Inscrições para o Universidade para Todos são prorrogadas

upt2-300x150Os interessados em se inscrever para o cursinho “Universidade para Todos” (UPT) terão um prazo maior para realizar as inscrições. Segundo a Secretaria Estadual de Educação, o prazo para efetivar a inscrição, que terminaria nesta terça (24), foi prorrogado até o dia 31 de maio.

O UPT oferece aulas preparatórias para o vestibular e para o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), assim, é mais uma oportunidade para os estudantes egressos da rede pública de ensino e para os estudantes do 3º ano do Ensino Médio ou do 4º ano da Educação Profissional se prepararem para ingressar no ensino superior.Os interessados em participar devem se inscrever, exclusivamente, no Portal da Educação.

O programa irá oferecer aulas regulares de Português, Redação, Matemática, Física, Química, Biologia, Literatura, Língua Estrangeira (Inglês ou Espanhol), História e Geografia, de segunda a sexta. além de atividades complementares como seminários, oficinas, revisão para o Enem, aulões, simulados e orientação vocacional.

O curso oferece, ainda, material didático, fardamento e isenção da taxa de inscrição em processo seletivo das universidades estaduais aos alunos que apresentarem frequência igual ou superior a 75% das aulas ministradas.

Governo convoca 101 novos agentes penitenciários

O Governo do Estado publicou, na edição desta terça-feira (24) do Diário Oficial, a nomeação de 101 candidatos aprovados no concurso público para o cargo de agente penitenciário realizado em 2014. Em janeiro deste ano, a Secretaria de Administração Penitenciária e Ressocialização da Bahia (Seap) empossou 86 agentes aprovados no mesmo concurso.
Justiça
Nessa segunda-feira (23), o Tribunal Regional do Trabalho da 5ª Região proibiu o governo baiano de terceirizar o serviço de agente penitenciário. Dessa maneira, todos os contratos pela empresa Socializa Empreendimentos e Serviços de Manutenção Ltda., vencedoras da licitação para a administração do novo presídio de Vitória da Conquista, para o serviço de agente deverá ser cancelado.

Interlocutores de Temer afirmam que Jucá não volta ao Planejamento

Após a saída, até então temporária, do ministro do Planejamento licenciado, Romero Jucá, a pergunta é quem deve substituí-lo. Por hora, o substituto imediato é o secretario executivo da pasta, Diogo Oliveira, no entanto, o que circula nos bastidores é que Jucá não volta ao Ministério e sendo assim, nomes já estão sendo especulados.

Jucá pediu afastamento do cargo de ministério nesta segunda-feira (23), após vazamento de áudio no qual sugere “barrar os avanços da Lava Jato” e a partir desta terça-feira (24) deixa “oficialmente” o cargo. Conforme o colunista do G1, Gerson Camarotti, auxiliares do presidente em exercício Michel Temer afirmam que a licença “foi uma saída honrosa encontrada para ministro” e que ele “não vai voltar ao governo”.

“O desgaste provocado com as gravações de Jucá deixaram a situação insustentável. Se ele ficar no governo, passa a comprometer a própria imagem de Temer”, disse ao blog um auxiliar de presidente em exercício. Para substitui-lo, o primeiro nome que circulou foi o do ex-ministro Moreira Franco, um dos políticos mais próximo de Temer.

O ministro das Relações Exteriores, José Serra (PSDB), também aparece forte no páreo para assumir o posto. Além dele, o ministro da Casa Civil, Eliseu Padilha, também foi especulado, mas informações do Portal Terra dão conta que ele não estaria interessado em sair da Casa Civil.

Guanambi: Manifestantes recebem deputado Lúcio Vieira Lima sob gritos de inimigo da democracia

No último domingo (22), um grupo de jovens do Levante Popular da Juventude de Guanambi, no sudoeste baiano, recebeu o deputado federal Lúcio Vieira Lima (PMDB) no aeroporto da cidade sob gritos de “inimigo da democracia”.

Com faixas e cartazes, os manifestantes acusavam o deputado de golpista. Segundo um dos líderes da manifestação, o protesto foi pacífico e visava apenas marcar o posicionamento do movimento contra o golpe, que culminou no afastamento da presidente Dilma Rousseff (PT).

Polícia prende ladrão de fazendas da zona rural de Brumado

joao-batista-de-medeiros-neto-foto-site-brumado-noticias-93Polícia prende ladrão de fazendas da zona rural de Brumado. Em cumprimento a um mandado de prisão preventiva, policiais Civis da 20ª Coordenadoria de Polícia do Interior e policiais militares da Cipe-Sudoeste conseguiram prender na manhã desta segunda-feira (23), no Bairro São Félix, em Brumado, um indivíduo identificado como João Batista de Medeiros Neto, de 20 anos, autor de vários roubos na zona rural de Brumado.

Polícia prende ladrão de fazendas da zona rural de Brumado. Segundo informou os investigadores ao site Brumado Notícias, o acusado não tem outras passagens pela polícia, mas admitiu sua participação nos delitos.

brumado-objetos-apreendidos-ladrao-de-fazendas-foto-site-brumado-noticias-93Além deste, foi cumprido mandado de busca e apreensão na residência de um elemento conhecido como Jacaré, onde foi apreendida uma arma de fogo, uma balança de precisão, seis pinos plásticos e um pó branco, provavelmente cocaína.

Racionamento de água começou nesta segunda em Vitória da Conquista

preservar-água-300x180A partir desta segunda-feira (23), os moradores de Vitória da Conquista vão ter que começar a conviver com uma situação nada agradável. pois, começou ontem o racionamento de água na cidade.

A redução na oferta do serviço se fez necessária diante dos baixos níveis de água dos reservatórios que abastecem o município. Assim, a Embasa dividiu a cidade em dois grupos, A e B, que revezarão entre si. Por três dias, um grupo tem abastecimento normal, enquanto o outro fica sem água.

O calendário do racionamento apresentado pela Embasa informa que a situação emergencial na cidade perdurará até o mês de agosto, no entanto, a redução do serviço pode ser prolongada até dezembro, já que nos próximos meses, não há possibilidade de chover na região – o que aumentaria os níveis das barragens -, é muito pequena.
Dessa forma, também se faz necessário que a população faça o uso consciente da água, evitando o desperdício.

Janot quer proibir a vaquejada no Nordeste

vaquejadaA vaqueja nasceu nos tempos de caça a ” Gado Selvagem” nas brenhas nordestinas. O procurador-geral, Rodrigo Janot, mineiro urbano, alega “práticas contra o meio ambiente” para tentar fazer o Supremo Tribunal Federal proibir a vaquejada, esporte que faz a alegria da gente pobre e simples do sertão nordestino.

Carioca do asfalto, o ministro Marco Aurélio apoia Janot. Os defensores da vaquejada garantem que os animais são muito menos maltratados que os das milionárias festas de peões boiadeiros. A informação é do colunista Cláudio Humberto, do Diário do Poder.

Os bois saltam porque sentem dor, com a corda que lhe roça e aperta os testículos, e não pelo incômodo com a montaria do vaqueiro. A Festa do Peão de Barretos (SP) movimenta R$ 200 milhões por ano. As vaquejadas nordestinas atraem muita gente, mas são festas pobres.

Os ministros Gilmar Mendes e Luiz Fachin votaram pela improcedência da ação de Janot contra a vaquejada. Luís Roberto Barroso pediu vista.

Câmara de Igaporã repudia Justiça Estadual e o Banco do Brasil por precariedade em serviços

A Câmara de Vereadores de Igaporã, no sudoeste baiano, apresentou duas moções de repúdio que destacam a precariedade de alguns serviços prestados na cidade. A primeira moção refere-se ao atendimento da Justiça estadual.

Segundo o texto, a cidade não conta com juiz e tampouco com promotor de justiça efetivos, e a promotora substituta nomeada para a comarca é titular em Camaçari, sendo desconhecida da população a escala de atendimento da mesma no município.

Já a segunda moção diz respeito ao péssimo atendimento disponibilizado aos usuários do Banco do Brasil na cidade. Os vereadores criticam desde o horário de funcionamento da agência à falta de dinheiro nos caixas, tudo demonstrando o descaso da instituição financeira com os cidadãos do município.

As moções são o primeiro passo do legislativo em busca de solução para o problema, garantindo direitos básicos para o povo de Igaporã.

Missa do Vaqueiro e Vaquejada de Lagoa Real 2016 acontece de 3 a 5 de junho

vaquejada-de-lagoa-real-2016-58A tradicional Missa do Vaqueiro e Vaquejada de Lagoa Real acontece nos dias 3, 4 e 5 de junho com shows, e exposições culturais durante os três dias. Na sexta-feira (3), haverá shows com Zé Roberto e Fabiano, Mazinho dos Teclados, Kleiton Farias e Sela Vaqueira. No sábado (4) é a vez de Kaio Viola, Massupylame, Targino Gondim e Bonde Sertanejo.

Por fim, no domingo (5), tem desfile dos encourados, Missa do Vaqueiro às 9h, os repentistas Antônio Neto e Onildo Barbosa, além de Lázaro Jacarine e Banda. Não perca essa grande festa. A sua participação é gratuita.

Temer decide recriar o Ministério da Cultura; posse deve ser na terça-feira

Na gestão Temer, Cultura tem um secretário, Marcelo Calero (à. dir.), que responde ao ministro Mendonça Filho (esq.)

Em mais uma reviravolta, o governo do presidente interino Michel Temer (PMDB) decidiu recriar o Ministério da Cultura (MinC), que havia sido incorporado pelo Ministério da Educação (MEC). A informação foi confirmada pelo ministro da Educação, Mendonça Filho (DEM-PE), neste sábado (21), por meio de sua conta no Twitter.

Marcelo Calero, nomeado secretário nacional de Cultura na quarta-feira (18), será o novo ministro da pasta. A recriação do MinC será feita por meio de uma medida provisória, a ser editada na segunda-feira (23). A posse de Calero deve ocorrer na terça-feira (24).
“A decisão de recriar o MinC é um gesto do presidente Temer no sentido de serenar os ânimos e focar no objetivo maior: a cultura brasileira”, afirmou Mendonça Filho, pelo Twitter. “Com Marcelo Calero vamos trabalhar em parceria para potencializar os projetos e ações entre os ministérios da Educação e da Cultura”, completou, também pela rede social.

Cinco mulheres negaram convite
Calero, ex-secretário de Cultura da cidade do Rio de Janeiro, havia assumido a Secretaria Nacional de Cultura nesta semana, após a negativa de cinco mulheres: a antropóloga Cláudia Leitão, a consultora de projetos culturais Eliane Costa, a atriz Bruna Lombardi, a cantora Daniela Mercury e a jornalista e apresentadora Marília Gabriela.
O governo interino tentou emplacar uma mulher no cargo, tentando minimizar críticas ao fato de todos os novos ministros nomeados por Temer serem homens.

Protestos da classe artística
A extinção do MinC e sua fusão com o Ministério da Educação gerou uma série de protestos da classe artística na última semana: ao menos 18 capitais registraram ocupações em prédios públicos ligados ao Ministério da Cultura.
Na sexta-feira (20), no Rio, um ato cultural no pilotis do Palácio Gustavo Capanema, que já sediou o ministério e hoje abriga a Funarte, reuniu os músicos Caetano Veloso, Erasmo Carlos, Seu Jorge e Marcelo Jeneci. “O MinC é nosso. É uma conquista do Estado brasileiro. Não é de nenhum governo”, disse Caetano Veloso, ao abrir sua apresentação.

Havia a expectativa, também, que a Virada Cultural, que acontece neste fim de semana em São Paulo, também pudesse aumentar a pressão pela recriação da pasta.
Além da movimentação de artistas e entidades culturais, o anúncio do fim do Ministério da Cultura também gerou críticas negativas entre parlamentares. Na terça-feira (17), a Comissão de Educação do Senado aprovou a convocação de Mendonça Filho para que ele explicasse a extinção do MinC, mas a audiência pública não chegou a ocorrer.

Um dia depois, o presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL), se comprometeu a recriar a pasta por meio de uma emenda parlamentar no Congresso. “Reconheço a importância do Ministério da Cultura. Seu custo para o Orçamento é muito pequeno. Se não tivermos o Ministério, isso vai quebrar o Brasil, por tudo o que ele representa”, declarou na ocasião.

Artistas comemoram volta do MinC
O anúncio da volta do Ministério da Cultura foi comemorado por artistas. O ator José de Abreu e a cantora Daniela Mercury classificaram o retorno da pasta como uma “vitória”.