AO AMANHECER DO DIA

Por Antônio Santana

Professor, Escritor e Poeta condeubense Antônio da Cruz Santana

Ao amanhecer do dia
Quero acordar com muita alegria
Quero ver o sol brilhar todo o dia
Quero abraçá-la sem agonia
Para construir um amor de fantasia

Ao amanhecer do dia
Quero acordá-la com poesia
Oferecer-lhe flores ao meio dia
Para vivermos com harmonia

Ao amanhecer do dia, amor, sorria!
Agradeça a Deus por mais um dia maravilhoso
Por dormir uma noite de sono bem gostoso

Ao amanhecer do dia
Saudamos as plantas que nos acolhem de braços abertos
Ensinando-nos que a vida não é feita de caminhos sempre retos

Ao amanhecer do dia
O prazer de mais uma primavera
De uma mulher bonita e sincera
Por um homem ansioso à sua espera
Há uma sede de paquera
Há um quarto sem janela
Há um homem que se desespera
Lutando pelo amor dela.

 

Facebooktwittergoogle_plusredditpinterestlinkedinmail

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *