Arquivo da tag: Protestos

Trabalhadores vão às ruas contra a Reforma da Previdência em Vitória da Conquista

ProtestoFotos: Rafael Gusmão

Na manhã desta quarta-feira (15), centenas de trabalhadores de Vitória da Conquista foram às ruas para protestar contra a Reforma da Previdência, que tramita na Câmara dos Deputados, por meio da Proposta de Emenda Constitucional (PEC 287). O ato está vinculado a uma série de mobilizações que estão acontecendo simultaneamente em diversas parte do país.Protesto IEm Vitória da Conquista, o movimento teve início por volta das 9 horas, na Praça Barão do Rio Branco e também na Praça Nove de Novembro, ambas no Centro da Cidade. Com cartazes, faixas e carros de som, os manifestantes criticam as ações do Governo Federal que visam mudar os critérios de aposentadoria no Brasil.Protesto IIParticipam da manifestação movimentos sociais e sindicatos de diversas categorias, entre eles o de docentes do Ensino Fundamental, Médio e Superior.

Brasil: Diga não à corrupção

Por Antonio Novais Torres

Diga não à corrupção
Você já se perguntou por que a corrupção existe? A corrupção acontece porque a administração pública funciona mal. Faça a sua parte. Cobre dos gestores essa condição. Não deixe que a corrupção faça parte da sua vida.
Uma campanha Transparência Brasil. www.transparencia.org.br. Continue lendo Brasil: Diga não à corrupção

Protestos contra a corrupção e em apoio à Lava Jato levam milhares às ruas

Foto: Fábio Tito - Ato na Avenida Paulista, São Paulo
Foto: Fábio Tito – Ato na Avenida Paulista, São Paulo

Milhares de manifestantes protestaram nos 26 Estados brasileiros e no Distrito Federal, neste domingo (4), contra a corrupção e a favor da Operação Lava Jato. Sem uma pauta única, os manifestantes pediam, entre outras medidas, a rejeição às mudanças no pacote de medidas anticorrupção, aprovadas pela Câmara dos Deputados, e o fim do foro privilegiado. Continue lendo Protestos contra a corrupção e em apoio à Lava Jato levam milhares às ruas

Estudantes do ensino médio protestam contra Trump em cidades dos EUA

trampMilhares de estudantes do ensino médio participaram nesta segunda-feira (14), em Los Angeles, no estado da Califórnia; em Seattle, no estado de Washington; e em dezenas de outras cidades dos Estados Unidos de manifestações contra as políticas anunciadas pelo presidente eleito dos Estados Unidos, Donald Trump, do Partido Republicano.

Durante as manifestações, que ocorreram também em Portland, no estado de Oregon; e
em Montgomery County, em Maryland; os estudantes exibiam bandeiras americanas e mexicanas e gritavam “Trump não é meu presidente” e outros refrões contra as propostas do republicano de barrar muçulmanos nos aeroportos, expulsar imigrantes sem documento e construir um muro na fronteira com o México.

Os protestos também criticaram a escolha de Stephen Bannon como o principal estrategista da Casa Branca para a gestão Trump. Durante as manifestações, os estudantes chamavam Bannon de “racista” e defensor da implantação do nacionalismo branco nos Estados Unidos.

Em Los Angeles, cerca de 4 mil estudantes saíram das aulas de ensino médio em toda a cidade para protestar contra o presidente eleito. Servidores das escolas públicas de Seattle informaram que cerca de 5 mil alunos participaram dos protestos.

Movimento greve geral toma conta das ruas de Vitória da Conquista

 

maniifstSindicatos, estudantes e movimentos sociais aderiram ao calendário nacional de paralisações e mobilizações de construção da greve geral. Em todo o Brasil, os manifestantes ocuparam as ruas para protestar contra a PEC 55 (antiga PEC 241), PLC 54 (antigo PLP 257), reforma do ensino médio e o projeto “Escola Sem Partido”.

Em Vitória da Conquista, a concentração ocorreu na Praça Barão do Rio Branco e seguiu em caminhada por ruas do centro da cidade. Estudantes das redes Municipal e Estadual, além do discentes das Ufba, Uesb e Ifba, se juntaram aos sindicatos dos professores, bancários, trabalhadores terceirizados e ao Movimento do Sem Terra para reivindicar o que chamam de “retirada de direitos políticos e sociais”.
Com a mobilização diversos serviços ficaram prejudicados, como aulas e atendimento bancário.

Motivos
A luta é contra as medidas impopulares do governo federal. “Salários, SUS, escolas, creches e programas sociais terão investimentos congelados até 2036 protspela PEC 55 (antiga PEC 241). Direitos trabalhistas dos servidores públicos serão gravemente desrespeitados com a PLC 54 (antigo PLP 257). A reforma do ensino médio, em conjunto com os projetos do Movimento ‘Escola Sem Partido’, colocará fim ao pensamento crítico na educação pública, prejudicando a formação da juventude. Trabalhar mais, receber menos e não ter direito à aposentadoria serão a realidade do povo brasileiro se as reformas da previdência e do trabalho forem aprovadas”, aponta o movimento.

Movimento estudantil realiza protesto contra a PEC 241 em Guanambi e Caetité

Um grupo de estudantes protestou contra a PEC 241 nas cidades de Guanambi e Caetité, no sudoeste baiano. O ato foi organizado por movimentos estudantis e pelo levante. Em Caetité, o grupo percorreu algumas ruas, finalizando na Praça da Catedral.

Os manifestantes cobraram mais investimentos na educação. “A educação é primordial. É um escracho o que a PEC 241 está fazendo com todas as conquistas que tivemos nos últimos anos. Quero que a educação prevaleça. Não se pode detonar com projeto educacional”, reclamou um dos manifestantes.

Câmara de Igaporã repudia Justiça Estadual e o Banco do Brasil por precariedade em serviços

A Câmara de Vereadores de Igaporã, no sudoeste baiano, apresentou duas moções de repúdio que destacam a precariedade de alguns serviços prestados na cidade. A primeira moção refere-se ao atendimento da Justiça estadual.

Segundo o texto, a cidade não conta com juiz e tampouco com promotor de justiça efetivos, e a promotora substituta nomeada para a comarca é titular em Camaçari, sendo desconhecida da população a escala de atendimento da mesma no município.

Já a segunda moção diz respeito ao péssimo atendimento disponibilizado aos usuários do Banco do Brasil na cidade. Os vereadores criticam desde o horário de funcionamento da agência à falta de dinheiro nos caixas, tudo demonstrando o descaso da instituição financeira com os cidadãos do município.

As moções são o primeiro passo do legislativo em busca de solução para o problema, garantindo direitos básicos para o povo de Igaporã.

Corrupção corroeu LuloPetismo, seus sucessores também são.

Por Luiz Flávio Gomes

Groucho Marx afirmou que “é difícil fazer previsões, sobretudo quando dizem respeito ao futuro” (grifei). Mas as ruas deram seu recado: Basta! Chega de corrupção! Mais: o maior partido hoje no Brasil se chama “Lava Jato”. Se Dilma sair por renúncia ou impeachment quem assume é o PMDB. O problema da corrupção vai continuar ou se agravar.

Mais: não há como confiar numa decisão rápida do TSE (para cassar a chapa Dilma/Temer). Gilmar Mendes vai assumir sua presidência e já se posicionou: o processo é lento. Mais ainda com Temer na presidência. Continue lendo Corrupção corroeu LuloPetismo, seus sucessores também são.