Arquivos diários: 16 de novembro de 2018

Vários pontos de infestação do besouro conhecido como potó são relatados em Caculé

Uma infestação do besouro bombardeiro, conhecido popularmente como potó, está sendo registrada na cidade de Caculé, a 100 km de Brumado. A espécie pode provocar queimaduras na pele humana, além de causar mau cheiro.

Segundo Sertão em Dia, dezenas de pessoas sofreram ferimentos leves em razão do contato com os besouros, que costumam surgir em períodos chuvosos. Na cidade de Caculé, vários pontos com infestação foram relatados.

De acordo com especialistas, os potós são larvas subterrâneas que são atraídas para a superfície quando o clima está quente e úmido. Eles encontram condições ideais para se reproduzirem e isso acaba estimulando o surto populacional.

CONDEÚBA DE NOSSOS DIAS

Por Thiago Braga

Lá, depois da cortina de poeira, quando o vento decide varrer a estrada, Condeúba se mantém bonita para seus moradores, ora encantando os visitantes com a pureza do meio ambiente (fauna e flora). Guarda o traço fino da própria origem: arte, cultura e tradições regionais. Sua história vai de encontro com a povoação dos vales. Sofre com a falta d’ água em períodos de seca. Supera as dificuldades através da irrigação do solo. Por fim, o corte de lenha, tarefa braçal que produz carvão vegetal. Provocar queimada é crime segundo o Código Florestal.

Desde cedo, viu no agronegócio, fonte de riqueza distribuída em plantio, colheita e armazenamento de produtos. Perdeu a timidez, para “negociar longe”, ganhando crédito no mercado livre. Segue a BR 116, na conquista de grandes horizontes. De jeito atrevido, “espixou” sob a mata rasteira dos gerais. Ruas, becos e avenidas dividem o mesmo espaço com enorme conjunto de casas. Por assim dizer, extrapola limites de crescimento, mostrando presença nessa região agrária. “Criou asas”, no sentido de movimentar pessoas e bens. Exemplo vivo do desenvolvimento social.

Carros de bois, uns poucos que ainda restam, “fazem trânsito” na zona rural. Puxado por boi zebú, todo preto, pesando entre 40 e/ou 48 arrobas. Força motriz usada durante anos para transporte de mercadorias. Há criação de galinha, codorna, marreco, cabrito, sariema, cocá, etc. A feirinha chama – nos atenção pela variedade de frutas, verduras, legumes, cereais e pescados. Acha de tudo: do alface crespo ao polvilho doce ensacado em pacotes de meio quilo. O comércio é bastante sortido nos demais ramos de atividades. “Anda a todo vapor”. Ponto de convergência entre o homem do campo e o resto do mundo.

A cidade multicor se entrega à calmaria dos dias longos de verão. E o céu de baunilha?! De fundo, as montanhas azuladas parecem querer abraçar Condeúba, toda sorridente, para a chegada do Natal. Presépios cheios de luz e emoção. Algo singular. O que temos hoje? Um lugar agradável com todos os motivos possíveis e necessários para sentirmos o valor da terra em abundância. A lavoura, seguida da pecuária, sempre foi farta no município. Safra: milho, arroz, amendoim, feijão de corda, ciriguela, açafrão, cana roxa, dentre outros. * Condeúba: união, trabalho e certeza de novo tempo. *

Thiago Braga é de Jacaraci e escreve para a Folha de Condeúba

Licínio de Almeida: Maratonistas condeubenses foram os grandes vencedores da prova de ruas 10 e 6 KM

Por Oclides da Silveira

O maratonista condeubense Sivaldo Santos Viana foi o vencedor da prova na categoria geral em Licínio de Almeida nesta quinta-feira 15 de novembro

Com muito destaque e grande desenvoltura na corrida os atletas condeubenses Sivaldo Santos Viana na categoria geral e Junior Coelho na categoria de 20 a 29 anos venceram a corrida 10 km, além de João Pedro que também venceu a geral Infantil 6 km de ruas em Licínio de Almeida neste dia 15 de novembro de 2018. Prova essa feita pela passagem do aniversário da cidade que completou 56 anos de emancipação política.

Os atletas de Condeúba que participaram desse evento em Licínio de Almeida, foram em numero de 14, sendo que 7 deles subiram ao pódio, ou seja 50%, lembrando que 3 foram os vencedores. Assim mais uma vez nossos atletas com seus bons resultados por onde passam, comprovando que estamos no caminho certo. Esses projetos contam com total apoio da Prefeitura através das Secretarias Municipal de Cultura, Desporto e Lazer e também Departamento de Transportes.

Nós do Jornal Folha de Condeúba  parabenizamos todos os atletas e organizadores em especial o professor Alex com seu projeto “Eu Atleta” direcionado para a garotada e Carlão Maratonista que agrega os adultos e veteranos. Mais uma vez parabenizamos a todos pela dedicação a esse esporte, que tem nos possibilitado de ser destacados no cenário nacional. Da mesma forma parabenizamos os organizadores da prova e também a cidade de Licínio de Almeida nossa co-irmã, pelos seus 56 anos de emancipação política. A classificação geral dos condeubenses ficou assim:

10 KM – 1º  – Sivaldo Santos Viana na categoria geral                                                                                1º – Junior Coelho na categoria de 20 a 29 anos                                                                                            3º – João soares na categoria 30 a 39 anos

6 KM – 1º – João Pedro categoria geral Infantil                                                                                                2ª – Nataline Soares Malta feminino categoria 20 a 29 anos                                                              2º – 2º – Jorge Gabriel categoria geral infantil
3º – Deyvid Natan categoria geral infantil Continue lendo Licínio de Almeida: Maratonistas condeubenses foram os grandes vencedores da prova de ruas 10 e 6 KM

Brasil tem mais de 38 mil mortes violentas em 9 meses deste ano

Pelo menos 38.436 pessoas foram assassinadas nos nove primeiros meses deste ano no Brasil. Apenas em setembro foram registradas 3.721 mortes violentas. O número, porém, é ainda maior, já que dois estados (Maranhão e Paraná) não divulgam os dados referentes a setembro.

O Paraná é o único que não divulga também os dados de julho e de agosto. O índice nacional de homicídios, ferramenta criada pelo G1, permite o acompanhamento dos dados de vítimas de crimes violentos mês a mês no país.

O número consolidado até agora contabiliza todos os homicídios dolosos, latrocínios e lesões corporais seguidas de morte, que, juntos, compõem os chamados crimes violentos letais e intencionais.

SEMANA DA CONSCIÊNCIA NEGRA

Por Antônio Santana   

NEGRO

Ser negro não é defeito e nem preconceito
Ser negro é amar a sua própria raça
É lutar pela sobrevivência da sua dignidade
Idealizando o sonho de uma nova sociedade.

É a cor de um mundo que não passa
É a força de todos brilhando na praça
É a escravidão que parece que não passa
É a liberdade que chega sem graça.

É o negro que pede um pão
É a fome que mata o cidadão
É o negro que dorme no chão
É o negro que sofre discriminação.

O negro grita por solução
O patrão continua dando a ração
Pregando a igualdade de condição
O pobre do negrão se virando feito peão.

Antônio Santana,
Escritor e poeta.
Condeúba – Bahia.