Estimativa da população do Brasil passa de 210 milhões, diz IBGE

O Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) divulgou hoje (28) as estimativas da população. Pela data de referência de 1º de julho de 2019, o Brasil tem uma população total de 210.147.125 pessoas. Os dados relativos aos estados foram publicados na edição de hoje do Diário Oficial da União.

Em 1º de julho do ano passado, o número era de 208.494.900. O crescimento absoluto da população em um ano foi 1.652.225 pessoas, o que representa aumento de 0,79%.

O estado com a menor população continua a ser Roraima, que chegou a 605.761 pessoas, um crescimento de 5,06% frente os 576.568 registrados no ano passado. Amapá tem população de 845.731 pessoas e o Acre somou 881.935.

A maior população se encontra em São Paulo, com 45.919.049 pessoas, um aumento de 0,83% em relação aos 45.538.936 estimados há um ano. Minas Gerais tem uma estimativa de população de 21.168.791 pessoas e o Rio de Janeiro aparece em terceiro lugar, com 17.264.943.

Relacionamentos ruins agravam os sintomas da menopausa

Foto: Thinkstock/Veja

O período da menopausa é extremamente desconfortável para a maioria das mulheres, especialmente por causa dos sintomas, que incluem ondas de calor, distúrbios do sono e secura vaginal. Por isso, nesta fase da vida, a mulher necessita de apoio emocional, especialmente das pessoas mais próximas, como familiares e amigos.

Aliás, a falta de suporte pode até mesmo agravar os sintomas da menopausa, segundo estudo publicado esta semana no Journal of Epidemiology & Community Health. Entre os principais riscos aos quais as mulheres estão sujeitas na menopausa é o enfraquecimento ósseo, ocasionado pela queda nos níveis de estrogênio (hormônio feminino).

Segundo os pesquisadores, esse risco pode ser ainda maior quando a mulher mantém relacionamentos ruins, seja de amizade, familiar ou conjugal. Isso acontece porque essas relações causam stress que, por sua vez, altera os níveis hormonais, incluindo hormônios tireoidianos, do crescimento e glicocorticoides.

Todos esses hormônios interferem no funcionamento e manutenção do esqueleto. A equipe explica que essas alterações na densidade mineral óssea (DMO) colocam as mulheres em maior risco de sofrer fraturas ou desenvolver osteoporose. A pesquisa indica que as partes do esqueleto mais afetadas pelo stress são quadril, coluna lombar e fêmur.

Com base nos resultados, os cientistas recomendam que profissionais de saúde e familiares busquem criar medidas de intervenção para reduzir os níveis de stress da mulher e, assim, evitar problemas ósseos.

PF acusa Rodrigo Maia de corrupção, lavagem e ‘caixa 3’ da Odebrecht

Foto: Divulgação

Em relatório conclusivo, a Polícia Federal (PF) atribuiu ao presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), os crimes de corrupção passiva, lavagem de dinheiro, e caixa dois, em investigações que envolvem a delação da Odebrecht, no âmbito da Operação Lava Jato.

Na planilha de propinas da Odebrecht, Maia é identificado como “Botafogo”. Segundo a PF, ele teria recebido 350 mil reais nas eleições de 2010 e 2014. No dia 23, o ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Edson Fachin deu 15 dias para a procuradora-geral da República, Raquel Dodge, decidir se oferece denúncia – ela também pode devolver com solicitação de novas investigações.

O relatório, do dia 22, é assinado pelos delegados Bernardo Guidali Amaral e Orlando Cavalcanti Neves Neto. Maia é a peça-chave no jogo político que envolve na Câmara projetos de grande impacto e interesse do governo Bolsonaro e do ministro Sergio Moro, da Justiça e Segurança Pública, como o pacote anticrime e a lei do abuso de autoridade, que provoca desconforto entre promotores, juízes e delegados.

A conclusão da PF que coloca Maia contra a parede ocorre em meio a um clima nervoso que paira entre delegados da corporação e o presidente Jair Bolsonaro. De acordo com o a Veja, nos últimos dias, o presidente tem declarado que é ele “quem manda” na instituição. Bolsonaro decidiu trocar, subitamente, o superintendente da PF no Rio, delegado Ricardo Saad.

AL-BA deve votar nesta semana empréstimo de Rui Costa

Foto: Lay Amorim/Achei Sudoeste

Os deputados estaduais devem votar, nesta semana, o pedido de autorização para o governo de Rui Costa (PT) obter um novo empréstimo. A expectativa é que seja apreciada ainda hoje a proposta que permite o governador tomar 40 milhões de dólares – aproximadamente R$ 150 milhões – com o Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID).

Segundo o Tribuna da Bahia, a matéria estava prevista para ser votada na semana passada, mas foi adiada porque dois projetos de parlamentares estavam travando a pauta. Após acordo entre as bancadas do governo e da oposição, a pauta da Casa foi limpa. Na manhã de hoje, uma comissão conjunta na Assembleia Legislativa da Bahia (AL-BA) vai debater o pedido de empréstimo.

A reunião deve ter integrantes das comissões de Constituição e Justiça; Finanças, Orçamento, Fiscalização e Controle; Educação, Cultura, Ciência e Tecnologia e Serviço Público; e Infraestrutura, Desenvolvimento Econômico e Turismo.

O recurso, segundo o governo, é para o financiamento do Programa de Modernização e Fortalecimento da Gestão Fiscal (Profisco II/BA). De acordo com os especialistas, o programa pode ajudar a administração estadual a melhorar a arrecadação. Ontem, a oposição criticou o projeto.

Promotoria de Justiça de Brumado é elevada à Entrância Final

Foto: Lay Amorim/Achei Sudoeste

Duas leis que alteram o quadro do Ministério Público da Bahia (MP-BA), bem como reforçam o trabalho desenvolvido no interior do estado, foram sancionadas pelo governador Rui Costa (PT). De acordo com publicação no Diário Oficial do Estado, a lei 14.100/2019 extingue Promotorias de Justiça desativadas, transforma seus cargos e cria novas Promotorias de entrância intermediária e final.

Já a lei 14.111/2019 altera cargos de promotor de Justiça vinculados a Promotorias de Justiça Especializada em Combate à Sonegação Fiscal, de âmbito regional, para seis novas Promotorias de Justiça de entrância final. Com as leis, a Promotoria de Justiça de Brumado foi elevada para Entrância Final.

As mudanças permitirão que 36 comarcas passem a contar com mais uma Promotoria de Justiça. Em razão da desativação de comarcas pelo Tribunal de Justiça da Bahia, foram extintas as Promotorias de Justiça sediadas nas comarcas de Boquira e Rio de Contas.

Aérea de baixo custo pede autorização para operar no Brasil

Foto: Divulgação

A companhia aérea de baixo custo JetSmart, controlada pelo fundo americano Índigo Partners, pediu para a Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) autorização para atuar no mercado brasileiro. A empresa quer operar rotas partindo da Argentina e do Chile para o país.

Segundo a agência, três empresas low cost (baixo custo) já tinham pedido autorização para voar no país. A chegada dessas companhias se deu após a desregulamentação da franquia de bagagens, que permitiu às empresas cobrar pelo despacho de malas, de acordo com a agência. As três empresas estrangeiras de baixo custo que já atuam no mercado local são: a europeia Norwegian, a chilena Sky Airlines e a argentina Flybondi.

Pela regra atual, os passageiros podem levar até 10 quilos como bagagem de mão. A volta da franquia de bagagens chegou a ser aprovada pelo Congresso Nacional, mas foi vetada pelo presidente Jair Bolsonaro.

De acordo com a Veja, nesta terça-feira, 27, o Congresso Nacional realiza sessão que deve analisar diversos vetos presidenciais, entre os quais o veto ao trecho que recriou a franquia de bagagens, determinando o limite de 23 quilos como despacho gratuito de bagagem para aviões com capacidade de mais de 31 lugares.