Condeúba: A Voz da Escola, pelo Tranquilino Torres

IMG-20170329-WA0036

Como diz a canção de Lulu Santos, Todo mundo espera alguma coisade um sábado à noite. Bem no fundo, todo mundo quer zoar, quer se divertir… Pensando nesses versos, a SMED de Condeúba propôs um sábado letivo lúdico, cultural, alusivo ao tema principal do projeto a ser desenvolvido: VIOLÊNCIA.
Consequentemente no sábado trabalhado (25.03), a Equipe Tranquilino LeovigildoTorres não ficou de fora, surpreendendo a todos ao apresentar a peça Veja só Maria a qual contou a história do sofrimento de uma mulher pelo seu cônjuge.
A peça levou bom humor, sem deixar de abordar o tema principal, a violência contra a mulher, sendo este um problema social muito sério.
Maria, mulher do Zé, aguentava as insolências do esposo, evitando a qualquer custo a separação, assim, ela era vítima da opressão física e psicológica. Consequentemente ela teve uma visão diferenciada acerca do problema quando Maria Ruana, a sua prima, levou ao seu conhecimento histórias semelhantes as quais os agressores foram autuados na Lei Maria da Penha, de número 11.340.
Assim, a Escola Tranquilino Leovigildo Torres levou informações importantes sobre como denunciar, reconhecer e ao mesmo tempo ficar atento a qualquer tentativa de violência.

Facebooktwittergoogle_plusredditpinterestlinkedinmail

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *