícia, uma equipe da Coordenação de Operações Especiais (COE) foi acionada e, durante as diligências, encontrou a vítima com o investigador Jorge Pinheiro dos Santos, que era lotado na 5ª Delegacia Territorial (DT/Periperi).

De acordo com a polícia, eles e mais dois comparsas do policial, identificados como Jailton Silva Rodrigues e Tiago Santos Costa, estavam em uma viatura da 5ª DT. O veículo estava sem placa de identificação. Em seguida, os agentes chegaram aos outros dois comparsas do investigador, identificados como Cleidson Bispo dos Santos e Valdirlei da Ora Paraguaçu.

Segundo a polícia, eles estavam em um outro carro, no bairro de São Marcos, e aguardavam pelo resto do grupo. A polícia informou que os homens haviam se identificado para a vítima como agente penitenciários, o que não é verdade.

Conforme a polícia, Jorge, Cleidson, Valdirlei, Jailton e Tiago foram autuados em flagrante por extorsão mediante sequestro e foram encaminhados ao Núcleo de Prisão em Flagrante (NPF), na Avenida Antônio Carlos Magalhães (ACM). Jorge, Jailton e Tiago também irão responder por adulteração de sinal identificador de veículos automotor.

Ibotirama: Empresário constrói casas por conta própria e doa a famílias carentes no oeste da Bahia

ibotirama-empresaio-doa-casas-a-familias-carentes-57Foto: Reprodução/TV Bahia

O empresário da cidade de Ibotirama, no oeste da Bahia, Edilson Leite, se inspirou no quadro “Lar Doce Lar”, do programa do Caldeirão do Huck, programa da TV Globo, para construir casas por conta própria e doar para famílias de baixa renda. Ao longo de dez anos, ele já entregou 31 imóveis.

Ele recebe cartas de pessoas, avalia a situação das famílias e escolhe três delas por ano para fazer a doação. “O que tocou meu coração foi o agradecimento a Deus por tudo que tem feito por mim e por minha família. Pensei que tinha que fazer alguma coisa”, conta Edilson. A ideia de ajudar quem precisa com a doação de casas foi da mulher dele, Simone Leite, que é fã do apresentador Luciano Huck e do quadro do programa. “Ele ficou todo entusiasmado”, lembra Simone.

De acordo com o G1, entre muitas cartas que passou a receber de famílias carentes, Edilson encontrou há dois anos a da dona de casa Poliana Silva. Desempregada, mãe de dois meninos, e na época, grávida de nove meses da filha mais nova, ela conta que morava em uma casa de barro. Na antiga casa, ela tinha medo da chuva e agora encontra motivo para seguir em frente.

“Chovia bastante, a minha casa molhava toda. Às vezes, eu acordava de madrugada para tirar meus filhos de um canto e botar no outro. Às vezes, eu ficava a noite toda acordada para proteger meus filhos da chuva. Só tenho agradecer a Deus e a ele”, comemora.