Arquivos da categoria: Brasil

Remédios terão reajuste de até 4,76% nos preços

remedios-56Foto: Reprodução

Os preços dos remédios poderão subir até 4,76%. Resolução da Câmara de Regulação do Mercado de Medicamentos (Cmed) fixou em 4,76% o reajuste máximo permitido aos fabricantes na definição dos preços dos medicamentos.

A decisão foi publicada no Diário Oficial da União. A regulação é válida para um universo de mais de 19 mil medicamentos disponíveis no mercado varejista brasileiro. Em 2016, o reajuste máximo autorizado foi de 12,5%. Em 2015, foi de 7,7%.

Em 2014, o reajuste foi de 5,68%. De acordo com o G1, o reajuste leva em conta o Índice de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) divulgado pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) em 10 de março de 2017, cuja taxa foi de 4,76% no período de março de 2016 a fevereiro de 2017.

O Ministério da Saúde informou que o reajuste é o menor registrado nos últimos 10 anos. Para este ano, o ajuste médio autorizado pela Câmara de Regulação do Mercado de Medicamentos ficou em 2,63%, valor abaixo da inflação acumulada de 4,76%.

Veja relação de mais de 100 países que brasileiros podem entrar sem visto

Viagem-InterViajar é sempre uma das mais prazerosas da vida de muita gente.Sem dúvida a barreira principal, em muitos casos, são os vistos de entrada em muitos países. Alguns os brasileiros se sentem constrangidos e até são tratados de maneira discriminatória. Para facilitar a tarefa de viajar, os brasileiros têm portas abertas em 103 países do mundo, de acordo com o Ministério das Relações Exteriores. Continue lendo Veja relação de mais de 100 países que brasileiros podem entrar sem visto

Segurado poderá consultar quanto tempo falta para se aposentar

                                           Luciana Lazarini e Cristiane Gercina do AgoraConfere
O INSS (Instituto Nacional do Seguro Social) prevê que, a partir de agosto, os segurados poderão saber, de forma mais simples, seu tempo total de contribuição.
Com isso, ficará mais fácil identificar quando o trabalhador poderá pedir a aposentadoria.
A consulta será no site Meu INSS (www.servicos.inss.gov.br).
Hoje, os segurados já podem usar esse sistema para consultar o Cnis, que é o cadastro de contribuições.
A partir de agosto, o site Meu INSS também mostrará quantos anos, meses e dias de contribuição o trabalhador acumula.
Segundo o INSS, em princípio, não será preciso preencher nenhum dado.
Porém, o segurado deverá verificar se todos os períodos trabalhados estão sendo contabilizados.
O simulador vai usar as informações do Cnis, que, muitas vezes, têm falhas.

Em meio à crise e pagamentos de início de ano, 80% dos brasileiros não conseguiram poupar em janeiro

Fonte: CNDL / CDL Conquista (Conteúdo)Porquinho-300x199
Em meio aos gastos típicos de início de ano, os brasileiros não estão conseguindo poupar dinheiro nos primeiros meses de 2017. A situação é agravada ainda mais pela contínua crise econômica, que reduz a renda disponível das famílias. O Indicador de Reserva Financeira, calculado pelo Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil) e pela Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL) mostra que expressivos 80% dos entrevistados não conseguiram poupar, ante 17% que conseguiram, no mês anterior à pesquisa, em janeiro. Continue lendo Em meio à crise e pagamentos de início de ano, 80% dos brasileiros não conseguiram poupar em janeiro

País tem 2,6 milhões de crianças em trabalho infantil, diz IBGE

crianca-vendedor-29Foto: Débora Klempous/Rede Peteca

O Brasil tem 2,6 milhões de crianças e adolescentes (entre 5 e 17 anos) em situação de trabalho infantil, segundo levantamento feito pela Fundação Abrinq. O panorama nacional da infância e adolescência é lançado nesta terça-feira (21) pela organização sem fins lucrativos que promove a defesa dos direitos de crianças e adolescentes.

De acordo com o G1, a pesquisa ainda aponta um aumento de 8,5 mil crianças de 5 a 9 anos em situação de trabalho infantil, e redução de 659 mil crianças e adolescentes na faixa de 10 a 17 anos na comparação entre os anos de 2014 e 2015 – segundo dados da Pnad 2015.

A maior parte delas encontra-se nas regiões Nordeste e Sudeste, sendo que, proporcionalmente, a Região Sul lidera a concentração desse público nessa condição. A compilação reúne os dados mais recentes no tema, disponibilizados em órgãos como IBGE, Ministério da Saúde, Ministério da Educação, Disque Denúncia, entre outros.

Pela 1ª vez desde 2010, Brasil não avança em qualidade de vida

qualidade-de-vida-63Foto: Energia e Vitalidade

O Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (Pnud) divulgou nesta terça-feira (21) o Relatório de Desenvolvimento Humano (RDH), e o Brasil se manteve no 79º lugar no ranking que abrange 188 países, do mais ao menos desenvolvido. O relatório foi elaborado em 2016 e tem como base os dados de 2015. O IDH é um índice medido anualmente pela ONU e utiliza indicadores de renda, saúde e educação.

O ranking mundial de desenvolvimento humano dos países apresenta o índice de cada nação, que varia de 0 a 1 – quanto mais próximo de um, mais desenvolvido é o país. No RDH divulgado nesta terça, o Brasil registrou IDH de 0,754, mesmo índice que havia sido registrado em 2014.

Conforme o relatório da Pnud, esta foi a primeira vez desde 2010 que o IDH do Brasil se manteve no mesmo patamar. A ONU divide os países entre os que têm o desenvolvimento humano “muito alto”, “alto”, “médio” e “baixo”. As informações são do G1.

Assembleia de Deus quer criação de partido pró-‘família tradicional’

PRCO PRC (Partido Republicano Cristão) esta na fila do TSE (Tribunal Superior Eleitoral) para virar a 36º legenda brasileira. O partido tem uma vantagem: está sendo articulado com ajuda da Assembleia de Deus, a maior igreja evangélica do Brasil (30% dos 42 milhões de fiéis no Censo 2010, sendo que o total de evangélicos já saltou para três em dez brasileiros).

A fé facilita a coleta de assinaturas mínimas que o TSE exige para formar um novo partido –486 mil, ou 0,5% dos votos válidos na última eleição para a Câmara. De acordo com o presidente do PRC, deputado Ronaldo Fonseca (Pros­DF) e coordenador da bancada de 24 deputados ligados à Assembleia de Deus, já foram 300 mil registradas em cartórios país afora.

No ano passado, Fonseca assinou relatório pró­Eduardo Cunha (PMDB­RJ), e tentava anular a cassação do ex-parlamentar na Casa. Os dois são assembleianos.

A principal bandeira da nova sigla será a família. “Aquela chamada tradicional, com o princípio básico bíblico da família hétero” , explica o coordenador político da convenção das ADs, pastor Lélis Marinhos.

O deputado Fonseca estima que o PRC já saia com uma bancada de pelo menos 20 deputados, que em março de 2018 poderão se aproveitar de uma janela da Justiça que autoriza o troca­troca partidário sem sanções eleitorais.

O objetivo é protocolar o pedido de criação do partido no TSE até o fim do ano e investir em cargos legislativos em 2018. Fonseca quer que o número da sigla seja 80. “Ou oito ou 80, né?”.

‘Carne fraca’; Governo suspeita de espionagem

CArne-fraca-768x511O envolvimento de empresas como JBS e BRF na Operação Carne Fraca, acusadas de subornar fiscais para vender produtos adulterados, pode levar o Brasil a ser banido do mercado. No governo há a suspeita até de “espionagem industrial” manipulando gerentes e fiscais corruptos para sabotar o produto brasileiro. Mas, ainda que tenham “armado”, a adulteração criminosa de carnes foi constatada. A informação é do colunista Cláudio Humberto, do Diário do Poder.

O Brasil produz 15% da carne consumida no mundo, por isso seus concorrentes celebraram tanto as notícias da operação de ontem.

Só o grupo JBS tem 235.000 funcionários em 150 países. A subsidiária da JBS nos Estados Unidos emprega 78 mil pessoas.

Já a BRF, dona da Sadia e da Perdigão, tem 54 fábricas em sete países (inclusive o Brasil), somando 105 mil funcionários.

As empresas da JBS-Friboi investigadas na Operação Carne Fraca, fizeram mais de R$ 393 milhões em doações nas eleições de 2014.

Proposta de reforma da Previdência recebe 164 emendas

previdencia-78Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil

A Proposta de Emenda Constitucional (PEC) 287, que reformula as regras da Previdência, recebeu 164 emendas que pedem mudanças, retirada ou inclusão de artigos, muitas delas tratando do mesmo tema. O prazo para apresentação de emendas se encerrou às 18h30 desta sexta-feira. De acordo com a Veja, no entanto, só 131 emendas seguirão tramitando na Câmara dos Deputados.

É que 33 não conseguiram o número regimental suficiente de assinaturas para seguirem tramitando – cada deputado tem que reunir 171 assinaturas para sua emenda. A maior parte das emendas pede que não haja mudanças nas regras da aposentadoria rural.

A proposta prevê que a contribuição do trabalhador rural passe a ser individual e obrigatória. A base contributiva e a alíquota devem ser menores do que a dos demais trabalhadores.

Eles terão uma idade mínima de 65 anos para aposentadoria, com 25 anos de contribuição. Na regra atual, a aposentadoria é garantida para os trabalhadores rurais que contribuíram ou não com a Previdência.

Polícia Federal deflagra ação contra a venda ilegal de carnes

operacao-policia-federal-84 Foto: Custódio Coimbra/Agência O Globo

A Polícia Federal (PF) cumpriu, nessa sexta-feira (17), 309 mandados judiciais em sete estados do Brasil. Entre eles, o Paraná. A operação, batizada de “Carne Fraca”, apura o envolvimento de fiscais do Ministério da Agricultura Pecuária e Abastecimento (Mapa) em um esquema de liberação de licenças e fiscalização irregular de frigoríficos.

Diversos fiscais do Mapa foram presos. Segundo a polícia, a operação é a maior operação já realizada pela Polícia Federal no país. As investigações chegaram às principais empresas do setor, como a BRF Brasil e a JBS.

Segundo as investigações, o esquema no Paraná era comandado pelo superintendente regional do Mapa, Daniel Gonçalves Filho, e pela chefe do Departamento de Inspeção de Produtos de Origem Animal (Dipoa), Maria do Rocio Nascimento, que trabalham em Curitiba. Há, ainda, ramificações em Londrina, no norte do estado, e em Foz do Iguaçu, na região oeste do Paraná. As informações são do G1.