Lídice condena distritão: uma anomalia política, uma aberração

Lidice
Senadora Baiana Lídice da Mata, Presidente Estadual do PSB

Pronta para ser votada no plenário da Câmara dos Deputados, de onde deve seguir para o Senado, a reforma política divide opiniões. A senadora baiana Lídice da Mata, presidente do PSB na Bahia, diz ser contra o sistema eleitoral do distritão, onde serão eleitos para o Legislativo os candidatos mais votados, descartando o quociente eleitoral existente hoje.

“Não concordo com o distritão. É uma anomalia política mundial. É uma aberração do ponto de vista da representação popular”, disse a congressista em conversa com o BNews em Feira de Santana neste sábado (19), durante evento do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva com sindicalistas, militantes e trabalhadores da agricultura familiar no espaço Estação da Música.

Outro ponto da reforma em discussão é a criação do fundo de financiamento público de campanha. “Embora concorde com fundo de financiamento público de campanha, não posso concordar com o absurdo da quantia que está sendo proposta. Primeiro, temos que identificar de onde tirar, e devemos tirar do funcionamento do Legislativo, das multas pagas por corrupção”, sugeriu a senadora socialista.

Facebooktwittergoogle_plusredditpinterestlinkedinmail

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *