Cinco pessoas da mesma família são assassinadas BR-101; grávida estava entre vítimas

cortada 2Foto: Divulgação | PRF

Cinco pessoas foram assassinadas na noite de terça-feira (16), na BR-101, trecho de Mucuri, extremo sul da Bahia. Segundo a Polícia Rodoviária Federal (PRF), todos são da mesma família. Entre as vítimas, duas mulheres e três homens. Uma das mulheres estava grávida, apontou a polícia. Ainda conforme a PRF, um carro com homens encapuzados emparelhou com o veículo em que estavam as vítimas e os bandidos dispararam vários tiros com o carro ainda em movimento. A polícia detalha que um homem desceu do veículo e continuou atirando. O crime aconteceu por volta das 18h40.

cortadaFoto: Divulgação | PRF

Os corpos foram levados para o Departamento de Polícia Técnica (DPT) de Teixeira de Freitas, também na região sul. As vítimas foram identificadas pela polícia como: Jalperaz do Espírito Santo Rocha, Dilma Maria dos Santos Oliveira Rocha, 40 anos, Alan Cláudio de Sousa Felipe, 22 anos, Jalperaz do Espírito Santo Rocha Júnior, 17 anos e Gabriela Oliveira Rocha, 22 anos. A autoria e motivação oficial do crime ainda não foram divulgadas.

cortada 1Foto: Reprodução

Segundo populares, no veículo estava o traficante, homicida e ex-interno do CPTF, Jalperaz do Espírito Santo Rocha, o vulgo “Soca” ou “Coroa”, líder do tráfico em Prado, Alcobaça, Caravelas e com ligações em Teixeira de Freitas e no Espírito Santo. Jalperaz, o “Soca”, havia deixado o Conjunto Penal de Teixeira de Freitas, na tarde desta terça-feira, e seguia no veículo, juntamente com sua esposa Dilma Maria dos Santos Oliveira Rocha, 40 anos de idade, seus filhos Jalperaz do Espírito Santo Rocha Junior, 17 anos de idade, natural de Alcobaça e Gabriela Oliveira Rocha, 22 anos de idade, que estava grávida. O veículo era conduzido pelo genro de Soca, Alan Cláudio de Sousa Felipe, 22 anos de idade. Os corpos ficaram crivados de tiros, assim como o veículo, que ficou completamente destruído

Facebooktwittergoogle_plusredditpinterestlinkedinmail

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *