Condeúba: Comunidade Remanescente de Quilombola do Tamboril se manifestou no dia da Consciência Negra

Por Oclides da Silveira

negra 40
Dança do Maculelê

Hoje dia 20 de novembro de 2017, a Comunidade Remanescente de Quilombola do Tamboril se manifestou no dia da Consciência Negra, pelo terceiro ano consecutivo essa Comunidade faz movimento em homenagem às conquistas da Consciência Negra. Desta vez foram apresentados danças, musicas, recitais, em suma, foram vários números com alunos das escolas municipais do Tamboril e do Alegre.

negra 8
Dançarinas do Olho D’água

Foi exibido a dança com as garotas da Fazenda Olho D’água, tendo a coreografia de Kawane Silveira e também a dança do maculelê. Interessante que todos os movimentos de qualquer natureza sempre se referenciava aos negros. Assim como, todos os alimentos que serviram no lanche da tarde, são iguarias usadas pelos negros desde a época da escravidão.

negra 11
Iguarias típicas

Foi servido um comes e bebe natural para todos que estavam presentes como, biscoito de chiringa e chimango bolo de milho assado na folha de bananeira, tudo feito no forno de lenha instalado ali mesmo no local do evento , beiju de massa, cuscus, batata doce, bolo de fubá, bolo de puba, pão caseiro, mandioca, rapadura, canjica, sucos de caju e de maracujá do mato, suco de goiaba e cocada.

Teve uma atração de Folia de Reis no começo da noite e depois foi a vez do conjunto Soares do Forró que é da própria Comunidade entrar em cena, o forró comeu solto até altas horas da noite. A festa foi coroada de êxito com muitos produtos antigos em exposição, parabenizamos aos organizadores, que contou com vários patrocinadores entre eles a Prefeitura através da Secretaria de Ação Social.

NOTA: Não houve o forró conforme noticiamos acima, tendo em vista o falecimento da Sra. Maria Adelaide Pereira ocorrido às 18:00 horas, ela que era da Comunidade. 

negra 12Estiveram prestigiando e representando as Escolas do Campo o seu diretor Juari Nascimento, representando a Secretaria de Cultura, Desporto e Lazer seu diretor Ygor Roberto, professora Joandina de Carvalho, Oclides da Silveira além do professor Antonio Santana.

Facebooktwittergoogle_plusredditpinterestlinkedinmail

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *