Arquivos da categoria: Saúde Pública

SUS deve garantir plástica de lábio leporino e tratamento pós-cirúrgico, decide CAE

Foi aprovado pela Comissão de Assuntos Econômicos (CAE), na última terça-feira (10), o parecer favorável a um projeto de lei que obriga o Sistema Único de Saúde (SUS) a realizar cirurgia plástica reconstrutiva de lábio leporino ou fenda palatina. O texto segue agora para análise da Comissão de Assuntos Sociais (CAS).

O PL 3.526/2019 estabelece que o SUS, por intermédio de sua rede de unidades públicas ou conveniadas, é obrigado a prestar serviço gratuito de cirurgia plástica reconstrutiva e de tratamento pós-cirúrgico, abrangendo as especialidades de fonoaudiologia, psicologia e ortodontia, bem como de outras intervenções necessárias para a recuperação integral do paciente.

ALERTA: Baianos com viagem marcada para São Paulo devem se vacinar contra o sarampo

Um alerta foi divulgado nesta terça-feira (3) pela Secretaria de Saúde do Estado da Bahia (Sesab), orientando que os baianos com viagens marcadas para São Paulo se vacinem contra o sarampo.

Segundo a Sesab, o alerta foi divulgado pelo fato do estado paulista concentrar 99% dos casos confirmados de sarampo no Brasil. A medida foca nos viajantes que nunca foram imunizados ou que tenham esquema vacinal incompleto, principalmente crianças.

Além disso, a secretaria ainda orienta que os passageiros que retornaram nos últimos 30 dias do estado paulista ou de destinos internacionais com risco aumentado para o sarampo, caso apresentem febre e manchas vermelhas pelo corpo, acompanhado de tosse e/ou coriza e/ou conjuntivite, procurem uma unidade de saúde para atendimento imediato.

Ainda de acordo com a Sesab, o esquema de vacina por idade para o atual cenário epidemiológico, orientado pelo Ministério da Saúde, é o seguinte:

De 6 a 11 meses: A criança deve receber a dose zero da vacina Tríplice Viral, que protege contra sarampo, rubéola e caxumba
12 meses : 1ª dose da vacina Tríplice Viral
15 meses: 2ª dose da vacina Tríplice Viral
12 a 29 anos: Caso não tenha sido vacinado anteriormente, deve receber duas doses da vacina Tríplice Viral, com intervalo de 30 dias
30 a 49 anos: Caso não tenha sido vacinado anteriormente, deve receber uma dose da vacina Tríplice Viral

Adolescente fica cego ao exagerar no consumo de batata frita

Foto: iStock/Getty Images

Médicos e nutricionistas estão constantemente alertando para os perigos do consumo excessivo de fast food devido aos riscos de saúde relacionados à obesidade, colesterol e doenças cardiovasculares. Agora, um novo caso mostra que os perigos de uma alimentação com baixos níveis nutricionais são ainda mais preocupantes: um jovem britânico de 17 anos ficou cego depois de passar quase 10 anos sem ingerir frutas e vegetais.

As refeições do rapaz, que não teve o nome revelado, eram baseadas em chips de batata, batata frita convencional e pão branco – às vezes, ele comia fatias de presunto ou salsicha. De acordo com a equipe do Bristol Eye Hospital, no Reino Unido, que atende o caso do jovem, a alimentação inadequada levou-o a desenvolver neuropatia óptica nutricional, condição geralmente provocada pela falta de vitamina B12.

A deficiência nutricional já havia sido detectada quando ele tinha 14 anos e foi levado ao médico pela primeira vez devido às constantes reclamações de cansaço. Os exames indicaram anemia com baixos níveis da vitamina. Diante dos resultados, o médico prescreveu injeções de vitamina B12 e aconselhou o adolescente a melhorar a dieta.

O relatório do caso, publicado no periódico Annals of Internal Medicine, indica que mesmo com a suplementação, a situação do rapaz continuou a piorar porque ele não conseguiu melhorar a alimentação. De acordo com os pais do garoto, desde criança ele tinha o paladar muito exigente e não aceitava comer uma série de alimentos.

“Ele explicava [esse comportamento] como uma aversão a certas texturas de comida que ele não conseguia tolerar, e, portanto, as batatas fritas e chips eram realmente os únicos tipos de alimento de que ele tinha vontade e achava que podia comer”, explicou Denize Atan, médica que cuidou do jovem, à BBC.

Condeúba: Entidades Públicas dá o grito de “Chega de Violência contra a Mulher!!!”

Por Mariana Penides

 Coordenadora da PSE – Tatiana Souza, Coordenadora Mariana Penides e equipe CREAS, Presidente do Conselho da Mulher e Coordenadora do Programa Criança Feliz Elenita Duarte.

A Prefeitura Municipal através da Secretaria Municipal de Assistência Social, pelo Centro de Referência Especializado de assistência Social – CREAS realizou dia 30 de agosto de 2019, na praça da feira, o Dia de conscientização pelo fim da Violência contra a Mulher. Ação em parceria com a Secretaria Municipal de Saúde através do Núcleo de Apoio à Saúde da Família – NASF. Continue lendo Condeúba: Entidades Públicas dá o grito de “Chega de Violência contra a Mulher!!!”

Câncer: Cera de ouvido ajudaria em diagnóstico

Foto: Reprodução/TV Anhanguera

Pesquisadores da Universidade Federal de Goiás (UFG) descobriram que a cera produzida no ouvido é capaz de ajudar no diagnóstico do câncer. A pesquisa do laboratório de Química da universidade identificou 27 substâncias que, se estiverem presentes na cera do ouvido, indicam a existência de câncer em alguma parte do corpo. Ao todo, 102 voluntários participaram do estudo.

Com amostras do tamanho de um grão de arroz foi possível, segundo os pesquisadores, identificar quem estava doente. A ideia dos estudiosos é que, por ser simples, a análise da cera de ouvido se torne tão comum quanto um exame de sangue usado pra detectar problemas de saúde. A descoberta, chamada de uma Nova Fronteira no Diagnóstico de Câncer em Humanos, foi publicada em uma das mais importantes revistas especializadas do mundo, a Scientific Reports.

“A cera tem uma ação anti-bactericida, de proteção da região e tem ação para proteger da entrada de corpos estranhos”, disse a médica e professora da UFG, Melissa Avelino. A pesquisa apontou que que além de ser uma barreira, a cera também carrega informações importantes sobre o corpo humano. “A cera é um produto de secreção que concentra aquilo que é uma impressão digital do que as nossas células produzem, então, quando a cera é produzida, ela tem ali componentes que podem ter sido produzidos por células saudáveis e por células cancerosas”, disse o coordenador da pesquisa, Nelson Antoniosi.

Com a pesquisa, em cinco horas é possível verificar se o paciente tem ou não câncer. O estudo também revelou que o exame é capaz de detectar a doença ainda no estágio inicial, o que aumenta a chance de cura. O Instituto Nacional do Câncer (Inca) estima que o número de novos casos da doença no Brasil chegue a 580 mil até o fim do ano.

Brasileiro ainda sabe pouco sobre depressão, revela Ibope

Foto: iStock/Getty Images

Há algum tempo a depressão está sendo considerada o “mal do século”. No Brasil, a doença atinge 5,8% da população – taxa que está acima da média global (4,4%), segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS). Apesar de o assunto ser cada vez mais abordado, ainda há muita desinformação a respeito da depressão e as pessoas sentem vergonha de falar sobre o assunto.

A questão é tabu inclusive entre os mais jovens – população cuja taxa de suicídio vem aumentando nos últimos anos. Novos dados revelam que 23% dos adolescentes entre 13 e 17 anos enxergam o transtorno mental como um “momento de tristeza” e não uma doença grave, revela pesquisa realizada pelo Ibope.

“Doenças psiquiátricas ainda são um tabu muito grande. Por isso as pessoas tentam ‘fugir’ da questão ao associá-la a problemas simples, pois são mais fáceis de encarar”, explica o psicólogo André Garcia. O levantamento ainda mostrou que, na mesma faixa etária, 39% dos adolescentes afirmaram que, caso recebessem o diagnóstico de depressão, não revelariam para familiares. O porcentual foi mais alto do que a taxa média verificada entre todas as idades (22%). Continue lendo Brasileiro ainda sabe pouco sobre depressão, revela Ibope

São Paulo registra primeira morte por sarampo

Foto: iStock

Nesta quarta-feira (28), a Secretaria Estadual da Saúde confirmou a primeira morte por sarampo na capital. Esse é também o primeiro óbito registrado pela doença em todo o estado de São Paulo. A vítima é um homem de 42 anos, sem registro de imunização. De acordo com o último balanço divulgado pela Secretaria Estadual da Saúde, o estado tem 2.457 casos da doença.

A maior parte deles (66%) se concentram na capital paulista, o que equivale a 1.637 pessoas contaminadas pela doença. De acordo com a Veja, diante do surto, a prefeitura de São Paulo decidiu prorrogar a campanha de vacinação contra sarampo para jovens de 15 a 29 anos e bebês de 6 meses a um ano de idade até o dia 31 de agosto. A recomendação é de que todas as pessoas incluídas nesses grupos se imunizem, independentemente de já terem tomado as duas doses da vacina anteriormente.

Relacionamentos ruins agravam os sintomas da menopausa

Foto: Thinkstock/Veja

O período da menopausa é extremamente desconfortável para a maioria das mulheres, especialmente por causa dos sintomas, que incluem ondas de calor, distúrbios do sono e secura vaginal. Por isso, nesta fase da vida, a mulher necessita de apoio emocional, especialmente das pessoas mais próximas, como familiares e amigos.

Aliás, a falta de suporte pode até mesmo agravar os sintomas da menopausa, segundo estudo publicado esta semana no Journal of Epidemiology & Community Health. Entre os principais riscos aos quais as mulheres estão sujeitas na menopausa é o enfraquecimento ósseo, ocasionado pela queda nos níveis de estrogênio (hormônio feminino).

Segundo os pesquisadores, esse risco pode ser ainda maior quando a mulher mantém relacionamentos ruins, seja de amizade, familiar ou conjugal. Isso acontece porque essas relações causam stress que, por sua vez, altera os níveis hormonais, incluindo hormônios tireoidianos, do crescimento e glicocorticoides.

Todos esses hormônios interferem no funcionamento e manutenção do esqueleto. A equipe explica que essas alterações na densidade mineral óssea (DMO) colocam as mulheres em maior risco de sofrer fraturas ou desenvolver osteoporose. A pesquisa indica que as partes do esqueleto mais afetadas pelo stress são quadril, coluna lombar e fêmur.

Com base nos resultados, os cientistas recomendam que profissionais de saúde e familiares busquem criar medidas de intervenção para reduzir os níveis de stress da mulher e, assim, evitar problemas ósseos.

Poder público omisso dificulta combate ao abate e comercialização irregular de carne em Livramento

Foto: Lay Amorim/Achei Sudoeste

Em entrevista ao site Achei Sudoeste, o veterinário e fiscal da Agência de Defesa Agropecuária da Bahia (Adab), Clemente Fernandes, informou que o Mercado Municipal de Livramento de Nossa Senhora não oferece condições estruturais adequadas para comercialização de carne.

Segundo Fernandes, o poder público já tentou fechar o mercado para realização de uma reforma, porém os feirantes não aceitam. “Não podemos aceitar de jeito nenhum o que estamos acompanhando”, afirmou, se referindo à apreensão de carne em condições de comercialização irregulares no local.

Fernandes elogiou o trabalho de apoio da polícia militar e da vigilância sanitária nas ações da entidade na cidade, porém afirmou que o poder público tem sido omisso em sua atuação. “Infelizmente, o poder público fica castrado.

Ele quer fazer, mas ao mesmo tempo tem medo”, destacou. Nesse aspecto, Fernandes chamou a atenção para o fato de que a problemática está saindo da esfera sanitária para a esfera corretiva, inclusive com a presença do Ministério Público.

Feira Cidadã: Mais de 10 mil atendimentos gratuitos em serviços de saúde foram realizados em Caetité

Foto: Alberto Coutinho/GOVBA

A população que chegou ao Ginásio de Esportes do Colégio Modelo no município de Caetité, na quinta-feira (22), teve acesso a diversos atendimentos na área de saúde, proporcionados pela Feira Cidadã.

Promovida pela Secretaria de Saúde do Estado (Sesab) em parceria com as Voluntárias Sociais da Bahia (VSBA), a Feira segue na cidade até a segunda-feira (26), e oferece gratuitamente exames de oftalmologia, eletrocardiograma, ultrassonografia, odontologia, raio-X; rastreio para cirurgias de catarata, e triagem para cirurgias eletivas de hérnia inguinal, epigástrica e umbilical, mioma e histerectomia.

Na cidade, também é possível emitir 1ª e 2ª vias de Carteira de Identidade na unidade móvel do SAC. O coordenador da Feira Cidadã, Edvaldo Gomes, informa que essa é a 26ª edição do evento, que ajuda a desafogar os equipamentos de saúde dos municípios. “Somente em 2019 foram atendidas mais de 220 mil baianos. Apenas para Caetité, a expectativa é mais de dez mil atendimentos”.