Condeúba: Alunos das Escolas Adelmário Pinheiro e Tranquilino Torres foram selecionadas para coletânea de Laé de Sousa

Assessoria do Projeto “Ler é Bom, Experimente!”

bruna
Alunos da Escola Municipal Adelmário Pinheiro Distrito da Feirinha

Duas estudantes de Condeúba foram selecionados para coletânea literária nacional As alunas Bruna Rafaela Bitencourt Brito, 12 anos, da EM Adelmário Pinheiro e Leyla Aparecida Sousa Moreira, 15 anos, da EM Tranquilino Leovigildo Torres, da cidade de Condeúba, tiveram os seus textos selecionados e serão publicados em uma coletânea de crônicas e histórias produzidas por estudantes, de todo o país, participantes do projeto “Ler é Bom, Experimente!”. O livro intitulado As melhores histórias dos projetos de leitura – Volume 9, nona coletânea do projeto, foi lançado em São Paulo, no dia 14 de novembro, com direito a autógrafos dos estudantes autores e do escritor Laé de Souza, autor do projeto.

Além de terem textos de alunos publicados no livro, o município de Condeúba foi escolhido para ter os alunos da EM Adelmário Pinheiro na capa do livro. A escola participa do projeto há vários anos, e sempre tem um aluno contemplado. Escolas de todo o país participam há dezessete anos do projeto “Ler é Bom, Experimente!” que é desenvolvido pelo Grupo Projetos de Leitura, com aprovação do Ministério da Cultura e patrocínio do GRUPO SEGURADOR BANCO DO BRASIL E MAPFRE com o objetivo de incentivar a leitura e criatividade de estudantes de escolas públicas.

Todos os alunos participantes do projeto receberam exemplares dos livros “Nos bastidores do cotidiano” e “Sofia – Ser solidário é dez”, de Laé de Souza, para leitura, discussão dos temas propostos nas obras, adaptação para teatro, exercícios e outras atividades, culminando com a criação de um texto para participar do concurso literário. Os melhores trabalhos foram premiados com livros e participam da coletânea junto com estudantes de várias regiões do Brasil. As atividades do projeto nas escolas selecionadas de Condeúba foram coordenadas pela professora Rosângela Meira de Oliveira que recebeu uma cartilha pedagógica para auxiliar a executar as atividades dentro da sala de aula.

Para o coordenador do trabalho, o escritor Laé de Souza, a ideia é atrair todos os estudantes para uma participação ativa em um movimento literário na sua própria escola. “A disseminação da leitura na sala de aula, se bem orientada, poderá criar novos cidadãos apaixonados pela leitura e com vontade própria de ler. Nosso trabalho é desenvolvido para que os jovens se tornem adultos atraídos pelos encantos e aprendizado que a leitura de livros pode proporcionar.

O professor é nosso parceiro e assume conosco a empreitada de fazer o aluno descobrir o prazer da leitura”, diz o escritor. Participaram das atividades em 2017, 350 escolas, beneficiando mais de 35 mil estudantes. Os textos produzidos pelos alunos foram selecionados na primeira fase pelos professores e, posteriormente, pelo Grupo Projetos de Leitura que escolheu 43 textos para compor o livro “As melhores histórias dos projetos de leitura – Volume 9”.

O livro contém uma crônica do escritor Laé de Souza e textos e histórias infantis de jovens escritores, de 8 a 17 anos, de Boa Nova-BA, Bom Jesus da Serra-BA, Condeúba-BA, Itacaré-BA, Itagi-BA, Manoel Vitorino-BA, São Gabriel-BA, Conceição do Mato Dentro-MG, Ferros-MG, Itaú de Minas-MG, Jenipapo de Minas-MG, Santa Rita do Sapucaí-MG, Lagoa Seca-PB, Arroio do Meio-RS, Frederico Wesphalen-RS, Selbach-RS, Torres-RS, Balneário Rincão-SC, Barão de Antonina-SP, Iperó-SP, Riversul-SP, Salesópolis-SP, São Paulo-SP, São Pedro-SP e Votuporanga-SP.

Os jovens autores estão radiantes, ainda mais que os textos produzidos pelos alunos, além de serem lidos por estudantes das escolas participantes do projeto, serão conhecidos por muitas pessoas, vez que a obra será utilizada em outros projetos do Grupo Projetos de Leitura.

Sobre o Grupo Projetos de Leitura
Criado em 1998, pelo escritor Laé de Souza, os trabalhos têm como objetivo vencer um dos maiores desafios encontrados pelos professores e amantes da literatura: criar o hábito da leitura. Os projetos, apoiados pelas leis de incentivo à cultura, são aplicados em escolas da rede pública, parques, praças públicas, hospitais, transportes coletivos e outros.

Sobre o autor
Laé de Souza é cronista, dramaturgo, produtor cultural, bacharel em Direito e Administração de Empresas, autor de vários projetos de incentivo à leitura e de livros infantis, juvenis e adultos.

Mais Informações
contato@projetosdeleitura.com.br
www.projetosdeleitura.com.br
Telefones: (11) 2743-9491/ 2743-8400
WhatsApp 11-95272-9775.

 

Facebooktwittergoogle_plusredditpinterestlinkedinmail

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *