Eu sou feminista

Por Joyce dos Santos Oliveira

Joyce dos Santos Oliveira 16 anos – Estudante e faz parte do movimento café com poemas Cordeiros – Ba

Eu sou feminista
Pois não tolero mais essa sociedade machista

Onde homens são recompensados por mexer com a novinha na rua e deixa a mulher em casa trancada pois pra ele, só serve ela nua

Casa, comida, roupa lavada… Quer uma companheira ou uma empregada?

Respeita as mina jão, porque na minha língua homem que bate em mulher é vacilão

Muitos reclamam que mulher que sofre abuso não fala, mas falar como se a mídia só divulga a mina e não cara?

Mas num país onde não tem ordem e progresso os machistas que paga pra transar com novinha e difama na rua, faz sucesso

Feminista pra muitos é uma coisa clichê, mas mulheres são espancadas e mortas todos os dias por homens e ninguém vê

No Brasil ja começa pelo candidato a presidente, onde a mulher exerce o mesmo serviço que o homem e o salário é diferente
Mas ele nem foi inteligente pois no Brasil, preto, branco, homem e mulher é tudo GENTE

Ser preta é um pecado na sociedade, te julgam pela sua cor e não pelo sua capacidade.
E dizem que buscam igualdade, mas preto pra eles nem é gente de verdade.

Ser mãe na adolescência é motivo de julgamento, mas ninguém sabe o que aconteceu naquele momento
Engraçado que só a mãe é julgada a todo momento, e o pai? Não é culpado, abandonam a família, lhes negam alento.

No Brasil só os brancos que procede
Dizem que “preto e branco é igual” mas não lembram de Marielle?

Andamos nas ruas preocupados e com medo, “dizem que é exagero” e Marcos Vinicius que foi morto por ser… Preto?

Não adianta deixar pra lá, não podemos nos calar
Devemos nos juntar seja preto, gay e mulher pra lutar
Pois todo esse preconceito, tá mais que na hora de acabar.

Facebooktwittergoogle_plusredditpinterestlinkedinmail

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *