PARATINGA: PONTO DE CULTURA, ENCERRA SUAS ATIVIDADES, NA TRADICIONAL FESTA DE SÃO PEDRO DO BAIRRO QUILOMBOLA DO TOMBA.

A Associação de Desenvolvimento Comunitário, agradece a Comunidade do Tomba, a equipe de voluntários(as) da Casa de Cultura Chica do Cajueiro), os jovens e dirigentes das quadrilhas juninas que abrilhantaram o nosso arraiá 2018, a Prefeitura de Paratinga, pelo apoio incondicional, aos artistas que se apresentaram e ao grande público que compareceu na praça da Bandeira, aproximadamente cerca de 3.000 pessoas, prestigiaram mais uma vez a tradicional festa de são Pedro padroeiro dos pescadores, um evento secular onde os moradores do Tomba se reunião para agradecer a fartura de peixe do rio são Francisco.

Hoje mesmo sofrendo pela falta do peixe, os moradores do bairro quilombola, vem mantendo a tradição cultural e contando sempre com o apoio do nosso líder comunitário Toge que dentre tantos outros apoios a Associação São Sebastião, agora vem com um projeto intitulado: “vamos salvar as lagoas”, Uma parceria com a Colônia de Pescadores Z50, Câmara Municipal, onde o mesmo é parlamentar e em convênio com a Prefeitura de Paratinga, que através da Secretaria de Meio Ambiente, tem o objetivo de revitalizar as mesmas para que possam ter de volta a abundância de peixe que sempre sustentou os pescadores do Tomba.

Essa noite também marcou o encerramento das atividades do Ponto de Cultura Quilombola em seu segundo ano. Um importante aliado no fortalecimento de preservação e difusão da Cultura e Tradição do bairro e que vem realizando um excelente trabalho com suas oficinas de capoeira, teatro, cursos profissionalizantes e etc. e que está mudando significativamente a vida dos moradores do Tomba, principalmente jovens e adolescentes que encontram no Ponto de Cultura, um grande incentivo para acreditar numa vida melhor, com oportunidades iguais para todos e consequentemente a realização dos seus sonhos.

Por fim, nosso muito obrigado a todos, que direta ou indiretamente contribuíram para mais esse sucesso, contabilizado na comunidade quilombola do Tomba.

Facebooktwittergoogle_plusredditpinterestlinkedinmail

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *