Arquivos da categoria: Internacional

OMS alerta sobre aumento de DST na era dos aplicativos de paquera

 

Foto: Thinkstock/Veja

Clamídia, gonorreia, sífilis e tricomoníase. Essas são as doenças sexualmente transmissíveis mais comuns, afetando uma em cada 25 pessoas no mundo, segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS). A entidade destacou que surgem mais de um milhão de novos casos diariamente.

Por ano, este número chega a 376 milhões. A faixa etária mais afetada por esse tipo de infecção está entre 15 e 49 anos. A OMS ainda alertou que um único indivíduo pode estar infectado por mais de uma DST ao mesmo tempo ou contrair várias ao longo do ano.

De acordo com a OMS, o motivo para números tão altos é a negligência no uso da camisinha, que deveria ser utilizada em todas as relações sexuais, especialmente com parceiros encontrados através de aplicativos de namoro ou em bares e baladas.

A falta do preservativo acontece porque o progresso da medicina na questão de tratamentos de infecções graves, como HIV, levam às pessoas a pensarem que, se não estão em risco de vida, não há necessidade de prevenção. No entanto, essas DSTs podem trazer inúmeras consequências para a saúdem como infertilidade, natimortos, gravidez ectópica e aumento do risco de HIV.

Segundo a Veja, além disso, os microrganismos que provocam estas doenças estão cada vez mais resistentes aos tratamentos. No ano passado, por exemplo, foram registrados alguns casos de ‘super gonorreia’ no Reino Unido e na Austrália.

“Com um aumento dos casos, podemos esperar que formas da gonorreia resistentes à medicação se tornem mais comuns em todo o mundo”, afirmou Tim Jinks, da Wellcome, uma organização de caridade no Reino Unido, à CNN.

Por causa disso, especialistas ressaltam a importância de promover a educação sexual e o uso de preservativos, melhorar a vigilância de DSTs e desenvolver formas de diagnóstico e tratamento mais eficazes.

MENSAGEM DO PAPA FRANCISCO PARA O LIII DIA MUNDIAL DAS COMUNICAÇÕES SOCIAIS (2 DE JUNHO DE 2019)

« “Somos membros uns dos outros” (Ef 4, 25): das comunidades de redes sociais à comunidade humana »

Desde quando se tornou possível dispor da internet, a Igreja tem sempre procurado que o seu uso sirva o encontro das pessoas e a solidariedade entre todos. Com esta Mensagem, gostaria de vos convidar uma vez mais a refletir sobre o fundamento e a importância do nosso ser-em-relação e descobrir, nos vastos desafios do atual panorama comunicativo, o desejo que o homem tem de não ficar encerrado na própria solidão.

As metáforas da «rede» e da «comunidade»

Hoje, o ambiente dos mass-media é tão invasivo que já não se consegue separar do círculo da vida quotidiana. A rede é um recurso do nosso tempo: uma fonte de conhecimentos e relações outrora impensáveis. Mas numerosos especialistas, a propósito das profundas transformações impressas pela tecnologia às lógicas da produção, circulação e fruição dos conteúdos, destacam também os riscos que ameaçam a busca e a partilha duma informação autêntica à escala global. Se é verdade que a internet constitui uma possibilidade extraordinária de acesso ao saber, verdade é também que se revelou como um dos locais mais expostos à desinformação e à distorção consciente e pilotada dos factos e relações interpessoais, a ponto de muitas vezes cair no descrédito. Continue lendo MENSAGEM DO PAPA FRANCISCO PARA O LIII DIA MUNDIAL DAS COMUNICAÇÕES SOCIAIS (2 DE JUNHO DE 2019)

Proibição de cigarro em locais públicos evitou a morte de 15 mil crianças no Brasil, diz Inca

Foto: Cheryl Holt/Pixabay

As medidas restritivas ao cigarro no Brasil evitaram a morte de 15 mil crianças entre 2000 e 2016. Os dados foram divulgados nesta sexta-feira (31), data escolhida pela Organização Mundial da Saúde (OMS) como “Dia Mundial sem Tabaco”. Este é o primeiro estudo que analisou o impacto na medida na saúde infantil brasileira – e também em um país em desenvolvimento.

O artigo é assinado pelo Instituto Nacional do Câncer (Inca), e por cientistas do Imperial College of London e do Centro Médico Erasmus da Holanda. Os autores reforçam a necessidade de a medida ser adotada por outros países – apenas 20% da população mundial está protegida por medidas públicas de controle ao fumo. Ainda no útero, a exposição do bebê às substâncias do cigarro pode causar problemas de desenvolvimento, um parto prematuro ou um nascimento com peso abaixo da média.

De acordo com o G1, os bebês também são afetados após o parto, com um maior risco de infecções respiratórias, asma e morte súbita. Para chegar aos resultados do estudo, os pesquisadores analisaram dados de todos os nascidos vivos, óbitos infantis e mortes neonatais no Brasil entre 2000 e 2016.

Dia Mundial sem Tabaco é comemorado nesta quinta-feira com alertas

Nesta quinta-feira (31/05), é celebrado o Dia Mundial sem Tabaco, data que visa conscientizar a sociedade sobre os males causados pelo consumo do cigarro. Este ano, a Organização Mundial da Saúde (OMS) escolheu o tema Tabaco e Doença Cardíaca para reforçar o alerta. A campanha destaca a ligação entre tabaco e doenças cardiovasculares, incluindo acidentes vasculares cerebrais, que, combinados, são as principais causas de morte do mundo (17,7 milhões de pessoas por ano).

Com o slogan “Com o coração não se brinca. Faça a melhor escolha para a sua vida: não fume!”, a ação busca alertar a população brasileira quanto aos danos sociais, políticos, econômicos e ambientais causados pelo tabaco. Continue lendo Dia Mundial sem Tabaco é comemorado nesta quinta-feira com alertas

Anvisa aprova nova medicação para tratamento do câncer de mama

Foto: Sebastian Kaulitzki/Getty Images

O câncer de mama é uma das neoplasias mais comuns entre as mulheres. No Brasil, o percentual de novos casos por ano chega a 29%, segundo o Instituto Nacional de Câncer (Inca). Por causa disso, muitas farmacêuticas têm voltado seus esforços na produção de medicamentos capaz de combater a doença.

Esta semana, por exemplo, a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) aprovou o Herzuma, um medicamento biossimilar do trastuzumabe, indicado para o tratamento do câncer de mama HER2+, que são tumores agressivos capazes de se desenvolver muito mais rápido em comparação com outras formas de cânceres mamários.

De acordo com a Veja, o Herzuma é um anticorpo monoclonal considerado uma terapia-alvo, ou seja, tem a capacidade de bloquear a multiplicação das células cancerígenas, sem atingir as células sadias. A medicação é recomendada tanto para casos de câncer de mama em estágio inicial como para metastáticos, mesmo para as mulheres que já tenham recebido outras terapias.

Além disso, o novo biossimilar pode ser utilizado em diferentes fases do tratamento: após cirurgia, quimioterapia e radioterapia ou em conjunto com esses tratamentos e outras medicações para a doença. “Essa modalidade de câncer de mama corresponde a 20% dos tumores diagnosticados.

[Portanto,] a possibilidade de ampliar o acesso da paciente é fundamental para garantir um tratamento moderno, seguro e eficaz para uma doença cada vez mais presente no dia a dia das mulheres”, comentou Heraldo Marchezini, CEO da Biomm, farmacêutica brasileira que, em parceria com a sul-coreana Celltrion Healthcare (CHTC), traz a novidade para o Brasil.

O próximo passo é receber a aprovação da Câmara de Regulação do Mercado de Medicamentos (CMED), que analisará o preço do produto antes que ele possa ser comercializado no Brasil. De acordo com Marchezini, todo esse processo deve acontecer nos próximos meses e em breve o medicamento estará disponível para comercialização, permitindo uma nova opção de tratamento para a paciente brasileira.

Bilionário paga dívidas de todos estudantes que estavam se formando em faculdade

Foto: Reprodução/Youtube

Robert F. Smith, o negro mais rico dos Estados Unidos, fez o anúncio recente de que irá pagar as dívidas estudantis de todos os estudantes da Morehouse College, em Atlanta. O valor estimado a ser doado ultrapassa os R$ 140 milhões. Smith anunciou a doação na frente de todos os estudantes — em sua maioria negros — durante a formatura da turma. O bilionário era o convidado de honra da cerimônia.

O ato foi celebrado por importantes personalidades e ativistas da igualdade entre negros e brancos, como o diretor de cinema Spike Lee, em seu Instagram, e a filha de Martin Luther King Jr., Bernice. O bilionário começou sua carreira como engenheiro químico da Goodyear e frequentou a escola de negócios da Universidade Columbia.

Mais tarde, ele criaria o Vista Equity Partners, empresa que cria aportes para companhias de software. O negócio é o responsável pela fortuna de R$ 20,5 bilhões de Smith, segundo estima a Forbes.

O empresário diz acreditar no ensino como base para o crescimento da sociedade e ascensão de famílias pobres. Além da doação aos estudantes, Smith já investiu R$ 20 milhões no Museu Nacional de História Afro-Americana e Cultura dos Estados Unidos.

Tricampeão da F-1, austríaco Niki Lauda morre aos 70 anos

Por Folhapress

Três vezes campeão mundial de Fórmula 1, o austríaco Niki Lauda morreu nesta segunda (20), aos 70 anos. Atualmente, ele ocupava um cargo de dirigente da equipe Mercedes.

Vencedor dos Mundiais de F-1 em 1975, 1977 e 1984, Lauda correu por cinco equipes durante a sua carreira: March, BRM, Ferrari, Brabham e McLaren.

“É com profundo pesar que anunciamos que nosso querido Niki morreu de forma pacífica ao lado de seus familiares. Suas conquistas únicas como atleta e empreendedor são e continuarão inesquecíveis, seu incansável entusiasmo pela ação, sua franqueza e sua coragem permanecerão como um modelo e uma referência para todos nós. Ele era um marido, pai e avô amoroso e carinhoso longe do público, e sentiremos a sua falta”, informou o e-mail assinado pela família Lauda.

Até hoje, ele é o único piloto a ter vencido o campeonato por Ferrari e McLaren.

Um dos momentos mais marcantes da sua trajetória foi em 1976, no circuito de Nürburgring, na Alemanha, quando Lauda sofreu um acidente e ficou preso nas ferragens da sua Ferrari, que pegou fogo.

Apesar das graves queimaduras, que causaram sequelas principalmente em sua orelha, e de ter inalado gases tóxicos, ele ainda voltou a pilotar no mesmo ano.

O acidente e a história da rivalidade entre Lauda e o britânico James Hunt foram mostrados no filme “Rush – No Limite da Emoção”, de 2013, dirigido por Ron Howard. Lauda foi interpretado pelo ator Daniel Brühl.

Em 2018, Lauda ficou cerca de dois meses internado após precisar passar com urgência por um transplante de pulmão. No começo deste ano, voltou a ser internado, após uma gripe.

Bilionário vira voluntário em Roraima e acolhe venezuelanos

Foto: Divulgação

Dono de uma das maiores fortunas do Brasil, o empresário Carlos Wizard Martins, fundador da rede de idiomas Wizard, tem se dedicado a receber e acolher venezuelanos no Brasil. Desde agosto do ano passado, ele e a sua mulher, Vânia, montaram uma base em Boa Vista (RR), onde passam a maior parte da semana.

A ida para Roraima, Estado por onde entram o maior número de moradores do país vizinho, foi uma designação da Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias, mais conhecida como Igreja mórmon, que o casal frequenta.

“A igreja nos indicou, eu e minha mulher, e aceitamos doar nosso tempo, recurso e experiência”, disse o empresário à coluna de Bela Megale. Segundo ele, até o fim de maio, a instituição já terá acolhido 3 mil venezuelanos. Além de tempo, Carlos investe dinheiro na causa.

Em dezembro, fretou um avião de 118 lugares para levar os assistidos para outros Estados do Brasil, onde passaram a trabalhar. O empresário também atua como interlocutor junto ao governo federal.

Ele integra o comitê da Casa Civil que discute o assunto dos venezuelanos e mantém diálogo com ministros e o próprio presidente Jair Bolsonaro. Nesta semana, virá a Brasília conversar com a ministra Damares Alves sobre o assunto.

MG – Médica cubana trabalha em restaurante de BH na esperança de voltar a exercer a profissão

A médica cubana Yaime Perez Acuna atendia a população de Crucilândia (MG). — Foto: Yaime Perez Acuna/Arquivo pessoal

Yaime Perez Acuna, de 29 anos, trabalha servindo mesas em um restaurante de Belo Horizonte. Há cinco meses, ela atendia cerca de 20 pessoas por dia em um dos dois postos de saúde de Crucilândia, na Região Central de Minas Gerais. A cubana, especialista em saúde da família e em doenças tropicais, como a dengue, participou do Mais Médicos de março de 2017 até novembro do ano passado, quando o governo de seu país decidiu deixar o programa.

“Foi uma surpresa. Eu fiquei sabendo o que ia acontecer com a minha vida pelos jornais. Não tivemos nenhuma informação por parte do governo de Cuba”, disse a médica.

Yaime era a única médica no posto que trabalhava em Crucilândia, cidade com pouco mais de seis mil habitantes, cujo Índice de Desenvolvimento Humano Municipal (IDH) é 0,651, pouco menor que o do Iraque, 0,654, segundo o Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento. Continue lendo MG – Médica cubana trabalha em restaurante de BH na esperança de voltar a exercer a profissão

Tristeza é o sentimento que mais predomina no mundo, diz estudo

Foto: Steve Debenport/Getty Images

Tristeza, raiva e medo. Este são os sentimentos que predominaram em 2018 em todo o mundo, indica relatório global produzido pelo Instituto Gallup. De acordo com o documento, estas três emoções atingiram níveis recordes pelo segundo ano consecutivo. Entre os países mais tristes estão Chade, Níger, Serra Leoa, Iraque e Irã – nações afetadas por crises políticas e/ou econômicas.

Apesar disso, a América Latina parece estar mais sorridentes do que nunca, especialmente a população do Paraguai, que recuperou o título de país mais positivo e feliz do mundo. O levantamento ainda apontou que apesar das emoções negativas terem predominado em 2018, os níveis de stress apresentaram um leve declínio – exceto nos Estados Unidos, cuja porcentagem chegou a 55% dos entrevistados.

A média global foi de 35%. Diante dos dados, a pesquisa concluiu que o nível de infelicidade no mundo é semelhante ao encontrado em 2017.