Arquivo da tag: Protesto

Piripá: População invade e destrói Delegacia de Polícia

Por Oclides da Silveira

del 8População de Piripá no sudoeste baiano volta a se rebelar contra o Delegado de Polícia Dr.  Florisvaldo Nery da Cruz, neste dia 30 de outubro de 2017, por volta das 18:00 horas cerca de 150 pessoas invadiram a Delegacia de Polícia da cidade e foram destruindo tudo o que encontrava pela frente, botaram fogo nos veículos apreendidos, revoltados com a permanência do Delegado, que segundo a ótica da população, tem sido até aqui uma passagem inoperante e agora desastrosa do Dr. Florisvaldo. Segundo informou o vereador da cidade Mauricio Rocha de Carvalho PSL.

No último dia 25 deste mês de outubro, a população de Piripá foi às ruas com uma mega manifestação contra o dito Delegado, cerca de 1.500 pessoas estiveram protestando, com faixas, cartazes e muros pintados com palavras de ordem “Fora Delegado Florisvaldo”. Contudo nestes dias após essa manifestação nada se sabe sobre a decisão do Delegado Dr. Florisvaldo. Acreditamos que está na hora da Secretaria de Segurança Pública do Estado intervir neste caso e dar um basta nesta situação, pois, a população já se manifestou que não quer mais o Delegado Dr. Florisvaldo atuando no município, para que essa morosidade toda para transferir esse Delegado. Quanto mais prorroga essa situação, mais prejuízo vai causar para o município.

Piripá: O povo se revolta e exige saída do Delegado de Polícia Dr. Florisvaldo Nery da Cruz

Por Oclides da Silveira

piripa 1 - CópiaNo dia foi 25 de outubro de 2017, iniciou-se em Piripá/BA., um movimento de protesto contra o Delegado de Polícia da cidade Dr. Florisvaldo Nery da Cruz, o ato começou em frente da Prefeitura com uma caminhada até a BA 263, onde foi interditada a Rodovia, no final da tarde os manifestantes protestaram em frente a delegacia, só encerrando o movimento após uma reunião com o juiz e Promotor da Comarca, Coordenador da Disep, Dr. Cléber e o Comandante Orta, o Prefeito Flávio, o procurador do município Dr. Saulo e o Presidente da Câmara Eurico João.
O ato foi exclusivo pela saída do Delegado Dr. Florisvaldo Nery da Cruz, pela ineficiência do trabalho prestado na cidade. Cerca de 1.500 pessoas compareceram ao ato de protesto.

Tentamos um contato com o Delegado, mas não foi possível, então reproduzimos essa fala dele, que dizia faltar estrutura, numa matéria publicada em 10 de julho de 2013, no Blog do Anderson. Continue lendo Piripá: O povo se revolta e exige saída do Delegado de Polícia Dr. Florisvaldo Nery da Cruz

Prefeitura de Condeúba adere paralisação para esta quinta-feira (26/10)

Serviço de utilidade pública

A prefeitura de Condeúba decretou paralisação nessa quinta-feira (26/10), no qual fica declarado que nesse dia será de mobilização em apoio ao movimento PRÓ-MUNICÍPIO. Neste dia também, será hasteado um pano preto na sede da Prefeitura em sinal de protesto e uma faixa de apoio ao movimento. As repartições da Prefeitura Municipal funcionarão apenas no regime de expediente interno, sem atendimento ao público, ressalvados os serviços e as atividades considerados de natureza essencial, especialmente na área da saúde, educação e limpeza urbana.

O movimento (convocado pela Diretoria da União dos Municípios da Bahia – UPB, Conselho Fiscal e Consultivo), tem o objetivo de chamar a atenção do Legislativo Estadual e Federal para a situação financeira dos Municípios e sua gestão fiscal, mais precisamente quanto:- a necessidade de reajuste dos repasses dos programas federais;- a necessidade de retirada dos programas federais do cômputo dos gastos com pessoal;- o gravíssimo corte de quase 100% no orçamento do SUAS para 2018 que representará uma redução drástica das políticas sociais distributivas e protetivas, comprometendo a manutenção de serviços importantes como CREAS, CRAS, Bolsa Família, etc.;- a ínfima projeção de aumento do FPM para o ano de 2018, tão somente no importe de 3.95%; Além da necessidade de edição de Medida Provisória para garantir aos Municípios brasileiros, auxílio financeiro no aporte de R$ 4 bilhões, a fim de possibilitar que as administrações municipais fechem as contas do ano de 2017; e a necessidade de edição de pagamento das parcelas de relativas aos Royalties devidos pelo Estado da Bahia e correção dos valores dos transportes escolar.

NOTA: Os demais estabelecimentos estarão funcionando normalmente

Show gratuito de Chitãozinho e Xororó reúne menos de 100 pessoas

chitA dupla Chitãozinho e Xororó fez uma apresentação para menos de 100 pessoas em Várzea Grande, no Mato Grosso, na noite do último domingo (14).chit IA apresentação, que tinha expectativa de atrair cerca de 5 mil pessoas ao local, era gratuita e foi financiada através de emendas parlamentares da Assembleia Legislativa de Mato Grosso (AL-MT) em parceria com o Governo do Estado.chit IIMesmo assim, a dupla sertaneja cumpriu o contrato e subiu ao palco se apresentando por cerca de uma hora e meia para a pequena plateia.

protesto

Sindicatos, estudantes e movimentos sociais voltam a protestar contra a PEC 55

Sindicatos, movimentos sociais e estudantes de Vitória da Conquista realizaram um novo protesto contra a PEC 55 (antiga 241), as reformas trabalhistas, do ensino médio e da previdência, nesta sexta-feira (25).

A concentração do ato aconteceu no estacionamento do CEASA, onde foi realizadas atividades culturais, aulas públicas e distribuição de material informativo para a população.

A mobilização de hoje busca chamar atenção da população para a votação da PEC 55 do teto dos gastos, que está prevista para ocorrer entre os dias 29 e 30 de novembro no Senado.

Ocupa UESB: administração da Universidade divulga nota pública

ocupacao-da-uesbA administração da Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia (Uesb) divulgou nesta segunda-feira (24) uma nota pública a respeito da ocupação da Universidade por estudantes que são contra a Proposta de Emenda Constitucional 241. Por meio da nota, a Uesb se solidariza “a todos os movimentos que estão acontecendo concomitantemente em todo país contra a PEC 241/2016”.

Segundo a Uesb, a PEC diminui os “investimentos para educação, em especial para educação publica superior. Quanto às consequências para esta última, nos posicionamos contrariamente à quaisquer ações que promovam o seu sucateamento e o seu papel como agente transformador da sociedade”.

Quanto ao funcionamento das atividades acadêmicas e administrativas da Universidade, a nota afirma que “foi instituída uma comissão para dialogar com a coordenação geral do movimento com vistas à viabilizar a manutenção das atividades essenciais”. Desde a última sexta-feira (21), o campus de Vitória da Conquista está ocupado por estudantes, que além da PEC 241, são conta o Projeto de Leia “Escola Sem Partido” e a Reforma do Ensino Médio.

Assim, desde então, os portões da Universidade foram fechados e as atividades suspensas. Os campi de Jequié e Itapetinga, nesta segunda, também amanheceram com os portões fechados. Estima-se que mais de mil instituições estejam participando do ato em todo o Brasil.