Arquivos da categoria: Saúde Pública

Vitória da Conquista ganha serviço de alta complexidade em Oncologia pelo SUS

Será entregue, oficialmente, na próxima sexta-feira (28) a Unidade de Assistência de Alta Complexidade em Oncologia com Serviços de Radioterapia (Unacon) do Hospital Samur. A inauguração oficial dos serviços será realizada às 17 horas, na Câmara de Vereadores, com a presença da diretoria do Hospital Samur, do prefeito de Vitória da Conquista, Herzem Gusmão, demais autoridades civis, além de profissionais da saúde.

A Unidade foi credenciada pelo Ministério da Saúde no fim do ano passado e há cerca de um mês começou a realizar o atendimento. Os recursos do Governo Federal, destinados a esses serviços, somam R$ 8.318.908,80. De acordo com a prefeitura de Vitória da Conquista, com a Unacon, haverá a ampliação da assistência e tratamento dos pacientes com câncer da cidade a e de toda região pelo Sistema Único de Saúde (SUS), oferecendo também cirurgias oncológicas e leitos de UTI.

A Unacon possui modernos equipamentos e tecnologias, além de recursos humanos adequados à prestação de assistência especializada de alta complexidade para o diagnóstico definitivo e tratamento dos cânceres mais prevalentes na região. O novo sistema conta ainda com registro de pacientes por meio de prontuários digitalizados e armazenados na Internet, nas chamadas nuvens. Isso facilita o acesso aos dados de pacientes e acelera também o atendimento e encaminhamento dos casos.

Baleia Azul preocupa Governo Baiano, e Sesab lança campanha de esclarecimento

O jornal Correio da Bahia estampou neste 6ª feira (21) manchete de capa sobre preocupação dos pais da capital baiana sobre a Baleia Azul. Diz a manchete: Baleia Azul alarma os pais em Salvador.

A Sesab, Secretaria de Saúde da Bahia, determinou a adoção de medidas preventivas para proteger e orientar adolescentes em razão de suspeitas de tentativas de suicídio estimuladas pelo jogo virtual Baleia Azul.

Baleia Azul é um jogo que começou na Rússia, e o boato de que suicídios estariam relacionados a ele chegou ao Brasil este ano. A Polícia Federal, em Pernambuco, emitiu um comunicado para alertar pais e responsáveis sobre os riscos.

Bahia / Sesab
O secretário da saúde Fábio Vilas-Boas determinou a criação de uma força tarefa para investigar casos de jovens que procuraram assistência hospitalar nos últimos dias por conta de atos de automutilação e outros ferimentos. O secretário chama atenção para que os pais fiquem atentos a sinais que evidenciam a pratica que leva ao suicídio de muitos jovens. “A orientação aos pais e educadores dos jovens é que se registre a ocorrência, seja preservado o material (celular e/ou computador) e prestado atendimento médico imediato”, afirma e apela o secretário.

A Secretaria recomendou que hospitais, prontos socorros, unidades de saúde e demais serviços de atendimento médico na Bahia redobrem a atenção em situações de automutilação e uso inadequado de medicamentos por crianças e adolescentes. Confira os sinais de alerta indicados pela Sesab:

BAleia-Azul-768x1017

Cuba cancela envio de médicos para o Brasil; médicos não querem voltar

MAis-Mais-768x511O governo de Cuba suspendeu o envio para o Brasil de 710 profissionais treinados para trabalhar no Programa Mais Médicos. O grupo deveria desembarcar no País ainda neste mês. A decisão do governo cubano, comunicada ao Ministério da Saúde na terça-feira, 11, é reflexo do descontentamento com a grande quantidade de médicos que se recusam a voltar para Cuba, terminados os 3 anos de trabalho no programa. Há atualmente 88 profissionais que recorreram à Justiça para permanecer no Brasil e garantir o direito de continuar no programa do governo federal. Continue lendo Cuba cancela envio de médicos para o Brasil; médicos não querem voltar

Condeúba: Escola Tranquilino Torres em parceria com a Saúde realiza trabalho de conscientização sobre mosquito aedes aegypti

WhatsApp Image 2017-04-07 at 13.20.07

A voz da escola

A Escola Tranquilino Leovigildo Torres em parceria com a Saúde desenvolveu nessa sexta – feira (07.04) uma campanha de conscientização no combate ao Aedes aegypti, o mosquito transmissor da dengue, da chikungunya e do zika vírus.

A Escola Tranquilino mais uma vez se destacou dando uma aula de prevenção contra esse mosquito tão perigoso, assim, a instituição deixou bem claro quais as formas de combater e eliminar os focos de proliferação do mesmo.

Vale ressaltar que é importante uma ação conjunta para exterminá-lo, por isso, as pessoas precisam se unir por meio de ações de prevenção, sendo preciso zelar por um ambiente escolar e residencial, asseados e seguros.

Remédios terão reajuste de até 4,76% nos preços

remedios-56Foto: Reprodução

Os preços dos remédios poderão subir até 4,76%. Resolução da Câmara de Regulação do Mercado de Medicamentos (Cmed) fixou em 4,76% o reajuste máximo permitido aos fabricantes na definição dos preços dos medicamentos.

A decisão foi publicada no Diário Oficial da União. A regulação é válida para um universo de mais de 19 mil medicamentos disponíveis no mercado varejista brasileiro. Em 2016, o reajuste máximo autorizado foi de 12,5%. Em 2015, foi de 7,7%.

Em 2014, o reajuste foi de 5,68%. De acordo com o G1, o reajuste leva em conta o Índice de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) divulgado pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) em 10 de março de 2017, cuja taxa foi de 4,76% no período de março de 2016 a fevereiro de 2017.

O Ministério da Saúde informou que o reajuste é o menor registrado nos últimos 10 anos. Para este ano, o ajuste médio autorizado pela Câmara de Regulação do Mercado de Medicamentos ficou em 2,63%, valor abaixo da inflação acumulada de 4,76%.

Em Brasília, prefeito de Caculé assegura mais de R$ 600 mil para infraestrutura e saúde

cacule-beto-maradona-brumado-noticias-73                                                    Foto: Lay Amorim/Brumado Notícias

Na última semana, o prefeito de Caculé, José Roberto Neves (DEM), o Beto Maradona, assegurou R$ 610 mil para serem investidos na infraestrutura e na saúde. As verbas serão oriundas de emenda parlamentar e já estão no Orçamento Geral da União (OGU) deste ano.

Da quantia, R$ 310 mil será destinado para apoio a projetos de infraestrutura urbana e R$ 300 mil para estruturação da rede de atenção especializada à saúde. Para o gestor municipal, os avanços em Caculé não param e o apoio do Governo Federal é de fundamental importância para alavancar o crescimento da cidade. “Já garantimos esses recursos e vamos em busca de novos investimentos para que o município continue progredindo”, disse.

Polícia Federal deflagra ação contra a venda ilegal de carnes

operacao-policia-federal-84 Foto: Custódio Coimbra/Agência O Globo

A Polícia Federal (PF) cumpriu, nessa sexta-feira (17), 309 mandados judiciais em sete estados do Brasil. Entre eles, o Paraná. A operação, batizada de “Carne Fraca”, apura o envolvimento de fiscais do Ministério da Agricultura Pecuária e Abastecimento (Mapa) em um esquema de liberação de licenças e fiscalização irregular de frigoríficos.

Diversos fiscais do Mapa foram presos. Segundo a polícia, a operação é a maior operação já realizada pela Polícia Federal no país. As investigações chegaram às principais empresas do setor, como a BRF Brasil e a JBS.

Segundo as investigações, o esquema no Paraná era comandado pelo superintendente regional do Mapa, Daniel Gonçalves Filho, e pela chefe do Departamento de Inspeção de Produtos de Origem Animal (Dipoa), Maria do Rocio Nascimento, que trabalham em Curitiba. Há, ainda, ramificações em Londrina, no norte do estado, e em Foz do Iguaçu, na região oeste do Paraná. As informações são do G1.

Campinas: Hospital da Unicamp bate recorde de transplantes em 2016

transplante-unicamp-78Foto: Reprodução/EPTV

O Hospital de Clínicas (HC) da Universidade Estadual de Campinas (Unicamp) atingiu 351 transplantes em 2016 e bateu o recorde da unidade médica desde 1984, quando o procedimento começou a ser feito. Segundo o HC, a unidade está entre os dez hospitais que mais realizam transplantes no Brasil e é o que mais executa procedimentos deste tipo no estado de São Paulo.

De acordo com a instituição, com o número de cirurgias do ano passado, o hospital chegou a um total de 6,2 mil processos de transplantação de órgãos e tecidos realizados na unidade médica. Ainda segundo o hospital, o tipo de transplante mais comum em 2016 foi o renal (136 processos), seguido de córnea (123) e cardíaco (8).

Dos dez tipos de órgãos e tecidos que podem ser transplantados, o HC da Unicamp não realiza os de intestino, valva cardíaca, além de ossos e pulmões. Segundo o G1, entre os órgãos que podem ser doados, o coração e o pulmão são os que têm menos de preservação (de 4 a 6 horas).

Já fígado e pâncreas tem tempo máximo de 12 a 24 horas, enquanto os rins podem levar até 48 horas para serem transplantados. Por fim, as córneas e os ossos permanecem em boas condições por até sete e cinco dias, respectivamente

Novas ambulâncias reforçam a Saúde em 78 municípios baianos

ambulancia1(Fotos: Manu Dias/GOVBA)

Mais 78 municípios do interior do estado receberam, na manhã desta quarta-feira (15), reforço na saúde, com a entrega de 78 novas ambulâncias para cidades como Maragogipe (Recôncavo), Ubaíra (centro sul), Conceição do Coité, Aporá e Serrinha (nordeste). Com um investimento de cerca de R$ 6,2 milhões, o Governo do Estado envia apoio para os baianos que precisam ter acesso à saúde em localidades vizinhas ou ainda serem encaminhados pela regulação para grandes centros como Salvador e região metropolitana. A ação representa mais qualidade e rapidez nos atendimentos aos baianos que necessitem dos serviços de saúde.ambulancia782As 78 novas ambulâncias representam um investimento de mais de R$ 6 milhões.
(Fotos: Manu Dias/GOVBA).

A entrega das ambulâncias foi feita pelo governador Rui Costa, acompanhado do secretário da Saúde do Estado, Fábio Vilas-Boas, e dos deputados estaduais responsáveis pelas emendas parlamentares que captaram as ambulâncias, no prédio da Governadoria, no Centro Administrativo da Bahia (CAB), em Salvador. Para receber os novos equipamentos, prefeitos do interior, acompanhados de secretários municipais de Saúde, vieram à capital receber as chaves. Para o gestor de Nova Soure, Cassinho, o equipamento atende a necessidade do município, que antes não tinha ambulância.ambulancias78Durante a entrega das chaves aos prefeitos, Rui enfatizou a prioridades com a Saúde e a Segurança.

“Estávamos contando com a ajuda de cidades vizinhas, distantes cerca de 20 quilômetros, para emprestar a ambulância. Agora não. Tenho certeza que vamos atender com mais rapidez, mais segurança e com maior conforto a população. Estamos muito felizes por essa conquista, que vai melhorar a qualidade de vida do povo do interior”, disse o prefeito.

Para o governador, a Saúde e a Segurança têm sido prioridades de governo. Nesse sentido, este e outros investimentos vêm fortalecer esses setores com novos equipamentos. “Além desta, este ano já realizamos uma entrega, e vamos, em abril, levar mais ambulâncias para outros municípios. Temos investido não só em novas ambulâncias, mas também no reforço da frota de novas viaturas da Polícia Militar do interior”.

Estas ambulâncias integram um total de 450 que serão entregues pelo Governo do Estado, sendo que 284 delas serão destinadas aos municípios do interior e outras 166 utilizadas na renovação da frota da Secretaria da Saúde do Estado (Sesab), incluindo a Central de Regulação.

Condeúba também foi contemplada com uma ambulância através de uma Emenda da Deputada Estadual Ângela Sousa PSD aliada do Governo Rui Costa.

Consórcios de Saúde

Ainda nesta quarta, o Governo do Estado anuncia outro reforço para a saúde no interior – a assinatura do protocolo de intenções para novos consórcios de saúde, com municípios das regiões de Alagoinhas e Camaçari. Na cerimônia, que acontece às 14h, no Salão de Atos da Governadoria, os consórcios estabelecem a implantação de duas novas policlínicas no interior do estado.

Repórter: Anna Larissa Falcão

Secretaria de Saúde da Bahia inicia distribuição de repelentes contra Aedes a municípios

repelente-81          Foto: Reprodução/TV Bahia

Após o atraso na entrega dos repelentes pelo Ministério da Saúde para gestantes beneficiárias do programa Bolsa Família na Bahia, a Secretaria de Saúde do Estado (Sesab) informou que deu início nesta quarta-feira (15) à distribuição para os municípios dos produtos contra o Aedes aegypti, pernilongos e outros mosquitos que também transmitem doenças.

De acordo com o G1, a entrega dos repelentes já tinha começado em outros estados do país desde fevereiro, mas só agora, a Bahia recebe o produto. Em todo o estado, 54 mil gestantes cadastradas no Bolsa Família têm direito a receber o produto.

Só este ano, a Sesab registrou 259 casos de dengue na Bahia, com quatro mortes, e quase 600 casos de chikungunya, com duas mortes. Outras 12 pessoas foram diagnosticadas com zika.

Além disso, a Bahia está entre os primeiros da lista no número de casos de microcefalia do Brasil, malformações em bebês causadas pela zika. Até dezembro do ano passado, 433 bebês foram diagnosticados com o problema no estado.