Arquivos da categoria: Saúde Pública

A cidade de Vitória da Conquista possui 8 médicos cubanos do Programa Mais Médicos.

Na Bahia a cidade com maior número de médicos cubanos em atuação é Teixeira de Freitas com 17 profissionais de Cuba.

A Sesab informa que o segundo maior número de cubanos está na cidade de Euclides da Cunha, onde 16 cubanos atuam. Entre as dez cidades com maior número de cubanos, está Serrinha (9), Jacobina (9), Feira de Santana (9), Vitória da Conquista (8), Uauá (8), Remanso (8), Monte Santo (8) e Macaúbas (8).

A Bahia tem 1.522 médicos do Programa Mais Médicos, que estão em 363 atuando em municípios. Deste total, 846 são cubanos. A Bahia é segundo estado com maior número de cubanos. São Paulo lidera com o maior número.

O Programa vai continuar e o Ministério da Saúde fará ainda neste mês seleção para substituição dos profissionais.

Saída de Cuba do Mais Médicos pode afetar 28 milhões, dizem municípios

Foto: Reprodução/TV Globo

A Confederação Nacional dos Municípios (CNM) divulgou uma nota nesta quinta-feira (15) na qual informou que a saída de cubanos do programa Mais Médicos afetará 28 milhões de pessoas. Nesta quarta (14), o presidente eleito Jair Bolsonaro informou que o governo cubano decidiu deixar o programa por não concordar com testes de capacidade.

O Ministério de Saúde Pública de Cuba, contudo, informou ter tomado a decisão em razão de “declarações ameaçadoras e depreciativas” de Bolsonaro. Em agosto, ainda em campanha, Bolsonaro declarou que “expulsaria” os médicos cubanos do Brasil. “O valor do Programa Mais Médicos (PMM), ecoado nos diversos cantos do Brasil, demonstrou ser uma das principais conquistas do movimento municipalista frente à dificuldade de realizar a atenção básica, com a interiorização e a fixação de profissionais médicos em regiões onde há escassez ou ausência desses profissionais”, afirmou a CNM em nota.

“Entre os 1.575 Municípios que possuem somente médico cubano do programa, 80% possuem menos de 20 mil habitantes. Dessa forma, a saída desses médicos sem a garantia de outros profissionais pode gerar a desassistência básica de saúde a mais de 28 milhões de pessoas”, acrescentou a entidade.

Cuba abandona Mais Médicos após declarações de Bolsonaro

Foto: TV Verdes Mares – Médicos Cubanos deixando o Brasil

O governo de Cuba informou nesta quarta-feira (14) que está saindo do programa Mais Médicos devido às declarações “ameaçadoras e depreciativas” do presidente eleito Jair Bolsonaro, que anunciou mudanças “inaceitáveis” ao projeto governamental.

O país caribenho tomou a decisão de solicitar o retorno dos mais de 11 mil médicos cubanos que trabalham atualmente no Brasil depois que Bolsonaro questionou a preparação dos especialistas, condicionou sua permanência no programa “à revalidação do diploma” e impôs “como via única a contratação individual”.

“Diante desta lamentável realidade, o Ministério da Saúde Pública (Minsap) de Cuba tomou a decisão de não continuar participando do programa ‘Mais Médicos’ e assim o comunicou à diretora da OPS (Organização Pan-Americana da Saúde) e aos líderes políticos brasileiros que fundaram e defenderam esta iniciativa”, anunciou a entidade em comunicado.

O presidente eleito Jair Bolsonaro manifestou-se pelo Twitter. “Condicionamos à continuidade do programa Mais Médicos a aplicação de teste de capacidade, salário integral aos profissionais cubanos, hoje maior parte destinados à ditadura, e a liberdade para trazerem suas famílias. Infelizmente, Cuba não aceitou”.

Adab apreende 620 kg de carne clandestina em açougue na cidade de Caetité

Com o apoio da Polícia Militar, a Agência de Defesa Agropecuária da Bahia (Adab) apreendeu 620 kg de carne clandestina na cidade de Caetité, a 100 km de Brumado. Os produtos foram localizados em um açougue, no mercado de carnes, no domingo (11).

Segundo informações obtidas pelo site Achei Sudoeste, as carnes estavam armazenadas no açougue em local exposto a bichos, sem selo de fiscalização e sem atender as normas sanitárias. O dono da mercadoria foi autuado em flagrante pelos fiscais e pagará uma multa. Toda a carne foi incinerada. A Adab informou que essas ações de controle estão sendo realizadas constantemente na região.

Caculé: Criança supera câncer no rim e diz que o segredo é acreditar em Deus

Foto: Caetano Augusto/Sertão em Dia

Após um ano de tratamento em Salvador, a pequena Bianca Alves Carvalho, natural da cidade de Caculé, a 50 km de Condeúba, venceu um câncer no rim direito. Com muita vontade de ser curada, Bianca passou por várias sessões de quimioterapia. Apesar dos momentos difíceis, ela sempre demonstrou muita força e coragem.

No dia 28 de setembro do ano passado, ela foi submetida a uma cirurgia, ocorrida no Hospital Martagão Gesteira, com o apoio da população e demais órgãos públicos do município de Caculé. Bianca diz que tem dois motivos para comemorar: a cura da doença e a aprovação na escola.

De acordo com o Sertão em Dia, ela conseguiu concluir a quarta série – devido ao tratamento, ela interrompeu os estudos em agosto de 2017. Em 2019, a pequena cursará a sexta série do ensino fundamental. “Não fique triste quando você tiver doente, Deus está com todos nós, sempre tem pessoas que vão nos ajudar, meus colegas e professores me ajudaram a superar”, disse.

Falso médico é preso pela polícia civil na UPA em Tanhaçu

Foto: Lay Amorim/Achei Sudoeste

O jovem Saullo Emídio de Almeida, de 27 anos, foi preso na noite da última sexta-feira (09), na cidade de Tanhaçu, a 74 km de Brumado, exercendo ilegalmente a profissão de médico. Segundo informou a polícia civil ao site Achei Sudoeste, Saullo foi preso na Unidade de Pronto Atendimento (UPA) pelo delegado Edson Souza.

Ele concluiu no ano passado o curso de medicina, porém, por ter se formado na Bolívia, precisava ser aprovado no Exame Nacional de Revalidação de Diplomas Médicos Expedidos por Instituições de Educação Superior Estrangeira, conhecido como Revalida.

Como não foi aprovado no Revalida, Saullo não possuía habilitação para exercer tal atividade no Brasil, o que o levou a utilizar irregularmente o nome e o CRM de outro médico devidamente habilitado. Almeida foi autuado pela prática dos crimes de falsidade ideológica e exercício ilegal da medicina e permanecerá custodiado na carceragem da referida unidade policial até ulterior deliberação judicial.

Sesab abre processo seletivo com 244 vagas para residência em áreas da saúde

Estão abertas até 25 de novembro as inscrições do processo seletivo unificado para ingresso nos programas de residência em área profissional da saúde, da Secretaria da Saúde da Bahia (Sesab). Ao todo, serão 244 vagas, com bolsa de R$ 3.330,43.

As vagas serão destinadas para as áreas de Enfermagem, Farmácia, Fisioterapia, Fonoaudiologia, Nutrição, Odontologia, Serviço Social, Psicologia, Medicina Veterinária, Bacharel em Educação Física, Terapia Ocupacional e Bacharel em Saúde Coletiva. As inscrições são feitas através do site do órgão (saude.ba.gov.br). A taxa de inscrição custa R$ 109.

A carga horária dos Programas de Residência será de 60 horas semanais. A duração do programa será de dois anos, com exceção do programa de Cirurgia e Traumatologia Bucomaxilofacial, que será desenvolvido no período de três anos.

A prova objetiva será aplicada no dia 6 de janeiro de 2019, e contará com 50 questões de múltipla escolha. O resultado final será divulgado no dia 14 de fevereiro. O início das atividades dos programas está previsto para 1º de março de 2019. (Foto: Ares Soares/Unifor – Portal G1/BA).
Por Vinny Publicidade às 16:06

Outubro Rosa: Época de prevenção e combate ao câncer de mama

Por Thiago Braga

A campanha Outubro Rosa marca um período importante de mobilização social. Cumpre o papel de reeducar mulheres para exames de mama. Em vista disso, a proposta ilustra um trabalho voltado à prevenção do câncer de colo de útero. Nesse ponto, visa assegurar a saúde feminina para que não haja nenhum tipo de problema futuro. Assim, o mês de outubro é dedicado à “elas”, gestantes ou não, numa atenção especial que gera resultados: bem estar, vida saudável e aconchego.

O teste de mamografia é gratuito. Rápido, simples e seguro. Sem longa fila de espera ou limite de vagas. Lembrando que o exame é ofererecido na rede pública de saúde e entidades conveniadas. Um pequeno laço branco representa esta ação social. O projeto seduz pelo fundo moral. Toda mulher sonha em ser mãe. Há gravidez na adolescência, juventude e idade madura. Isto requer orientação, apoio e acompanhamento médico, nunca tardio, mas proficiente. Em boa hora, o “Outubro Rosa” traz gama de informações à luz da cura.

É saudável tirar um cochilo à tarde? Não, diz a ciência

 

Foto: iStock

Você é uma daquelas pessoas que após o almoço gosta de tirar um cochilo e caso não consiga dormir um pouquinho durante à tarde passa o resto do dia com a sensação de sonolência? Segundo especialistas, isso pode ser um indicador de problemas de saúde, como estresse e insônia. “Dormir durante o dia é um indicador precoce de problemas de saúde subjacentes”, alertou Yue Leng, da Universidade de Cambridge, no Reino Unido, à revista Time Health. No entanto, antes do diagnóstico é preciso observar alguns sinais, como quanto tempo duram os cochilos e como o indivíduo se sente ao acordar.

Em entrevista a revista Men’s Health, Michael Grandner, diretor do Programa de Pesquisa do Sono e Saúde no Universidade do Arizona, nos Estados Unidos, 60 minutos ou mais de soneca durante o dia é um sinal de que há algo errado com a sua rotina de sono ou com a sua saúde. É comum tentar compensar uma noite mal dormida com um período de descanso durante a tarde, mas o especialista indica que essa compensação não deve se tornar um hábito diário, especialmente se ao acordar o indivíduo se sente tonto e mais cansado.

A inércia do sono, como é conhecida esta desorientação, é uma alerta do corpo para anunciar que não está pronto para acordar completamente já que o tempo de descanso não foi o suficiente para recarregar as energias. Além disso, um estudo publicado no American Journal of Epidemiology em 2014 mostrou que as sestas estão associadas ao um risco 32% maior na mortalidade. Mas vale lembrar que não é o hábito de dormir que aumenta o risco e sim a causa que está levando a pessoa a se sentir tão cansada nos períodos diurnos.

Brasil fecha 40 mil leitos em dez anos, aponta pesquisa CNM

Foto: Lay Amorim/Achei Sudoeste

Um levantamento feito pela Confederação Nacional dos Municípios (CNM) aponta que em dez anos o Brasil perdeu 40 mil leitos. Sendo que 23.091 leitos hospitalares são da rede pública, o que representa seis vagas fechadas por dia. A redução de leitos atingiu principalmente a pediatria e a obstetrícia de hospitais públicos.

De acordo com dados do estudo, é importante destacar os diferentes comportamentos na comparação quantitativa separadas em dois grupos: leitos SUS e não SUS. Enquanto o primeiro teve mais fechamentos que habilitações, o segundo grupo mostrou um aumento de aproximadamente 18.300 unidades. Isso significa que os leitos públicos diminuíram mais drasticamente, o que leva ao resultado global de perda de unidades.

A taxa ideal de leitos é entre 2,5 e 3 leitos para cada mil habitantes, segundo Ministério da Saúde. A média nacional é de 2,1 leitos por mil habitantes. No entanto, enquanto os leitos da rede pública têm apresentado redução, os da rede privada aumentaram em 18,3 mil unidades.