Autor: Redação

Vitória da Conquista recebe Feira Gastronômica

No próximo fim de semana, Vitória da Conquista irá receber um evento diferente. Pela primeira vez, será realizado na cidade uma feira gastronômica.

Intitulado como “Dia de Feira”, o evento tem como proposta reunir em um único lugar cheffs de cozinha, estudantes de gastronomia e aquelas pessoas que fazem algo gostoso de comer, que poucos conhecem, mas que desejam trazer para o cenário gastronômico. Além disso, a Feira busca criar um espaço de lazer e de diversão para os conquistenses.

A Feira irá aliar gastronomia à música, arte contemporânea, artesanato, moda, manufaturas criativas e espaço kids. Assim, além dos stands de comida, haverá no espaço outros stands com diferentes atrativos, inclusive, com uma programação musical durante todo o evento, com djs e bandas locais. A Feira contará ainda com segurança, bombeiros, serviço de limpeza e nutricionista.

A primeira edição do “Dia Feira” acontecerá nos dias 16 de janeiro, das 11 às 19 horas, e 17, das 9 às 19 horas, na Praça Cai 1, no Bairro Candeias. De acordo com a organização do evento, a ideia é levar a Feira para outros locais da cidade, assim, em breve deve ser um divulgado um calendário da realização do evento em outros momentos do ano.

Resenha Geral.

Cogito Editora e Movimento Café com Poemas promovem o Sarau “Árvores Poéticas”

SARAU-ÁRVORES-POÉTICAS
No próximo dia 13 de janeiro, às 18h, no Café “Saladearte”, no Museu Geológico da Bahia, Corredor da Vitória, a Cogito Editora e o Movimento Café com Poemas, promovem o “Sarau Árvores Poéticas”.

O evento contará com recital de poesia, apresentação musical, outorga de títulos e lançamento do livro “Dante e Beatriz”, de Matheus José. Haverá também uma “Feira de Livros”, produzidos pela Cogito e uma homenagem (Comenda “Prêmio Qualidade a Arte da Bahia”) à banda Papa Léguas pelos os seus 30 anos de atividades musicais!!.

O ponto alto da noite cultural será a decoração com poemas de diversos autores na tradicional mangueira do Museu Geológico da Bahia. O projeto “Árvores Poéticas: devolvendo poesia à natureza” é organizado por Celeste Farias e Leandro Flores, em Belo Horizonte.

SERVIÇO:
O quê: Sarau Árvores Poéticas
Onde: Café “Saladearte” no Museu Geológico da Bahia, Corredor da Vitória – Salvador
Quando: Dia 13 de janeiro das 18 às 22h
Acesso: Entrada franca
Contato: Ivan de Almeida – (71) 9 8796-9027 (WhatsApp)| 9 9279-7560 | 9 9983-8240 Celeste Farias – (31) 9 8891-6063 (WhatsApp)

Ladrão devolve dinheiro na noite de Réveillon e pede perdão

bilhete-ladrao
O ano começou com surpresas para o advogado Eduardo Goldenberg. Na terça-feira (5), ao chegar ao trabalho, encontrou um envelope com quase todo o dinheiro que havia sido furtado na noite de Réveillon – cerca de mil reais. Junto com o montante havia um bilhete deixado pelo ladrão. “Dr. Eduardo, estou devolvendo seu dinheiro que eu peguei da sua carteira no dia 31, em Copacabana. Não dormi arrependido e peço que me perdoe.

Feliz Ano Novo. Só tirei cinquenta reais para comprar uma champanhe pra minha mãe. Fábio”, dizia o texto escrito a mão. De acordo com a Folha, Goldenberg compartilhou sua história no Facebook, que em algumas horas foi curtido quatro mil vezes e recebeu três mil compartilhamentos. O advogado teve a carteira roubada na noite do dia 31, ao chegar em Copacabana, no Rio de Janeiro, para a festa de virada do ano.

“Mal saltamos na estação Siqueira Campos, plau!, senti uma mão estatelada no bolso esquerdo da bermuda cargo que eu vestia e adeus carteira adeus dinheiro”, escreveu Goldenberg. A carteira foi recuperada três dias depois, na própria estação.

Mas foi na terça-feira, quando voltou ao trabalho, que recebeu o envelope com dinheiro. “Entrei, já aflito. Tranquei a porta. Acendi as luzes, sentei-me, pus os óculos, abri com cuidado o envelope e contei, atônito, R$ 967 em dinheiro. Eu só chorava. Quem me protege não dorme”, concluiu o advogado.

Cesta do Povo irá a leilão em março

Desde que foi anunciada a privatização das Lojas da Cesta do Povo em todo o Estado da Bahia, os trabalhadores têm ficado apreensivos com os seus empregos. O governador Rui Costa (PT), que de início deu a justificativa para a privatização da rede de supermercado até então mantida pelo estado.

O governador esclareceu que a rede Cesta do Povo não é rentável, além de ser inviável para o Estado, uma vez que tem que concorrer com a iniciativa privada. No entanto, segundo ele, o estado é obrigado a cumprir o rigor da lei e está sempre abrindo licitações para compra de produtos, ao contrário das empresas privadas.

Com isso, a administração estadual lançou a proposta de privatização desde o início da atual gestão e o leilão está agendado para acontecer no mês de março deste ano. “A única chance dos trabalhadores manterem o emprego é passando a rede para a iniciativa privada e por isso abrimos esse precedente”, pontuou o governador.

Faculdade oferece mais de 20 cursos gratuitos de capacitação

A Faculdade Maurício de Nassau, em Vitória da Conquista, irá oferecer 23 cursos gratuitos de capacitação para os alunos da instituição e para a comunidade externa. O projeto, intitulado “Capacita”, é fruto de ações de responsabilidade social e que visa contribuir com a sociedade oferecendo capacitação sem custo aos interessados.
Os cursos, que serão realizados entre os dias 18 e 29 de janeiro irão abordar assuntos nas áreas de Administração, Psicologia, Saúde, Comportamento Pessoal, Decoração, Engenharia e Línguas. A lista dos cursos ofertados está disponível aqui.
Os interessados devem realizar sua inscrição no curso desejado na secretaria da faculdade, com apenas um quilo de alimento não perecível. As aulas serão aplicadas na própria instituição, localizada na Av. Otávio Santos, n°158, Centro.

O coração também pede cuidados nas férias

Por Ricardo Viveiros & Associados
CoraçãoExcessos e descuidos com a alimentação podem ser perigosos
No período de férias, com o intuito de sair da rotina, relaxar, aproveitar e se divertir, muitas pessoas tendem a extrapolar, seja na ingestão de comidas industrializadas, bebidas alcoólicas, excesso de atividades físicas, sono reduzido ou mesmo práticas não convencionais ao dia-a-dia. Continue lendo

Projeto Mapa da Palavra.BA.

From: literatura.funceb@funceb.ba.gov.br
Date: Thu, 17 Dec 2015 10:50:07 -0300
Subject: Mapa da Palavra
To:


Prezado(a),

A Coordenação de Literatura da Fundação Cultural do Estado da Bahia (FUNCEB), unidade da Secretaria de Cultura do Estado (SecultBA), gostaria de convidá-lo(a) a contribuir no processo de divulgação e compartilhamento do projeto Mapa da Palavra.BA.

O Mapa da Palavra.BA é um projeto de cadastramento público para a seleção de produções artísticas literárias realizadas no Estado da Bahia, a partir de seus 27 (vinte e sete) territórios culturais de identidade e de autores baianos que vivem fora do Estado. Esse cadastramento busca identificar a grande diversidade da literatura baiana, os escritores, poetas, ensaístas, performers, cronistas, recitadores, quadrinistas, cordelistas, entre outros e suas produções artísticas. A proposta da construção do projeto Mapa da Palavra.BA surgiu por conta da necessidade de se ter um diagnóstico do setor, para propor metas e estratégias ao Plano Setorial de Literatura da Bahia, compreendendo de forma mais clara, as necessidades e possibilidades da literatura baiana.

Além do cadastramento, o projeto realizará duas etapas de seleção das produções literárias: na primeira etapa, os artistas da palavra cujas produções forem selecionadas terão suas produções divulgadas na plataforma virtual do projeto; na segunda etapa, serão selecionadas produções literárias para compor uma futura publicação virtual e/ou impressa, com distribuição gratuita.

A partir do cadastramento dos autores no Mapa da Palavra.BA será possível ter um re-conhecimento de nossa produção literária e criar um documento importante de estruturação de um espaço de criações particulares e coletivas, não só para dar uma visão panorâmica de autores e obras, como para uma melhor compreensão do campo de forças que pesa sobre agentes de literatura, apontando necessidades e possíveis caminhos.
Futuramente, a plataforma virtual do projeto, com biografia, imagens e trabalhos literários dos autores, será uma porta aberta para a difusão dos autores, também com o objetivo de aprofundar o intercâmbio entre os próprios artistas da palavra, do Estado, criando a possibilidade de fortalecer relações e processos criativos, tornando nosso circuito literário cada vez mais potente e visível.

As inscrições para o Mapa da Palavra.BA estão abertas até o dia 14 de março de 2016. Os artistas da palavra devem se cadastrar, através do sistema online no site (http://www.fundacaocultural.ba.gov.br/mapadapalavra/) ou via material físico a ser enviado pelos Correios, conforme regulamento disponível também no site. As informações serão fornecidas pelos próprios autores, por conta disso, é fundamental a participação de todos, para que este mapeamento seja um retrato literário atual, iluminando a literatura da Bahia, suas potencialidades e especificidades. Prevemos este período longo de 5 meses de inscrição, justamente para que seja viável o alcance de um maior número de artistas da palavra.

A partir do lançamento oficial do projeto na Flica (Festa Literária Internacional de Cachoeira), em 16 de outubro de 2015, o Mapa da Palavra.BA já foi apresentado em Porto Seguro, Juazeiro, Barreiras, Santo Amaro, Alagoinhas e Salvador.

Desde já agradecemos sua contribuição e participação e acreditamos que este projeto será de extrema importância nas decisões e definições de políticas para a Literatura no Estado, além de contribuir para a difusão dos autores e suas produções literárias.

Cordialmente,

Karina Rabinovitz
Coordenação de Literatura
Maria Iris da Silveira
Diretor de Artes – DIRART
Fernanda Tourinho
Diretora Geral – FUNCEB

Coordenação de Literatura da FUNCEB
Tel.: (71) 3324-8507

Secretário conquistense e família se envolvem em grave acidente no norte de Minas

O secretário municipal de Serviços Públicos de Vitória da Conquista, Gildásio Silveira, e sua família se envolveram em um grave acidente no retorno do feriadão de réveillon. A colisão ocorreu na BR 116, no trecho conhecido como Topázio, próximo a cidade mineira de Teófilo Otoni, neste domingo (3). Continue lendo

Um país se faz com homens e livros

Por Ezequiel Sena
Para iniciar 2016, quero dar ênfase à leitura. Sou apaixonado por livros e me encanto com a beleza manifestada na perfeição de uma frase bem construída.
E nada é mais instigante do que começar um texto com uma frase edificante,
conhecidíssima e atual do notável José Bento Monteiro Lobato (1882-1948);
escritor altamente opiniático e que nos deixou esta recomendação exemplar:
“Um país se faz com homens e livros”. Continue lendo