O TRABALHO PORTA EM PORTA DO AGENTE DE SAÚDE

Por Thiago Braga

                                                      Thiago Braga

O agente de saúde é aquela pessoa que chama no portão, fazendo o cachorro latir, procurando alguém para “a visita de sempre”, já esperada por “Seu Zé, “Dona” Maria ou “Nhô” João. Mede pressão arterial, entrega cartão individual (crianças e adultos) para agendamento de consulta, além de tirar dúvidas do tipo: vagas, dias e horários para atendimento comum. Por isso, exerce atividade importante na área da saúde, pois é responsável pelo pré – cadastro dos pacientes. Nas campanhas de prevenção contra doenças é o primeiro a espalhar a notícia pela cidade, sem esquecer da zona rural.

O agente de saúde faz um “trabalho de formiguinha”, indo de casa em casa, oferecer serviço bem feito. Usa boné, crachá de identificação, bolsa, pastas de papel, prancheta e caneta. A boa conversa, seguida de um aperto de mão, favorece o clima de amizade. Se tornou figura muito querida entre os moradores dos bairros, pois desenvolve tarefas diárias junto à sociedade local. Esse profissional é ligado à Unidade Básica de Saúde (UBS).

Nada melhor que um agente especial para conhecer de perto o dia a dia da comunidade, facilitando o acesso da população ao SUS – Sistema Único de Saúde. Orienta as mamães sobre o teste do pezinho, aleitamento materno, banho pós – parto e preparo do soro caseiro recomendado para bebês de 0 à 2 anos. Insiste no assunto Banco de Leite (doação). Leva informações aos idosos sobre exames de rotina, teste de diabetes, – taxa de açúcar no sangue – e uso de remédios genéricos ou não, adquiridos na farmácia do posto. Isso, é claro, com prescrição médica. O agente de saúde ajuda sempre na hora certa.

Facebooktwittergoogle_plusredditpinterestlinkedinmail

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *