Condeúba: Segundo dia da Jornada Pedagógica 2018, com prestação de contas do FUNDEB

Por Oclides da Silveira

aplb 14
Chefe de Gabinete e comandante do cerimonial Paulo Henrique

Neste segundo dia de acontecimento da Jornada Pedagógica de 2018 de Condeúba, que trouxe o tema deste ano “Um Diálogo entre Teorias e Práticas”. Teve inicio nesta manhã do dia 1º de fevereiro, primeiramente o Chefe de Gabinete Paulo Henrique que comandou o cerimonial deu boas vindas a todos e o evento foi aberto com a oração do Pai Nosso.

aplb 15
Secretário Municipal de Finanças Aildo Pereira dos Santos

Por conta de uma reivindicação da APLB Sindicato solicitando ao Chefe do Poder Executivo que pague o “Piso Nacional” para os professores, Os membros da equipe econômica da Prefeitura resolveu apresentar a inédita prestação de contas  do FUNDEB através do Secretário Municipal de Finanças Aildo Pereira dos Santos, Controlador Interno da Prefeitura Reinaldo Ribeiro e do Contabilista Samuel da AGE Assessoria que presta serviços para a Prefeitura. Foi demonstrado de forma bem clara, quanto e de onde vem os recursos, os quais são aplicados nos diversos seguimentos da Educação.

aplb 12
Equipe Econômica Municipal – Secretário Aildo Pereira, Contabilista Samuel e Controlador Interno Reinaldo Ribeiro

 A equipe econômica da Prefeitura respondeu aos representantes da APLB Sindicato, que não há condições de pagar o piso nacional para os professores na atual conjuntura, tendo em vista o alto índice no percentual gasto com o pessoal da Educação, que no ano passado atingiu a casa dos 70%. A equipe econômica deixou as portas abertas para todos que desejar pedir informações e também dar sugestões, o canal de negociações permanece aberto para todos.

aplb 8
Representando a APLB Sindicato professor de Inglês Antonio José Ribeiro

A seguir foi concedido o espaço para a assembléia fazer perguntas, o representante da APLB Sindicato professor de Inglês Antonio José Ribeiro indagou. No caso do município aderir o pagamento do piso nacional para os professores, e este não tendo condições, o MEC entra com uma contra partida para garantir os pagamentos, o que os Senhores tem a nos responder sobre isso?

peda
Prefeito Silvan Baleeiro respondendo as perguntas da platéia juntamente com o contabilista Samuel e o Controlador Interno do Município Reinaldo Ribeiro

O Prefeito Silvan Baleeiro respondeu “que já estive em Brasilia consultando a  CNM – Confederação Nacional dos Municípios sobre essa questão, a orientação que eles nos deram, foi de que teríamos de enxugar a maquina pública a tal ponto de viabilizar a condição de pagamento do piso nacional. Disse ainda se não fosse a Lei Municipal de Plano de Carreira, o município teria condições de pagar sim o Piso Nacional para os nossos professores, esta Lei veio inviabilizar as vossas reivindicações Senhores professores,” afirmou o Prefeito Silvan Baleeiro.

Por último, foi feito uma Audiência Pública para a formação do Fórum Municipal de Educação, os quais foram empossados no mesmo ato logo após a formação que terminou por volta das 14:00 horas. Amanhã os trabalhos da Jornada Pedagógica continuam nas escolas, onde serão feito os planejamentos para iniciar as aulas na segunda-feira dia 5 de fevereiro de 2018.

Fotos: JFC

 

Facebooktwittergoogle_plusredditpinterestlinkedinmail

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *