Arquivos da categoria: Economia

Otimismo: Produção do café pode chegar aos níveis dos anos oitenta

JaimiltonEsse ano será de quebra de paradigma, afirma Jaimilton Presidente da Coopmac

Após longo período de estiagem, o maior dos últimos tempos, os produtores de café se preparam para a grande safra. A expectativa é que Vitória da Conquista e região produza 900 mil sacas. É o que afirma Jaimilton Gusmão Filho, diretor presidente da Coopmac – Cooperativa Mista Agropecuária Conquistense Ltda.

De acordo com Jaimilton, a produção deste ano pode chegar aos níveis históricos dos anos 80. Há quem aposte que a produção se aproxime de 1 milhão de sacas.

O otimismo tem refletido na expectativa positiva para Exposição de Conquista 2018. Segundo Jaimilton, o momento climático e a melhora da economia favorecem o sucesso do evento agropecuário mais antigo da Bahia. Ele acredita que esse ano será de quebra de paradigma, pois a seca parece ter ter chegado ao fim.

Os expositores esperam que a demanda reprimida no período de seca sejá revertida em negócios.

Para a Exposição de Conquista 2018 já estão confirmados 400 expositores e cinco leiloes, inclusive com o maior já realizado na região.

© 2018, BLITZ CONQUISTA. Todos os Direitos Reservados.

Aposentado consulta novo benefício a partir do dia 17

Clayton Castelani
do Agora

Os novos valores das aposentadorias do INSS deverão estar disponíveis para consulta a partir de 17 de janeiro na página do órgão na internet: meu.inss.gov.br.

Em qualquer um dos sites, o beneficiário pode verificar o valor do pagamento na opção “histórico de crédito de benefício”. É necessário criar senha no próprio site. Confira ao lado o passo a passo.

É possível, porém, que alguns beneficiários só tenham acesso a seus extratos no dia 25, quando terão início os pagamentos de segurados que ganham o piso.

Bahia: Governador Rui Costa lançou edital de publicização do artesanato

Fonte: Secom Bahia

ArtzNa terça-feira (09), o governador Rui Costa lançou o edital de publicização do artesanato baiano, com investimento de R$ 2,5 milhões. A cerimônia aconteceu às 14h, no Auditório da Secretaria de Infraestutura (Seinfra), no Centro Administrativo da Bahia (CAB), em Salvador.

Viabilizado por meio da Secretaria do Trabalho, Emprego, Renda e Esporte (Setre), o edital vai dinamizar e facilitar o escoamento da produção artesanal do estado. A entidade selecionada será responsável por qualificar e comercializar a produção artesanal de associações e grupos de artesanato do estado. Continue lendo Bahia: Governador Rui Costa lançou edital de publicização do artesanato

Entenda o que muda no Simples Nacional em 2018

Fonte: Extra/CDL (Conteúdo)

O regime do Simples estabelece um tratamento diferenciado, permitindo que microempresas e empresas de pequeno porte possam recolher impostos por meio de uma única guia

jurosOs micro e pequenos empresários, inscritos no Simples Nacional ou Supersimples, devem se preparar para as mudanças no regime tributário. As alterações incluem desde o aumento de limites para inclusão de empresas (tanto no Simples quanto no MEI), até novas tabelas de enquadramento e alíquotas progressivas. As novas regulamentações, definidas pela Lei Complementar nº 155/2016 (e pelas Resoluções CGSN nºs 136 e 137), começaram a valer a partir de 1º de janeiro.

O regime do Simples estabelece um tratamento diferenciado, permitindo que microempresas e empresas de pequeno porte possam recolher impostos por meio de uma única guia. No caso dos microempreendedores individuais (MEIs), o teto de faturamento será de R$ 81 mil por ano (antes era de R$ 60 mil). O limite das micro e pequenas empresas era de R$ 3,6 milhões. Em 2018, passou para R$ 4,8 milhões. Continue lendo Entenda o que muda no Simples Nacional em 2018

Salário mínimo vai ser de R$ 954 a partir de segunda

Clayton Castelani e Leda Antunes
do Agora

O salário mínimo subirá de R$ 937 para R$ 954 a partir de 1º de janeiro de 2018, conforme o decreto do presidente Michel Temer divulgado ontem pelo governo.

A correção será de 1,81%, a menor aplicada a partir de 1995, primeiro ano após a criação do real, em julho de 1994.

Até então, o menor reajuste oficial havia sido de 4,61%, quando o piso subiu de R$ 130, em 1998, para R$ 136, em 1999.

Nesse histórico, a reportagem não considerou correções realizadas dentro do mesmo ano.

A queda da inflação é a principal causa para um ajuste tão pequeno do salário mínimo e, por consequência, dos pisos de aposentadorias, auxílios e pensões da Previdência Social.

Salário mínimo só deve aumentar R$ 28

MinimoO Orçamento de 2018, aprovado na última quarta-feira (13) pelo Congresso Nacional prevê um salário mínimo de R$ 965 para o próximo ano. De acordo com as informações divulgadas, o valor é menor do que o previsto inicialmente pelo governo na Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO), de R$ 969.

O salário é estimado com base no Índice Nacional de Preços ao Consumidor (INPC) do exercício anterior e no Produto Interno Bruto (PIB) de dois anos antes. Mesmo com a queda em comparação com a LDO, o salário mínimo de 2018 terá um aumento de R$ 28 em relação à remuneração atual.

Municípios baianos lideram ranking nacional do PIB agropecuário

plantacaoFoto: Imagem/TV Oeste

Os municípios de São Desidério e Formosa do Rio Preto, ambos no oeste da Bahia, tiveram o maior Produto Interno Bruto (PIB) agropecuário do país. O dado é referente ao ano de 2015 e faz parte de uma pesquisa do Instituto de Geografia e Estatística (IBGE), divulgada na quinta-feira (14).

Conforme apontou a pesquisa, São Desidério teve um PIB agropecuário de cerca de R$ 1,8 bilhão e Formosa do Rio Preto, de R$ 1 bilhão. O PIB dos municípios foi elaborado em parceria com a Superintendência de Estudos Econômicos e Sociais da Bahia (SEI), as secretarias estaduais de governo e a Superintendência da Zona Franca de Manaus (SUFRAMA).

De acordo com a pesquisa, o município de Barreiras, também no oeste do estado, possui o terceiro PIB agropecuário da Bahia, com R$ 736,8 milhões, mas não figura no ranking das primeiros do país. A Bahia se destaca, ainda, no PIB referente à indústria. No estado, lideram o ranking do setor em 2015, as cidades de Camaçari (R$ 8,4 bilhões), Salvador (R$ 8,3 bilhões) e São Francisco do Conde (R$ 3,9 bilhões).

De 2014 para 2015, Camaçari teve o oitavo maior aumento de participação no valor total gerado pela indústria brasileira, passando de 0,6% para 0,7% do total. No setor de serviços, os maiores valores adicionados entre os municípios baianos estavam na capital, com R$ 34,7 bilhões; seguido da segunda maior cidade do estado, Feira de Santana, que apresentou R$ 6,4 bilhões; e de Camaçari, na região metropolitana (R$ 5,8 bilhões).

Sebrae orienta sobre como aumentar o faturamento no final de ano

As dicas têm foco nas vendas pontuais e também abordam estratégias para fidelizar clientes que possam consumir ao longo de todo ano

emprestimoConsiderado o mais importante mês de vendas para o varejo baiano, dezembro deve registrar crescimento de 8% em comercializações, quando comparado com o mesmo mês de 2016, segundo expectativa da Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo da Bahia (Fecomercio-BA).

Para se destacar nesse período de final do ano e garantir bons resultados, os donos de pequenos negócios precisam ir além das promoções, como explicar o Analista da Unidade de Gestão do Portfólio, Diógenes Silva. “É importante entender o perfil do seu cliente, pois nem sempre o que ele deseja é o menor preço, principalmente no Natal, que atinge pessoas de diversas classes sociais e que querem presentear pessoas queridas”, completa.

A loja física deve investir em uma decoração atrativa da vitrine, com música ambiente e fragrâncias, tudo moderado e sem exageros, lembrando sempre de preservar um ambiente no qual o cliente possa circular livremente e enxergar com facilidade os preços. “Outro ponto de atenção é o atendimento. Como no Natal as pessoas, em geral, compram presentes para os outros, um vendedor que ajuda na compra e entende a necessidade faz toda a diferença na venda”, acrescenta Diógenes. Continue lendo Sebrae orienta sobre como aumentar o faturamento no final de ano

Condeúba se fez presente em evento nacional realizado em Brasilia, em face das micro e pequenas empresas nas compras governamentais

alan 2
Esq. Vereador Fabrício Lopes de Guanambi, Alan Melo Diretor de Tributos de Condeúba, Jairo Magalhães Pref. Guanambi, Celso Galvão Secret. de Jequié

O Diretor de Tributos de Condeúba Alan Melo e a Empresária Carlem Mendes Alves Gomes da REDE CONSTRUIR estão  participando em Brasília, nesta terça e quarta-feira (28 e 29/11), do VIII Fomenta Nacional que está sendo realizado no CICB – Centro Internacional de Convenções do Brasil, diga-se de passagem, este é o maior evento de oportunidades para as micro e pequenas empresas nas compras governamentais.

O evento tem como objetivo aproximar os pequenos negócios de compradores públicos, e criar condições para a ampliação da participação no volume de compras do Governo Federal, Estadual e Municipal e suas estatais e promover a capacitação dos gestores públicos para conhecimento sobre os principais instrumentos jurídicos e operacionais que propiciam a inserção dos pequenos negócios no mercado das compras governamentais.

“Estamos participando deste evento, para que a nossa cidade continue atualizada do que existe de vanguarda no Brasil e em todos os países, nos projetos de apoio e fortalecimento das Micro e Pequenas Empresas”, frisou o diretor de Tributos Alan Melo. Continue lendo Condeúba se fez presente em evento nacional realizado em Brasilia, em face das micro e pequenas empresas nas compras governamentais