Arquivo da tag: reciclagem

Sem apoio da prefeitura, Cooperativa de Recicláveis de Brumado pode encerrar atividades

cooperativa-dos-catadores-de-materiais-reciclaveis-de-brumado-achei-sudoesteFoto: Lay Amorim/Achei Sudoeste

Fundada na gestão anterior com a aprovação da Câmara de Vereadores, a Cooperativa dos Catadores de Materiais Recicláveis de Brumado (Catamarb) está prestes a encerrar suas atividades, tendo como principal agravante a falta de apoio da atual administração. Por telefone ao site Achei Sudoeste, Jairo Borges Santos, membro do núcleo de cooperativas do sertão produtivo com base em Caetité, declarou que vem encontrando dificuldades em conversar com o prefeito Eduardo Lima Vasconcelos (PSB). Desde a exoneração do Secretário Municipal de Meio Ambiente, que seria o elo para articular o diálogo com o gestor, a situação ficou ainda pior, segundo Jairo. Continue lendo Sem apoio da prefeitura, Cooperativa de Recicláveis de Brumado pode encerrar atividades

latinha

Brasil recicla 98% das latinhas de alumínio de bebidas

O índice de reciclagem das latinhas de alumínio de bebidas no Brasil atingiu 97,9% em 2015, com um total de 292,5 mil toneladas de latas recicladas, quase a totalidade das embalagens colocadas à venda. Os dados, divulgados hoje (28), são da Associação Brasileira do Alumínio (Abal) e da Associação Brasileira dos Fabricantes de Latas de Alta Reciclabilidade (Abralatas).

De acordo com as duas entidades, somente na coleta da latinha foram injetados cerca de R$ 730 milhões na economia brasileira. “O valor equivale a quase um milhão de salários-mínimos por ano, confirmando a importância da reciclagem para a geração de emprego e renda para os catadores de materiais recicláveis”, destacou o coordenador do Comitê de Mercado de Reciclagem da Abal, Mario Fernandez.
Segundo a entidade, a reciclagem das latinhas consome apenas 5% da energia que seria utilizada para a produção das mesmas a partir do alumínio primário, extraído da bauxita. “A economia de energia gerada nessa reciclagem atenderia à demanda residencial anual de energia de um estado como Goiás”, disse Fernandez.