Discurso

Por Leandro Flores

Meu partido não tem estrela
Nem sigla de interesses
Meu partido é um coração sem esperança
É uma causa perdida
É uma luta, um ideal
É o Brasil que não se alimenta,
É a criança sem merenda
É a injustiça entre classe social

Meu partido não tem cores,
Nem bandeiras
Não quer palanque,
E não precisa de eleição
Meu partido é o homem de bem
Que ganha a vida sem ferir ninguém
É o artista que não tem incentivos
É um moleque sem educação

Meu partido é a cidadania
Que se aprende na escola
É a ética do homem do campo
O conhecimento sem cola
Meu partido é a soberania
É o alfabeto, a palavra, a poesia
Meu partido é a gestão, a honradez
O compromisso, a democracia

FLORES, 2013;

Facebooktwittergoogle_plusredditpinterestlinkedinmail

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *