Condeúba: Secretaria Municipal de Cultura organizou seu “I Encontro de Ternos Reis”

Por Oclides da Silveira

sr 12
Terno de Reis das Queimadas cantando e louvando ajoelhados

Neste dia 30 de dezembro de 2017 com início às 20h40min., na Praça Santo Antônio localizada às margens do Rio Gavião em Condeúba, foi realizado pela Secretaria de Cultura, Desporto e Lazer o “I  Encontro de Terno de Reis” do município.

sr 1
Marittza com Ritinha que representou o “Fessa” ganhador do melhor presépio

Trabalharam em parceria a Secretaria de Cultura com a Paróquia de Santo Antônio nas montagens dos Presépios na Igreja Matriz e nas Capelas da cidade, que por sua vez, foi feito um concurso entre os Presépios, cujo prêmio será um jogo de toalhas completo para o seu respectivo Altar, quem venceu foi o Presépio da Matriz montado pelo  consagrado artista plastico, o popular “Fessa”.

sr 49
As Pastorinhas irradiando alegria

A abertura oficial das festas de Santos Reis deste ano de 2018, coube as “Pastorinhas”, um grupo de mulheres recém-criado para reviver os tempos de outrora. São mulheres simples da sociedade que compuseram o grupo com alguns homens que tocaram os instrumentos, elas entraram na pista com muita alegria e brilho nos seus uniformes, parabéns as “Pastorinhas” por ter resgatado este momento tão singular da nossa história. 

Depois foi as vezes dos Ternos de Reis desfilarem em grupos na pista em frente ao Presépio ali instalado. Podemos dizer que em nosso município prevalece o “Reis Rural”, pois estiveram apresentando ontem seis Companhias de Reis e cinco ficaram para a segunda apresentação no dia 6 de janeiro próximo, sendo que todas são da zona rural. A abertura dos Reis ficou por conta da Companhia do Baixão de Nena, que de início arrancou muitos aplausos da platéia.

As Companhias de Reis que se apresentaram ontem todas uniformizadas relacionamos aqui juntamente com seus respectivos patrocinadores: 1ª Baixão de Nena patrocinada pelo Jornal Folha de Condeúba, 2ª Cerquinha com o patrocino do vereador Reginaldo, 3ª Tamboril patrocinada pela Marcenaria Flores, 4ª Riacho Seco que foi patrocinada por Lindauro Silveira, 5ª Queimadas sob o patrocínio do Haras Champrão e a 6ª  Taboleiro de Dentro que teve o patrocínio de Leo Motos e Salão Aryane. Ficaram para se apresentarem no mesmo local próximo dia seis de janeiro, as Companhias de Reis do Jatobá, Carranca, Olho D’água, Alegre e Araçá.

A festa foi emocionante, todos os Ternos de Reis cantaram as mesmas músicas, porém de forma diferente, eis a questão do enigma dos Reis. Às vezes as pessoas que não entendem a dialética dos Reis, se dizem não gostar da folia, porém aqueles que entendem um pouco mais da matéria, se dizem amá-la por ser sempre diferente. Os Reis são ricos em história por ser contado em detalhes o nascimento do menino Jesus.

A platéia que lotou a Praça Santo Antônio de certa forma ficou prejudicada por alguns momentos nas apresentações, devido a invasão de pessoas e também aqueles que estavam filmando e tirando fotografias dos atos dos reiseiros, de tal forma que a apresentadora Marittiza estava sempre pedindo para abrir espaços.

Quem esteve na Praça Santo Antônio ontem a noite pode ver momentos emocionantes dos Reis, como por exemplo na apresentação da Companhia das Queimadas na hora que cantou o Reis de Louvor e se ajoelhou por alguns momentos cantando e louvando,  podemos observar naque instante muitos da platéia, enxugando sua lágrimas.

 O encerramento ficou por conta da Companhia de Reis do Tabuleiro de Dentro, a única turma que cantou com gaita,e brilhantemente fez a festa e deixou aquele povão na platéia com gosto de quero mais. Parabenizamos a Secretaria de Cultura pela brilhante iniciativa e mais, parabenizamos os reiseiros pela luta que eles tem travado no sentido de não deixar morrer essa tradição milenar que em muitos cantos da terra já não existem mais.

Fotos: JFC

Facebooktwittergoogle_plusredditpinterestlinkedinmail

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *