Arquivos da categoria: Brasil

Veja como conferir se o valor da sua aposentadoria do INSS está certo

Leda Antunes do Agora

Além de ter que aguardar mais de 90 dias para se aposentar no Estado de São Paulo, o trabalhador pode levar um susto quando finalmente receber o benefício, mas o valor for muito menor do que esperava.

O Agora mostra hoje como conferir se o cálculo feito pelo INSS (Instituto Nacional do Seguro Social) está correto e o que fazer se encontrar algum erro.
Todos esses detalhes aparecem na carta de concessão da aposentadoria, que traz a memória do cálculo.

O documento é enviado por carta pelo INSS ou então pode ser obtido pela internet, no site Meu INSS (meu.inss.gov.br)

Para definir o valor da aposentadoria, a Previdência considera apenas as contribuições feitas durante o plano Real, após julho de 1994.

‘Partido da Favela’ avança e entra em fase de coleta de assinaturas

favelaIntegrantes do Partido Frente Favela Brasil, em fase de criação, comunicaram ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE) que a legenda obteve registro no cartório de registro civil, uma das condições para a formação de partido político pela legislação. Agora, o próximo passo da sigla é tentar obter, no período de dois anos, caráter nacional para o registro de seu estatuto no TSE.

Após protocolar no TSE a comunicação de que o partido obteve o registro civil da legenda, o presidente do Partido Frente Favela Brasil, Wanderson Maia, falou sobre os próximos passos na mobilização. “Vamos começar a fase de coleta das assinaturas, que é esse desafio de coletar aproximadamente 500 mil assinaturas [de eleitores] válidas. A partir de então, vai ser julgada pelo TSE [cartórios eleitorais] a validade dessas assinaturas e, aí, a gente consegue o registro de fato do partido após essa etapa”, lembrou o dirigente.

Ele apontou que o objetivo do partido, primeiramente, é “promover a igualdade e a oportunidade, principalmente para as pessoas que moram em comunidades e favelas deste país”.

“Somos parte expressiva da população. Mais de 50% da população se declara preta ou parda, e essas pessoas habitam nos lugares mais problemáticos, lugares onde não há acesso a água, saneamento básico, educação, saúde. Nossa proposta de fato é deixar de buscarmos pessoas que nos representem e passarmos a nós mesmos a nos representar nos espaços de poder, nas disputas políticas que envolvem as políticas públicas, que são o nosso maior interesse”, explicou Wanderson Maia.

Com déficit de R$ 20 bilhões, contas do governo têm pior julho em 21 anos

dinheiroO governo central registrou um déficit primário de R$ 20,152 bilhões em julho, o pior desempenho para o mês da série histórica, que tem início em 1997. O resultado, que reúne as contas do Tesouro Nacional, Previdência Social e Banco Central, sucede o déficit de R$ 19,227 bilhões de junho.

O resultado de julho ficou acima das expectativas do mercado financeiro, cuja mediana apontava um déficit de R$ 18,2 bilhões, de acordo com levantamento do Projeções Broadcast junto a 24 instituições financeiras. O dado do mês passado ficou dentro do intervalo das estimativas, que foram de déficit de R$ 25 bilhões a R$ 11,15 bilhões.

Entre janeiro e julho deste ano, o resultado primário foi de déficit de R$ 76,277 bilhões, também o pior resultado para o período da série histórica. Nos primeiros sete meses do ano passado, esse mesmo resultado era negativo em R$ 55,693 bilhões.

Em 12 meses, o governo central apresenta um déficit de R$ 183,7 bilhões – equivalente a 2,84% do PIB. Para este ano, a meta fiscal admite um déficit de R$ 139 bilhões nas contas do governo central, mas o governo já enviou um pedido ao Congresso Nacional para estender o rombo de 2017 para até R$ 159 bilhões.

A resistência cultural no Alto Rio Pardo

* Levon Nascimento

Levon Nascimento Crer e Lutar Lídio Ita Blue Milton Santiago Felipe Cortez Marileide Alves Pinheiro Carlos Renier Vlade Patrício Salinas Taiobeiras São João Paraíso Rio Pardo MinasApesar da realidade sombria do Brasil, do golpe de Estado, da retirada neoliberal de direitos e da ditadura da toga – ou talvez até por conta dela, como anticorpos benéficos – a esperança tem se feito presente na arte, na literatura e na comunicação do Alto Rio Pardo, do Vale do Jequitinhonha e do Norte de Minas.

Lancei meu livro “CRER E LUTAR” em Taiobeiras no dia 02 de junho de 2017, como um brado de fé e de militância contra o processo de fascistização da sociedade, tendo a inspirada capa da multiplicação dos pães e dos peixes, pintada em tela pela nossa internacional Lizz Nobel e apresentação da jornalista montes-clarense Valéria Borborema.

O Atalho Alternativo Cultural de São João do Paraíso, dos amigos Lídio Ita Blue, Márcia Barreto e do rapper Flávio, nadam contra a maré massificadora levando arte, boa música e reflexão às praças paraisenses.

O poeta Carlos Renier Azevedo escreveu o cordel “Vaqueiro Centenário”, narrando a trajetória do Sr. Lydio Barreto (pai de Lídio Ita Blue), de Pedra Azul, resgatando as tradições, “os fazeres” e as raízes sertanejas do Vale do Jequitinhonha/Norte de Minas.

* Felipe Cortez Aragão Grimaldy e Marileide AP, em incessante ativismo por cultura, comunicação e direitos humanos, garantiram para Taiobeiras a 7ª edição do Encontro de Comunicadores do Vale do Jequitinhonha, a ocorrer em fevereiro de 2018.

* Enquanto isso, nosso poeta Milton Santiago, de nossa vibrante Salinas, se prepara para lançar mais uma obra de ternura e amor à região, o livro “A menina e o poeta” no próximo 06 de setembro.

* E nossa histórica Rio Pardo de Minas ganhará de presente o livro de Vlade Patrício, em 16 de setembro, “Um olhar no passado”.

O Alto Rio Pardo está vivo, na luta, contra os retrocessos, transmutando-se em literatura, música, performances, ativismo político e muita vontade de se eternizar na HISTÓRIA!

A luta continua…

* Professor e escritor, de Taiobeiras/MG.

Não vou me render

André                                                                           André do Amaral

Não serei arrastado na lama que rompeu a barragem que impedia a barbárie.

O país não é só isso.

Para cada Gilmar Mendes, tem um Manoel de Barros.

Para cada Aécio Neves, tem um mestre de Congada resistindo à opressão nas mesmas terras mineiras.

Para cada Michel Temer, um Mário de Andrade na paulicéia.

O país não é só um branco de gravata ou toga.
É vermelho na pele indígena.
É preto potente na pele da menina.
É um guri, um piá, um curumim.

É trans!

É trem bão, é da hora, é sinistro, é massa! Ainda que não pareça, passa.
E eles passarão.

Desanima, não.

Menos preocupação e mais ocupação.

O país, novamente, está sendo saqueado. Seu povo pobre dizimado.Mas, até por uma questão de lógica, enquanto estivermos vivos não dá pra decretar derrota.

Minha energia.Meu pensamento e meu afeto se movem pela transformação e pela justiça social.

Para que pessoas não morram pela cor da pele.
Pela orientação sexual.
Por denunciarem injustiças.
Por serem quem são.

O país não é só o Planalto.
A injustiça suprema.
Homens asquerosos.
Um país reacionário.
Quadrado.

É também roda.
De samba.
De capoeira.
De poesia.

É uma espiral.

É a mata, os bichos, as ervas, a arte, o povo.Tudo que nele brota.

É uma idosa distribuindo sopa e cuidando de pessoas em situação de rua.

É uma benzedeira curando as crianças da comunidade.

É um professor mal pago e apaixonado mudando a vida de crianças e jovens.

É um poeta desconhecido.
Uma dançarina sonhadora.
Uma enfermeira incansável.
Um músico genial.
Um gari cantarolando enquanto varre.
Um garçom simpático.
Uma cozinheira incrível.
Um sábio pajé.
Uma mulher quilombola líder comunitária.
Uma criança alcançando o paraíso na amarelinha.
Um bando de gente linda e anônima.

O Brasil é imenso!

Desistir dele é deixar de perceber a beleza que nele contém.

Abrir mão da potência que dele provém.

Vamô junto!

Contra a perda de direitos e o desmonte do país, o lema do povo guerreiro:

“Só a luta muda a vida!”

André do Amaral, 30 anos, paulistano. Escritor e arte-educador formado em Letras pela Universidade de São Paulo (USP). Investiga a potencialidade criadora da escrita. Trabalhou em diversos projetos de arte-educação que lhe ensinaram a importância de “desaprender”. Atualmente, é orientador de dramaturgia no Projeto Espetáculo do Programa Fábricas de Cultura, mantém um blog de publicação semanal, ministra encontros de criação literária e desenvolve uma dissertação de mestrado no Instituto de Artes da UNESP. Ver todos os posts de André do Amaral

Anti-hipertensivos para todos os pacientes?

hipertensão-arterial-8A hipertensão arterial tem sido a responsável por ceifar muitas vidas, principalmente de jovens, ou deixar pessoas sequeladas, inválidas, improdutivas e onerando suas famílias e a sociedade com os custos de suas necessidades especiais.

Trata-se de uma entidade clínica traiçoeira, que, a princípio não apresenta sintomas. Muitas pessoas acabam descobrindo que são portadoras de hipertensão arterial através de campanhas em praças públicas, nas empresas onde trabalham (durante a realização do exame periódico), ou de outras maneiras, quase sempre ocasionais.

Um relatório médico publicado recentemente pela Universidade de Oxford -EUA afirma que menos pessoas morreriam se os médicos lhes prescrevessem drogas anti-hipertensivas. Especialistas médicos analisaram os resultados provenientes de mais de 100.000 pacientes em duas décadas. Continue lendo Anti-hipertensivos para todos os pacientes?

Justiça avisará segurado só após o confisco do atrasado

Leda Antunes do Agora

Os beneficiários que não sacaram atrasados pagos há mais de dois anos não serão avisados de que a grana será confiscada pelo governo.

A Justiça fará a notificação após o dinheiro já ter sido devolvido ao Tesouro Nacional e o precatório ou a RPV (Requisição de Pequeno Valor) terem sido cancelados.
Para não perder a grana, o segurado que entrou na Justiça deve se apressar.

Após o confisco, o dinheiro só poderá ser recuperado com a expedição de uma nova requisição de pagamento pelo juiz, o que pode demorar.
O ideal é conferir o quanto antes se há algum atrasado disponível para saque.

A informação pode ser obtida com o advogado ou no site do TRF 3 (Tribunal Regional da 3ª Região), para os segurados de São Paulo.
Cliente poderá pedir junta médica a convênio
Justiça avisará segurado só após o confisco do atrasado

Conta de luz vai ficar mais barata em setembro

conta-luzA Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) anunciou o custo extra da energia para o mês de setembro. No próximo mês, as contas de luz terão bandeira amarela, que cobra 2 reais a mais para cada 100 kilowatts hora consumido.

Ou seja, a conta de energia ficará mais barata, já que, neste mês de agosto, a bandeira tarifária é a da cor Vermelha, no patamar 1. Neste patamar, o consumidor paga 3 reais a mais para cada 100 kilowatts hora – além da tarifa comum da distribuidora local.

Segundo a Aneel, a troca da bandeira vermelha pela amarela, que é mais barata, foi possível por causa do aumento das chuvas que fez a geração de energia nas hidrelétricas crescer, em especial nas regiões Sul e Sudeste.

Município pode cobrar taxa de coleta de lixo, decide STF

Taxa-LixoO ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Dias Toffoli afirmou ser constitucional a cobrança de taxas de serviços públicos de coleta, remoção e tratamento ou destinação de lixo proveniente de imóveis. A decisão foi tomada em processo que cassou decisão do Tribunal de Justiça de São Paulo (TJ-SP), que havia suspendido cobrança taxa de limpeza pública do Município de Jaú, em São Paulo.

O Município de Jaú foi impedido de cobrar a taxa de coleta após a 14ª Câmara de Direito Público do TJ-SP suspender um dispositivo de lei municipal que instituía a “Taxa de Limpeza Pública, de Conservação de Vias e Logradouros Públicos e de Serviços de Bombeiro”. Segundo o tribunal, a cobrança do tributo, inclusive da taxa de limpeza pública, seria inconstitucional, pois não se enquadraria em “serviço público específico e divisível”.
O Município, então, ajuizou reclamação no STF alegando não haver violação constitucional, pois a arrecadação seria destinada à coleta de lixo domiciliar. Ainda afirmou que, para não ocorrer a interrupção do serviço, foi necessário o remanejamento de recursos para esta finalidade, “comprometendo o equilíbrio das contas públicas”.
Atenção à Lei de Responsabilidade Fiscal
A Confederação Nacional de Municípios (CNM) reitera que a cobrança de tributos é de fundamental importância para o funcionamento dos serviços municipais. A Lei Complementar 101/2000, chamada Lei de Responsabilidade Fiscal (LRF), determina como dever do gestor promover a cobrança dos tributos, sob pena de responder por crime de renúncia fiscal.
A CNM entende que os Municípios devem explorar com eficiência o seu potencial de arrecadação, desvinculando-se cada vez mais da dependência das transferências constitucionais. A determinação na LRF deve ser entendida como um estímulo ao gestor para o desenvolvimento da arrecadação própria. Em suma, cobrar impostos, mais do que um direito da administração pública, é uma obrigação.

Agência CNM com informações do STF

Confira como calcular o valor da sua aposentadoria do INSS

Leda Antunes do Agora

É consenso entre os especialistas que o momento da aposentadoria exige planejamento. Antes de pedir o benefício ao INSS (Instituto Nacional do Seguro Social), o trabalhador deve estar preparado para essa nova etapa, que muitas vezes significa uma redução na renda mensal e no padrão de vida.

Para calcular com quanta grana poderá contar após pendurar as chuteiras, o segurado pode fazer uma simulação no próprio site da Previdência. O Agora traz hoje o passo a passo para usar o simulador e estimar qual será o valor da aposentadoria. Confira o que fazer ao lado.

O primeiro passo para utilizar a ferramenta é calcular o tempo total de contribuição ao INSS. A soma exata pode ser feita em outro simulador, também disponível no site da Previdência, com base nas informações detalhadas no Cnis (Cadastro Nacional de Informações Sociais).

Governo cobra benefício pago após acidente
Saiba quem pode cobrar o IR dos últimos cinco anos
Confira como calcular o valor da sua aposentadoria do INSS