Arquivo da tag: Retirada do PIS

PIS: Começa pagamento para nascidos em setembro

O pagamento do abono salarial do PIS começa nesta quinta-feira (13) para os trabalhadores nascidos em setembro. O valor varia de 80 a 954 reais, dependendo do período trabalhado em 2017 — ano-base do calendário de pagamento. Os recursos do Pasep serão liberados para servidores com número final de inscrição 2. O PIS é pago pela Caixa Econômica Federal, enquanto o Pasep é liberado pelo Banco do Brasil.

Nesta etapa, uma novidade: oito bancos privados poderão liberar aos cotas do PIS/Pasep diretamente aos seus correntistas. Segundo a Caixa, os bancos podem começar a repassar os créditos do PIS nesta quinta-feira para clientes do Santander, Bancop, Siscred e Banestes. Correntistas do Bradesco, Itaú, BRB e Mercantil recebem o dinheiro até a próxima semana.

O Banco do Brasil disse que o crédito começou a ser liberado aos bancos na terça-feira (11). Os clientes do Bradesco foram os primeiros a receber, seguidos pelos correntistas do Santander. Nesta quinta-feira, o dinheiro será repassado para clientes do Bancoop e Itaú. Amanhã, será a vez dos clientes do Mercantil, Banestes, BRB e Sicredi.

Trabalhadores têm até o dia 30 de junho para sacarem o abono salarial de 2015

pis

Termina no dia 30 de junho o prazo para que o trabalhadores saquem o abono salarial do PIS/Pasep ano-base 2015. Segundo o Ministério do Trabalho, até o momento, mais de 1,8 milhão de brasileiros ainda não sacaram o benefício.

Tem direito a receber o abono salarial quem, em 2015, teve remuneração média de até dois salários mínimos mensais, com carteira assinada, exerceu atividade remunerada por pelo menos 30 dias e tenha tido seus dados informados corretamente pelo empregador na Relação Anual de Informações Sociais (Rais).

O valor do abono vai depender de quanto tempo a pessoa trabalhou com carteira assinada no ano-base. Se ela trabalhou durante os 12 meses, vai receber o valor total do benefício, que é de um salário mínimo (R$ 937). Se trabalhou por apenas um mês, vai receber o equivalente a 1/12 do salário (R$ 78) e assim sucessivamente.