Condeúba: Realizada a 17ª Sessão Ordinária deste ano da Câmara Municipal

Por Oclides da Silveira

Os vereadores discutindo e votando nos Projetos e demais demandas

Nesta quinta-feira dia 21 de junho de 2018, foi realizada a 17ª Sessão Ordinária deste ano da Câmara Municipal, trazendo uma pauta enxuta, pois no decorrer do primeiro semestre, as votações tem acontecido de forma frequente, assim, o Presidente Silvano tem tido muito critério para que nenhum Projeto fique engavetados, que seja tramitados e votados de forma regimental.

PEQUENO EXPEDIENTE

Foi feito a leitura da Ata da Sessão anterior, leituras de Ofícios e Recibos, além da leitura do Projeto de Lei nº 14/2018 do Executivo para fazer algumas permutas de alguns lotes de terrenos dentro e fora da sede que são de propriedade da Prefeitura.

GRANDE EXPEDIENTE

Farmacêutica da Atenção Básica do Município Maria Izabel Vieira Alves

Usando a tribuna popular a Farmacêutica  da Atenção do Básica Município Maria Izabel Vieira Alves, “fez um amplo esclarecimento sobre como o município tem que se comportar diante da grade estabelecida pelas Portarias do Governo Federal, de forma que a Atenção Básica é uniforme nos três Governos Federal, Estadual e Municipal cada ente da federação tem suas metas e grades para trabalhar dentro daquilo que é regido por Lei. Não adianta o paciente vir com uma receita solicitando um remédio que não se encontra dentro da grade, que o município está impedido de fornecer. Agora acabou aquela situação que alguns tinham o famoso jeitinho para conseguir as coisas”, pontuou a Farmacêutica Izabel.

Vereador José Ribeiro Reis

José Reis PCdoB. Usando a tribuna “Disse a respeito da água do Alegre e Tamboril eu não fiz nenhuma intervenção para que as pessoas deixasse de pagar pela Associação, mesmo porque eu não tenho esse poder,  a decisão tem que partir dos associados e consumidores. O historiador e escritor João Cordeiro trouxe um bem aqui hoje muito grande para o povo de Condeúba e região, com o lançamento do livro “Mergulho no Passado” ele nos deu mais abertura para que possamos ter mais conhecimento da história do nosso Legislativo. na pagina 154 e 27ª Legislatura de 1967 a 1970 eu encontrei o nome do meu pai Delfino Ribeiro Reis, naquela época os vereadores trabalhavam sem remuneração, o mandato era exercido de forma voluntária. São 204 páginas de informações pontuais de nossa Câmara, por isso recomendo a todos os condeubenses que busca adquirir um exemplar desta magnifica obra”, finalizou o vereador José Reis.

Vereador Antônio Farias Terêncio Filho – (Toinho)

Toinho Terêncio – PSD. Usando a tribuna “disse eu venho aqui para falar do lançamento do livro “Mergulho no Passado” de autoria do meu primo a que muito me orgulho de João Cordeiro, que nos trouxe uma obra prima. Todos os condeubenses precisam adquirir um exemplar, foi lá que fiquei sabendo que meu pai Antônio Terêncio tinha sido vereador por três legislaturas. Disse ainda precisamos inserir a história de Condeúba nas nossas escolas. Lamento que o nosso diretor de Cultura não se fazer presente neste lançamento, aliás a Secretaria Municipal de Cultura não deu maior relevância a esse evento aqui hoje. Outro ponto que quero comentar é sobre o Hino Nacional, eu tenho visto alunos de escolas municipais dançando o Hino Nacional em ritmo de forró!!! Gente isso é muito grave!!! Temos que reeducar essas pessoas e dizer a eles que o Hino Nacional é o maior símbolo da Nação, por isso que tem os dias locais e horários de executá-lo de forma oficial e original”. esbravejou o vereador Antônio Terêncio Filho.

Vereador Reginaldo Sobrinho do Nascimento

Reginaldo Nascimento – PSB. No uso do tempo de liderança “disse fiquei feliz com os esclarecimentos da Farmacêutica Isabel. Como ficou claro aqui, as gestões anteriores podiam comprar a revelia qualquer tipo de remédios para fazer cortesias com seus mais chegados, hoje mudou tudo, só pode comprar remédios da Atenção Básica obedecendo as Leis regulamentares”, falou Reginaldo.

Vereadora Maria Neres Sousa de Brito – (Nena)

Nena – PSDB. Fazendo uso do tempo de liderança “disse parabenizo a Farmacêutica Isabel pela ótima esclarecida que deu em face da grade de remédios que são distribuídos através da Atenção Básica. Quero aqui esclarecer também sobre a reunião que participei com os associados do Tamboril e usuários daquela água que eles distribuem, falei antes com o Prefeito e ele me autorizou a ajudar pagando as despesas de energia e pagar também as pessoas que trabalham na distribuições de água. A proposta foi colocada em votação e foi negada pela assembléia de forma unânime, preferiram eles continuar com a Associação do Tamboril.

Vereador Arlindo da Silva Cruz

Arlindo Cruz – PROS. Usando o tempo de liderança “disse quero parabenizar a Farmacêutica Isabel pelos esclarecimentos dela, foi muito bom. Aproveito aqui a presença do Secretário de Saúde Vgney Silveira para dizer que ele é um dos melhores Secretário da atual Gestão, a exemplo do amigo Oclides da Silveira que passou por aquela secretaria e a de Transporte e Obras deixando ótimas lembranças de um excelente trabalho desenvolvido diante daquelas Secretarias”, afirmou o vereador Arlindo Cruz.

Vereador Silvano dos Santos Pereira – Presidente

Silvano dos Santos – PT. “Disse da felicidade que tivemos hoje aqui na Câmara pela manhã quando o Professor e Historiador João Cordeiro esteve aqui lançando este livro “Mergulho no Passado”, que é uma obra prima, recomendo a todos os vereadores para adquirir um exempla, o autor deixou 10 livros para nós vendermos ao preço de R$ 40,00″, encerrou sua fala Silvano, agradeceu a todos pela presença e deu por encerrada a Sessão.

Fotos: JFC

 

Facebooktwittergoogle_plusredditpinterestlinkedinmail

Um comentário sobre “Condeúba: Realizada a 17ª Sessão Ordinária deste ano da Câmara Municipal

  1. Em determinados momentos é preciso participar para sentirmos a importância de determinadas questões. Felizmente, o vereador governista Toinho Terêncio fez referência ao pouco interesse dos representantes da cultura no governo pelo lançamento do livro Mergulho no Passado. A cultura precisa ser valorizada para além das festas e comemorações.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *