ENERGIA MAIS CARA

Por Thiago Valeriano Braga

Aumento de 2,2% no preço médio da conta de luz. Uma bandeirinha vermelha, no canto superior direito, traz essa diferença transcrita no papel. Isso se deve ao consumo de quilowatts/hora medido no relógio responsável pela aferição de energia.

Aquele donde o leitor passa mensalmente coletando números através do aparelho morse. De Junho para cá, novo valor (pecuniário), cobrado sob serviço elétrico. Obedece o quadro inflacionário do país.

Facebooktwitterredditpinterestlinkedinmail

Redação

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.