Vereador é afastado por usar recursos públicos para promover festas no interior de São Paulo

Em Rosana, no interior de São Paulo, a justiça decretou o afastamento do vereador Roberto Fernandes Moya Junior (PSDB) por improbidade administrativa.

Investigações feitas pela Polícia Civil e pelo Ministério Público mostraram que o presidente da Câmara de Vereadores de Rosana utilizou recursos públicos para promover festas com prostitutas em abril do ano passado, quando esteve em Brasília.

Em ligações grampeadas pela polícia, o tucano falou sobre as festas com o servidor da Câmara de Rosana, Alan Patrick Ribeiro Correa, que também foi afastado. Além disso, foram feitas buscas e apreensões nas residências de Moya e de outros parlamentares envolvidos.

Após as investigações, o juiz Victor Trevisan Cove, da Vara Única de Rosana, concluiu que o tucano gastou dinheiro público com cerca de dez mulheres e que o gasto foi tão abusivo que prejudicou até mesmo os cofres da prefeitura.

Fonte: G1.

Facebooktwittergoogle_plusredditpinterestlinkedinmail

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *