Arquivos da categoria: Segurança

Com indícios de falha no trem de pouso, avião aterrissa no Aeroporto JK

Piloto da Latam alegou problema no trem de pouso. No entanto, não houve necessidade de atuação do Corpo de Bombeiros e passageiros desembarcaram normalmente

PS Philipe Santos – Especial para o Correio

Não houve impacto na operação do aeroporto
(foto: Ed Alves/CB/D.A. Press)

Após apresentar problemas no trem de pouso, o piloto de um avião da companhia aérea Latam acionou o terminal avisando que precisaria fazer um pouso de emergência no Aeroporto Internacional de Brasília nesta sexta-feira (15/3). O Corpo de Bombeiros foi chamado para que quaisquer procedimentos de emergência necessários pudessem ocorrer. A companhia informou, no entanto, que o pouso ocorreu dentro da normalidade.

“Após o pouso, não houve necessidade de atuação do Corpo de Bombeiros e impactos na operação do aeroporto e da companhia”, afirmou, em nota. Ainda segundo a Latam, o avião pousou “em total segurança no destino às 11h14 e os passageiros desembarcaram normalmente”. O voo era o LA3230 e saiu de Vitória (ES).

A Inframerica, administradora do aeroporto, disse que prestou todo o apoio necessário para a empresa e que a aeronave foi rebocada pela companhia aérea. Ainda segundo a concessionária, não houve impacto na operação do aeroporto e os pousos e decolagens ocorreram normalmente.

No último dia 7, outro avião da Latam, que saía de Brasília com destino a Congonhas (SP), precisou voltar ao aeroporto JK após um pássaro entrar na turbina da aeronave. O voo 3711 abortou a viagem cerca de 30 minutos após a decolagem.

Jovem é detido após posts com ameaça de atentado semelhante ao de Suzano (SP) em escola na BA

Um jovem de 18 anos foi detido nesta sexta-feira (15) após fazer posts na internet com ameaça de atentado em uma escola de Teixeira de Freitas, no extremo sul da Bahia, semelhante ao ocorrido em Suzano (SP), que terminou com 10 mortos, na quarta-feira (13).

Segundo informações da Polícia Civil, o jovem, de prenome Marcos, colocou em seu perfil num aplicativo de mensagens e em outras redes sociais a informação de que o Centro Territorial de Educação Profissional da cidade “seria a próxima escola a ter um massacre”.

Conforme a polícia, os amigos dele, ao verem a mensagem, espalharam a notícia, o que gerou um pânico na cidade.

Depois disso, policiais militares descobriram onde o jovem morava, no bairro São Lourenço, e ele foi detido. A polícia informou que ele foi conduzido à delegacia por “suspeita de planejamento de ato terrorista em escola”

Ainda segundo a polícia, na delegacia, Marcos confessou ter produzido e divulgado o material com as ameaças à escola, mas alegou que se tratava de uma brincadeira. Ele pediu desculpas e, após o depoimento, foi liberado, segundo a polícia.

Conquista: Delegada Iara Gardênia destaca a importância da medida protetiva de urgência para mulheres vítimas de violência

Por Luciene Costa

Delegada de polícia Dra. Iara Gardênia Rocha Fernandes Louzada

– Há cinco anos à frente da Delegacia Especializada de Atendimento à Mulher em Vitória da Conquista, a Delegada Iara Gardênia Rocha Fernandes Louzada, tem acompanhado diversos casos de violência à mulher. “Como delegada, trabalho com a mulher que chega na DEAM humilhada, ultrajada, agredida psicologicamente, fisicamente, moralmente, sexualmente e patrimonialmente.

Por isso não fico presa apenas ao trabalho técnico de investigar, prender o agressor ou encaminhar pra Justiça representações. Tento sempre ir mais além. Atendo a mulher e faço com que ela creia que ela é forte que nós somos capazes de mudar os nossos destinos, que somos capazes de escrever a nossa própria história e que aquela mulher que ali chegou ela pode mudar completamente o destino dela”.

Na oportunidade, Dra. Iara Gardênia destacou a importância de uma ferramenta que agregou de forma significativa o seu trabalho. Trata-se da implantação da medida protetiva de urgência prevista na Lei Maria da Penha. “Conseguimos um avanço muito grande com a implantação do artigo 24 A da Lei 11.340/2006, que trata a respeito desta medida protetiva de urgência. A gente podia fazer muito pouco. A gente investigava o crime e quando não era um flagrante a gente representava pela prisão do agressor.

Com a implantação desse artigo, que é o descumprimento da medida protetiva de urgência, a mulher requer a medida, nós encaminhamos para a juíza da Vara Especializada e a partir da medida protetiva de urgência concedida à mulher podemos prender o agressor em flagrante se ele descumprir essa medida. Continue lendo Conquista: Delegada Iara Gardênia destaca a importância da medida protetiva de urgência para mulheres vítimas de violência

Justiça: Um milhão de casos de violência contra mulher esperam julgamento

Pelo menos um milhão de casos de violência contra a mulher aguardam julgamento do Poder Judiciário brasileiro. No ano passado, os tribunais do País contabilizaram 1.009.165 processos relativos a este tipo de crime pendentes de decisão, um aumento de 7% em relação ao ano anterior, quando o Conselho Nacional de Justiça contabilizou 946.541 casos.

Também aumentou no período o estoque de processos relacionados ao feminicídio sem julgamento: de 4.209 em 2017 para 4.461 em 2018. O número de sentenças que determinam a aplicação de medidas protetivas passou de 291.746 para 339.216 em dois anos. De acordo com a Veja, em março de 2015, o feminicídio passou a ser uma qualificadora do crime de homicídio, e incluído no rol dos crimes hediondos, como estupro, latrocínio e genocídio (Lei nº 13.104/2015).

O crime é classificado como “contra a mulher por razões da condição de sexo feminino” e envolvem a violência doméstica e familiar ou quando há discriminação à condição de mulher. Em números absolutos, o Tribunal de Justiça de São Paulo foi o que relatou mais casos de violência contra mulher pendentes no ano passado: 207.668.

A Justiça paulista também foi a que mais aplicou medidas protetivas: 90.092 em 2018. Já o tribunal de Minas Gerais tem o maior estoque do país de ações sobre feminicídio: 1.534.

Em termos proporcionais, o maior aumento de processos pendentes sobre violência doméstica foi registrado pela Justiça do Ceará, onde o número passou de 18.587 para 41.523 — um aumento de 123% de um ano para o outro. Na outra ponta, o melhor desempenho foi medido em Sergipe, que reduziu seu estoque de pendentes de 6.216 para 4.290.

Motorista é detido em blitz com R$ 61 mil na cueca e em carro

Foto: Divulgação/PM

Uma operação da Lei Seca flagrou um motorista com R$ 61 mil escondidos em uma caminhonete e na própria cueca que ele usava, ao ser abordado na Rodovia Emanuel Pinheiro (MT-251), em Cuiabá.

Segundo a Polícia Militar, a blitz foi feita na noite desse domingo (3) no km 16 da MT-251. De acordo com o G1, a operação prendeu dois motoristas embriagados e apreendeu 21 carros. O motorista dirigia uma Hilux onde foi localizado uma grande quantia em dinheiro. Ele estava com R$ 61 mil em dinheiro, além de um cheque de R$ 31,7 mil.

Antônio Edson Leão da Silva Ferreira Bravo, de 48 anos, foi levado à Polícia Civil. Os policiais encontraram o dinheiro embaixo do banco, no porta-luvas, no porta-treco, em meio os bancos do veículo e na cueca do motorista. Ao ser interrogado, Antônio explicou que era fazendeiro e tinha muitos funcionários, mas não soube explicar a origem do dinheiro e foi detido.

Mais de 500 mulheres são agredidas por hora no Brasil, revela pesquisa

Levantamento do Fórum Brasileiro de Segurança Pública estima que mais de 16 milhões de mulheres, cerca de 27,35% das brasileiras, sofreram algum tipo de violência durante o ano passado. De acordo com a pesquisa, 536 mulheres são agredidas por hora no país, sendo que 177 sofrem espancamento.

A pesquisa do Instituto Datafolha ouviu 2.084 pessoas em 2018. Mais da metade (52%) das entrevistadas declarou que não procurou ajuda após as agressões; 15% falaram sobre o assunto com a família; 10% fizeram denúncia em delegacias da Mulher; 8% procuraram delegacias comuns; 8% procuraram a igreja e 5% ligaram para o telefone 190 da Polícia Militar.

A violência foi cometida, em 76,4% dos casos, por conhecidos, como cônjuge (23,9%), ex-cônjuge (15,2%), irmãos (4,9%), amigos (6,3%) e pais (7,2%).

Os números indicam que o grupo mais vulnerável está entre os 16 e os 24 anos, pois 66% das mulheres nessa faixa etária sofreram algum tipo de assédio. Na faixa dos 25 aos 34 anos, o índice é de 54% e, dos 35 aos 44 anos, de 33%.

O assédio, que, segundo a pesquisa, atingiu 37% das mulheres, aparece em forma de cantadas ou comentários desrespeitosos ao andar na rua (32%), cantadas ou comentários desrespeitosos no ambiente de trabalho (11,46%) e assédio físico no transporte público (7,78%).

Em casas noturnas, 6,24% das mulheres disseram que foram abordadas de maneira agressiva, com alguém tocando seu corpo; 5,02% foram agarradas ou beijadas à força e 3,34% relataram tentativas de abuso por estarem embriagadas.

Bebê de 8 meses é socorrida por policiais rodoviários após se afogar em balde

Uma bebê de 8 meses foi socorrida por policiais militares rodoviários após se afogar em um balde, na cidade de Camaçari, região metropolitana de Salvador. O atendimento ocorreu no Batalhão Rodoviário (BPRv) do distrito de Arembepe. Os pais da menina procuraram o posto porque a família é de Minas Gerais e não conhecia a região.

De acordo com a Secretaria da Segurança Pública da Bahia (SSP-BA), a bebê chegou no local desfalecida e com a face roxeada. A menina tinha se afogado na casa onde a família, que passa férias na Bahia, estava, no distrito de Monte Gordo. Os pais levaram a garota ao batalhão de carro. Não há detalhes de como ocorreu o afogamento.

Ao chegar na unidade, a menina recebeu primeiros socorros de três soldados, identificados como Robson Azevedo, Francisco Santa Rita e Fábio Sena. Em seguida, a família foi levada para a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) de Arembepe. Segundo o G1, após ser atendida na unidade, a bebê foi transferida para o Hospital Geral de Camaçari (HGC), onde recebeu mais cuidados médicos e, conforme a SSP, já está fora de perigo.

“Graças a Deus e ao trabalho de nossos policiais conseguimos reanimá-la e estabilizá-la até que chegasse a UPA. O pai da menina está lá no hospital com ela, que está fazendo alguns exames, e deixamos uma viatura de prontidão para apoiá-los”, explicou o tenente Rafael Nabuco, comandante do 2º Pelotão da 1ª Companhia.

Operação da PF erradica 23 mil pés de maconha em municípios do norte baiano

Foto: Divulgação / Polícia Federal

A Polícia Federal (PF) localizou e erradicou 23 mil pés de maconha durante a Operação Facheiro I, realizada entre os dias 14 e 21 de fevereiro, em municípios localizados na região norte da Bahia.

Os plantios foram encontrados nos municípios de Curaçá, Várzea Nova, Xique-Xique e Pilão Arcado. De acordo com estudos científicos realizados pelo Instituto Nacional de Criminalística da PF, a quantidade de maconha erradicada nesta operação seria capaz de produzir aproximadamente sete toneladas da droga pronta para o consumo.

A operação foi coordenada pela Delegacia de Polícia Federal em Juazeiro/BA, com a participação de equipes de aviação operacional da própria PF e da Polícia Militar do Distrito Federal, do Exército Brasileiro, das Polícias Militar e Civil e do Corpo de Bombeiros da Bahia. De acordo com a polícia, cerca de 70 policiais participaram da ação.

Polícia: PF e PRF cumprem 12 mandados de prisão durante Operação “Feira Livre”

As Polícias Federal (PF) e Rodoviária Federal (PRF) prenderam 12 pessoas, na manhã desta quinta-feira (14), durante a operação “Feira Livre”. Segundo a PR, um foi preso em Salvador, oito em Feira, dois em Santa Rita (PB) e um em Sumaré (SP). A ação é para desarticular uma associação criminosa, radicada em Feira de Santana, que praticava furto e receptação de mercadorias.

Trata-se de um desdobramento da Operação “Transbordo”, deflagrada pelas Polícias Federal e Rodoviária Federal de Alagoas em julho de 2018, ocasião em que foram cumpridos mais de 170 mandados judicias em vários estados, inclusive 38 na Bahia.

Durante a investigação, constatou-se que a atuação da quadrilha era baseada no aliciamento de caminhoneiros, através de vantagem financeira, para que realizassem o desvio, total ou parcial, da carga transportada. Estima-se um prejuízo de milhões de reais em mercadorias desviadas.

Os motoristas de transporte de carga eram aliciados e forjavam uma situação de roubo da mercadoria ou escoavam parte da carga. Havia também os receptadores para a aquisição e posterior comercialização das mercadorias subtraídas, que figuravam como intermediários entre o núcleo da quadrilha e pequenos comerciantes estabelecidos na cidade de Feira de Santana.

Foram cumpridos mandados de prisão e mandados de busca nas cidades de Feira de Santana e Salvador, na Bahia; Santa Rita, na Paraíba; e São Paulo, Guarulhos, Mogi das Cruzes e Sumaré, no Estado de São Paulo. Além disso, foi determinado o bloqueio das contas dos principais investigados. Todas as medidas foram expedidas pela 2ª Vara Criminal da Comarca de Feira de Santana.

Operação da PF desarticula esquema que beneficiava mineradoras na Bahia

Mário Bittencourt, Especial para O Estado Foto: Divulgação

Uma operação da Polícia Federal realizada nesta segunda-feira, 28, desarticulou um suposto esquema de corrupção dentro da gerência regional da Agência Nacional de Mineração (ANM) na Bahia que beneficiava mineradoras.

Seis funcionários do órgão, entre eles o gerente regional Cláudio da Cruz Lima, que atuava na chefia de fiscalização da ANM na Bahia, e outros dois servidores que o antecederam no cargo, foram afastados de suas respectivas funções por determinação da 17ª Vara Federal de Salvador.

Segundo a PF, eles recebiam vantagens indevidas para priorizar o andamento de processos administrativos e até mesmo para modificar decisões contrárias aos interesses de empresários que se dispunham a efetuar esses pagamentos ilícitos.

Os indícios apontam, ainda, que os dirigentes do órgão atuavam para beneficiar empresários ligados ao grupo político responsável por sua indicação para o cargo. Sessenta policiais cumpriram 22 mandados de busca e apreensão em Salvador e Lauro de Freitas, na região metropolitana. Continue lendo Operação da PF desarticula esquema que beneficiava mineradoras na Bahia