Artesão coelhonetense transforma bambu em arte.

coelhoTer o maior plantio de bambu do mundo, não só engrandece a cidade de Coelho Neto, com o título, mas também garante formas de atrair, incentivar e mostrar a capacidade de transformar essa matéria-prima em arte. É o que tem feito o artesão coelhonetense, Aldecione Barbosa da Silva, 32 anos, morador do Bairro Sarney, Rua “B”, que há um ano transforma bambu em arte e, por meio dele, cria peças impecáveis para decoração.coelho 1

coelho 2

coelho 3
Aldecione artesão da cidade de Coelho Neto

É na plantação de bambu, próximo à zona urbana da cidade, que uma vez por semana Aldecione retira o material que utiliza e dá forma a móveis, como luminárias, porta-retratos, bandejas, cadeiras, poltronas, jarros, mesas, suportes para TV’s, pequenas peças de decoração e outros ornamentos. O processo de transformação inicia, desde a retirada das vigas, em meio ao plantio, até seleção do material e a arte de cada peça a ser trabalhada.coelho 4O estilo das obras traduz todo o conhecimento, esforço e competência do profissional, que transforma o bambu em formas alegres e de grande estilo, garantindo-lhe significativo retorno financeiro. Por conta do período natalino, a prefeitura de Coelho Neto contratou os serviços deste jovem para construir a casa que abriga os personagens bíblicos, toda formada por vigas de bambu, instalada na Praça Duque Bacelar, incentivando assim um trabalho feito com compromisso, dedicação e profissionalismo. A arte executada é espetacular e traz a visibilidade de um exímio artista.coelho 6Em uma oficina caseira, ele cria e executa as peças e vende sob encomenda. Em entrevista ao site, contou que a inspiração caminhou junto com a necessidade, quando precisou confeccionar objetos para deles tirar o sustento da família. Impossível não se admirar com o talento desse jovem artesão, principalmente para quem conhece os objetos pela primeira vez.coelho 5É importante destacar que utilizar o bambu para esses fins é ecologicamente correto, não causa impacto ambiental, uma vez que ao se cortar um pé maduro, cria-se mais forças para a origem de novos brotos. O bambu é de fácil cultivo, pode ser extraído todo ano. É uma matéria-prima acessível e renovável, de uso sustentável.

Fonte: Site da Prefeitura de Coelho Neto.

Facebooktwittergoogle_plusredditpinterestlinkedinmail

Um comentário sobre “Artesão coelhonetense transforma bambu em arte.

  1. Em um país de treze milhões de desempregados, gasta-se uma fortuna com eleições. É um absurdo, o cidadão colocar oficialmente homens desonestos para tomar conta do dinheiro público. Votar em quem? Temos um Congresso defeituoso que deveria ajudar a Nação e ter moralidade, honestidade e compromisso com o povo. A preocupação maior agora é com a campanha, com o voto, com o poder. Candidatos, vamos trabalhar pelo país e pelo povo brasileiro!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *