Arquivos diários: 7 de maio de 2019

Condeúba/Dist. do Alegre: Escola Deraldo Rodrigues Novais comemora o dia do livro infantil

Por Lândia

A escola Deraldo Rodrigues de Novais, no Distrito de Alegre comemorou o dia do Livro Infantil, com o gênero textual “Cordel” despertando a criatividade dos alunos incentivando os na tarefa de ler, recitar e escrever folhetos.

O gênero textual, despertou o encantamento, e o envolvimento de toda a Equipe Escolar. A literatura de Cordel também conhecida no Brasil como folheto é um gênero literário popular escrito frequentemente na forma rimada, originada em relatos orais e depois impresso em folhetos. Continue lendo Condeúba/Dist. do Alegre: Escola Deraldo Rodrigues Novais comemora o dia do livro infantil

Por falta de recursos, prefeitura de Guajeru deixará de realizar o tradicional São Pedro

Imagem: Assessoria de Comunicação do Município de Guajeru, Aloísio Costa, Montagem Sertão Em Dia, Caetano Augusto.

Segundo a assessoria de comunicação da cidade de Guajeru, o tradicional São Pedro não será realizado este ano, 2019, em nota foi relatado que a medida foi tomada para manter o compromisso com a folha salarial da cidade. A medida assegura os pagamentos e manutenção da saúde e educação.

Os vereadores de oposição em outros momentos vieram alertando a população sobre a falta de planejamento com as despesas do município, a medida demonstra que a prefeitura da cidade poderá fechar o ano no vermelho caso não corte gastos.

O vereador Nilson Mesquita relatou ao site Sertão Em Dia, ” O prefeito mostra em nota as dificuldades para gerir o município que apresenta queda da receita. De fato é uma decisão prudente mas também é preciso uma coerência em todas ações. Deixar de realizar um evento como o São Pedro que se tornou uma das melhores e tradicional festa no município é sem dúvida uma grande perca, e que deixou muitas pessoas entristecidas. Lamentável.”

Brumado: Quadrilha de roubo a bancos é presa após confronto com a Polícia; eles estariam planejando um assalto à uma agência bancária na cidade

O material apreendido com a quadrilha (Foto: Divulgação 34ª CIPM)

Após informações entre grupos de rede social aos quais são compostos por policiais foi deflagrado um alerta geral a respeito do roubo de 3 caminhonetes as quais uma delas tinha placa policial HHZ 3663 (HILLUX PRATA).

Um policial em trânsito, estava na entrada da cidade e percebeu as 3 caminhonetes suspeitas e imediatamente entrou em contato com a SOInt da 34ª CIPM que deslocou até próximo do local onde inicialmente foram vistos os veículos, logrando êxito na localização e solicitando apoio das viaturas de áreas.

Quando estas chegaram no local, 5 indivíduos começaram a empreender fuga em direção a casas próximo ao matagal onde 4 foram capturados e um, após atirar em direção as guarnições conseguiu empreender fuga e buscas ainda estão sendo realizadas no intuito da prisão desse 5º indivíduo. Continue lendo Brumado: Quadrilha de roubo a bancos é presa após confronto com a Polícia; eles estariam planejando um assalto à uma agência bancária na cidade

“Família é o grupo originário onde os indivíduos recebem alguma forma de amor”

Entrevista: Levon do Nascimento

No segundo sábado de maio (11/05), a partir das 8h, no Colégio Berlaar Imaculada Conceição, o sociólogo Levon do Nascimento, de Taiobeiras-MG, será o palestrante do período da tarde do 1º Módulo da Quarta Turma da Escola de Formação em Fé e Política da Arquidiocese de Montes Claros, cujo tema é “análise da conjuntura social, econômica, eclesial e política com instrumentos de como fazer uma análise de conjuntura”. Nesta entrevista de 10 perguntas, ele responde ao jornalista João Renato Diniz Pinto sobre sua vida profissional, pessoal e familiar na fé e na política.

1) Primeiramente, qual é a sua formação e um pouco da sua história de vida familiar e profissional?

Fiz Ciências Sociais na Universidade Estadual de Montes Claros (Unimontes) e recentemente conclui o mestrado em Estado, Governo e Políticas Públicas da Faculdade Latino-Americana de Ciências Sociais e da Fundação Perseu Abramo. Sou casado há 16 anos com Flaviana e temos uma filha e dois filhos. Trabalho desde 2001 na Escola Estadual Presidente Tancredo Neves, em Taiobeiras, onde leciono História para os anos finais (6º ao 9º) do Ensino Fundamental.

2) Comente sobre as suas publicações?

Sou uma pessoa um tanto tímida e reservada. Comecei a escrever para dar vazão àquilo que eu pensava e, de certo modo, não conseguia expressar verbalmente. Mas também para atender à minha vocação cristã de ser “luz no mundo” e “sal da terra” (Mt 5, 13-14), ou seja, de interferir na sociedade a partir dos valores evangélicos. Desse modo, passei a compor artigos de opinião, crônicas e outros textos, inicialmente publicando-os no jornal “Folha Regional”, de Taiobeiras; e, em seguida, num blog que eu mantinha na internet. Os livros acabaram sendo a reunião de muitos desses escritos, que falam de fé, política, sociedade, ética, cultura regional, etc. Recentemente, lancei dois livros, “Crer e Lutar” (O Lutador, 2017) e “Vidas Interrompidas” (Autografia, 2018). “Crer e Lutar” é um conjunto de textos reflexivos sobre esse contexto sombrio do neofascismo que estamos vivendo, buscando iluminar a luta de quem se opõe a essa conjuntura, a partir da referência da Palavra de Deus. Já “Vidas Interrompidas” é a adaptação de minha dissertação de mestrado para o formato de livro, abordando, e buscando compreender analiticamente o fenômeno do genocídio de jovens pobres, pardos e negros pelo tráfico de drogas em Taiobeiras entre os anos de 2013 e 2017. Não me considero um escritor propriamente, apenas alguém que usa o recurso da escrita para se colocar e contribuir com o debate de nossos temas cotidianos. Continue lendo “Família é o grupo originário onde os indivíduos recebem alguma forma de amor”

Bloqueio das universidades federais chega a R$ 2,2 bilhões

As universidades federais do país tiveram 2,2 bilhões de reais bloqueados para uso, o que corresponde a 25,3% do que elas tinham de recursos para investimento e custeio de suas instalações e cursos no ano – fora o salário de servidores.

Como estão desde 2015 sem correção dos orçamentos pela inflação, as instituições temem não conseguir manter todas as atividades de ensino, pesquisa e extensão. “Estamos há anos nos adaptando a orçamentos cada vez menores e mais alunos.

Chegamos ao limite”, diz Reinaldo Centoducatte, presidente da Associação Nacional dos Dirigentes das Instituições Federais de Ensino Superior (Andifes) e reitor da Universidade Federal do Espírito Santo.

Para se adequar ao novo orçamento, as instituições dizem que vão ter de cortar despesas como energia elétrica e serviços como limpeza e segurança. De acordo com a Veja, uma das maiores e mais prestigiadas do país, a Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) teve 39,74% das verbas bloqueadas, o que representa 114 milhões de reais.

Além das despesas básicas, a instituição diz que o contingenciamento vai impedir o “desenvolvimento de obras e compra de equipamentos utilizados em instalações como laboratórios e hospitais”. A Universidade Federal de São Paulo (Unifesp), onde o ministro da Educação, Abraham Weintraub, é professor, diz que o bloqueio de recursos vai forçar a instituição a reduzir custos com água, luz e contratos de manutenção.

Em nota, a reitoria disse que vai discutir com a comunidade a situação. O bloqueio de verbas para os institutos federais foi superior ao das universidades, com contingenciamento de 34,5%. “Antes estávamos enxugando a gordura para reduzir custos. Agora, estamos raspando o osso. Não temos mais como reduzir os gastos sem prejudicar a qualidade do ensino”, disse Luís Claudio Lima, diretor do campus de São Paulo do Instituto Federal de São Paulo (IFSP).

Paramirim conta com monumento pré-histórico raro

Foto: L12

Na localidade de Santana, na zona rural da cidade de Paramirim, fica localizada uma formação geológica rara, a Pedra de Santana, que atrai visitantes de todos os lugares.

O monumento é uma das duas construções pré-históricas do território brasileiro. O outro fica situado no estado de Goiás. O dólmen, como é conhecido, fica em uma montanha imponente, em local de difícil acesso. De acordo com o L12, para chegar até a construção, os visitantes precisam percorrer uma trilha de cerca de 3 km. Lá, são surpreendidos com uma vista panorâmica e espetacular.

Brumado: Com garoa e pouca visibilidade, carro capota no anel rodoviário da BR-030

Foto: Lay Amorim/Achei Sudoeste

Na manhã desta segunda-feira (06), um acidente foi registrado na rótula da BR-030, na entrada do município de Brumado. No local, um carro capotou várias vezes após deslizar na pista. Em entrevista ao site Achei Sudoeste, o condutor do veículo, o Bacharel em Direito Gustavo Igor disse que a garoa e a pouca visibilidade no trecho fizeram com que ele perdesse o controle do carro na curva da rotatória.

Havia cinco pessoas no veículo, as quais voltavam da cidade de Vitória da Conquista, onde participaram da segunda etapa do exame da OAB. “Estava viajando tranquilamente quando, de repente, ao fazer a curva, freei, o carro deslizou e, infelizmente, capotei o carro”, relatou.

Apesar da gravidade do acidente, todos os ocupantes passam bem e já estão em casa. O condutor também reclamou da falta de sinalização no trecho, tendo em vista que a rotatória não está bem indicada no local.

Brumado: Alunos do Ifba deliberam mobilização contra corte no orçamento federal

Foto: Lay Amorim/Achei Sudoeste

Os alunos do Ifba de Brumado planejam a realização de uma manifestação em protesto contra os cortes no orçamento do Governo Federal destinados à instituição de ensino. Em entrevista ao site Achei Sudoeste, os estudantes do curso de Edificações, Paulo Ricardo e Louise Vitória, disseram que a manifestação visa externar a insatisfação de todos os campis com os cortes e o descaso da União com a educação.

“A gente vai ser diretamente afetado por esse corte”, declarou Ricardo. Louise afirmou que a classe acadêmica está se organizando para ir de preto até a instituição nos próximos dias. A cor, segundo ela, representa o luto dos alunos pelo descaso com a educação.

A manifestação não irá afetar o andamento das aulas no campus, já que ocorrerá no período do intervalo “Vai ser uma forma bem pacífica de demonstrar o parecer dos estudantes do Ifba de Brumado acerca do que está acontecendo”, concluiu.