Condeúba: Cemitério Municipal pede socorro

IMG-20160830-WA0064Por Oclides da Silveira

Os primeiros cemitérios, inicialmente enterravam-se os ricos dentro da Igreja Matriz e os pobres eram enterrados pelo lado de fora da Igreja. Por volta de 1892, o primeiro Intendente de Condeúba Barão José Moura Egídio de Albuquerque, fez o Cemitério do Barão na localidade onde está a Gruta de Nossa Senhora Aparecida.

O único Cemitério Municipal de Condeúba fundado há mais de cem anos, está em fase final de espaços para novas sepulturas, se muito durar, dentro de um ano não haverá mais lugar para sepultar ninguém, exceto aquelas gavetas existentes nos túmulos de familiares. O outro Cemitério existente na cidade, foi fundado em 1930 pela Irmandade do Santíssimo Sacramento, por tanto, só sepultam lá os membros da Irmandade.

Com a cultura de construir túmulos e até mesmo fazer coberturas nos cemitérios, especificamente em cima das covas dos seus entre queridos ali enterrados. O povo condeubense criou alguns problemas de espaços, por aquele local ficar reservado para sempre a família do primeiro morto. Por outro lado, a família primogênita fica garantida com direito de uso das gavetas do próprio túmulo.

IMG-20160830-WA0067O então Prefeito Marcolino já no seu segundo mandato, por tanto há 13 anos atrás, recebeu a doação de Toinho Terencio de uma área anexa e fez uma boa ampliação do cemitério. O que deu um bom fôlego até os dias de hoje. Uma vez que estava se projetando ao lado o atual loteamento que hora se encontra totalmente vendido e com muitas residências construídas e outras ainda em construções.

IMG-20160830-WA0069O Prefeito Guto sabendo da necessidade de resolver essa situação do cemitério e atendendo a indicação nº 021 de 10 de outubro de 2014 de autoria da vereadora Cida de Lerim. Resolveu comprar uma área contendo dois hectares localizados entre as Estradas Pedras de Fogo e Estrada da Feirinha.

Perguntamos ao Prefeito Guto por que está parada essa obra? Sendo que é uma extrema necessidade do povo condeubense, que seja resolvida o mais rápido possível essa situação do cemitério. Então Guto nos respondeu que a culpa da morosidade não é dele, pois, estamos aguardando a definição da Justiça, tendo em vista que, o grupo de oposição entrou com uma ação na Promotoria Pública questionando a aquisição da área, concluiu o Prefeito.

Nas fotos podemos ver que tem pouquíssimos espaços para serem usados em novas sepulturas.Cemitério

Facebooktwittergoogle_plusredditpinterestlinkedinmail

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *