Morre na Itália, aos 89 anos, o Monsenhor Antônio Pianca

Morreu, aos 89 anos, o Monsenhor Antônio Pianca

Morreu, aos 89 anos, o Monsenhor Antônio Pianca. O falecimento ocorreu no final da tarde desta sexta-feira (11), em Vittorio Veneto, na Itália.

Segundo o Portal Fala Você, o Monsenhor encontrava-se com saúde debilitada e teve piora em seu quadro nos últimos dias.

De acordo com o padre Eutrópio Aécio, da Paróquia São Geraldo Majella, notícias recebidas da Itália são de que, mesmo debilitado, Pianco fazia suas orações em português todos os dias antes de falecer.

O religioso atuou na Paróquia de São Antônio em Guanambi entre os anos de 1998 e 2008. Pianca foi o idealizador e fundador das Rádios 104 FM e 106 FM.

O Monsenhor residia atualmente numa casa de padres idosos, na Diocese de Vittorio Veneto, no interior da Itália.

Nascido em 27 de fevereiro de 1930, na pequena Gaiarine, província de Treviso, Antônio Pianca foi ordenado padre em 28 de junho de 1953, na Catedral de Vittorio Veneto. Durante muitos anos atuou no Brasil como missionário “fidei donum”.

Em São Mateus, no Espírito Santo, Pianca atuou como padre nas décadas de 60 e 70. Sua passagem pela cidade também foi marcada pelo pioneirismo. Ele foi um dos fundadores e incentivadores do Centro Educativo Recreativo Associação Atlética São Mateus, uma das principais agremiações esportivas do Estado.

O padre recebeu o título de Monsenhor por Dom Alberto de Caetité.

De volta à Europa, o Monsenhor atuou como Pároco e como Colaborador pastoral da Paróquia de O sepultamento do Monsenhor Antônio Pianca será na próxima terça-feira (15). A celebração de exéquias, do mistério pascal de Cristo, será na igreja paroquial de Fratta di Caneva, às 15h (horário local).

O comunicado do falecimento aos amigos do Monsenhor em Guanambi foi pela rede social do Padre Lívio Dall’Anese, companheiro de Paróquia na cidade. Padre Lívio ressalta o trabalho incansável de Padre Antônio como “evangelizador, um verdadeiro pastor do povo, um fiel ministro da Igreja”.

Facebooktwitterredditpinterestlinkedinmail

Redação

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.