VILA PAIOL: “PEDAÇO DE JACARACI”

Por Thiago Braga

No correr dos anos, Paiol quis ganhar presença pelo plantio de arroz na vazante do rio. Parece gleba no imenso sertão baiano. O terreno cheio de altos e baixos retrata a paisagem colorida que se descortina todos os dias, alegrada pelo canto do Bem ti vi. Destaca ainda na atividade agropastoril. Por esse motivo, é “a menina dos olhos” de Jacaraci, dista 35 km.

A pequena cidade respira ar puro vindo da natureza. Se resume em 4 ou 5 ruas, todas pavimentadas, dando espaço à carroças, cavalos amarrados nos mourões e “pés de frutas” nos quintais. Há pontos de luz, serviços de limpeza e rede de telefonia. O clima quente favorece o plantio de palma, excelente alimento para o gado. É vendida em pacotes de meio quilo. A produção de queijo também rende bons lucros.

O largo da feira enche de gente comprando e vendendo, expondo os sabores da terra. Acha de tudo um pouco, desde o litro de leite ao caixote de manga rosa. Fica no alto, próximo à igreja, sendo a parte mais movimentada do lugar. Dispõe de posto de saúde com laboratório de análises clínicas. Unidade escolar (2) mantida pelo município.

Por último, não menos importante, o velho mercadão, todo esse construído a base de tijolinho de barro. Uma estrutura muito antiga, que de vez em quando recebe alguns reparos: mão de tinta, tapa – buraco e goteira. O que temos agora? Uma vila bem arrumada, onde os visitantes têm sempre as melhores impressões. Produtos da região: limão galego, jabuticaba, umbú, mandioca, boldo e alecrim entre outros.

Facebooktwittergoogle_plusredditpinterestlinkedinmail

2 comentários sobre “VILA PAIOL: “PEDAÇO DE JACARACI”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *