Arquivos diários: 10 de maio de 2018

Condeúba: Foi realizado nesta quinta-feira a 12ª Sessão Ordinária da Câmara Municipal

Por Oclides da Silveira

Os vereadores cantando o Hino Nacional como de hábito no início da Sessão

Foi realizado nesta quinta-feira dia 10 de maio de 2018, a 12ª Sessão Ordinária da Câmara Municipal, desta feita com os expedientes bem reduzidos, pois a atual gestão tem tratado com muito esmero essa questão de não deixar avolumar a pauta, sempre tem votado todos os Projetos dentro do tempo aprazado, por isso, essa folga acentuada nas pautas das Sessões.

GRANDE EXPEDIENTE

Vereador Reginaldo Sobrinho do Nascimento

Reginaldo Sobrinho – PSB usando a tribuna “disse saúdo todos aqui presentes em especial ao amigo Oclides da Silveira que vem fazendo um trabalho voluntário de suma importância através da Folha de Condeúba, na qual tem divulgado os trabalhos da Câmara. Em seguida saúdo as mulheres mães pela passagem do seu dia que será no próximo domingo. Agradeço aqui ao Secretário de Infra-estrutura e ao Prefeito por ter atendido Indicação deste vereado autorizando a fazer o patrolamento da Estrada que liga a sede ao Distrito do Alegre. Quero falar sobre os atrasos do INSS, procurei saber e constatei que é uma herança maldita de muitas gestões anteriores. Com relação aos funcionários eles não serão prejudicados, caso precise é só recorrer ao RH da Prefeitura, que tudo será solucionado. A Prefeitura está com uma dívida acumulada ao longo dos anos num valor aproximado de 16 milhões de reais. Na atual conjuntura depois de gerado a GEFIP se der um valor aproximado de 500 mil reais, este valor nuca será depositado de forma integral, é sempre a menor o que faz a divida estar sempre crescendo. Saúde quero falar dos exames de ultrassonografia que era para ser feito na Policlínica de Condeúba, porem não foi possível,  tendo em vista que essa empresa está passando por problemas financeiro não tem a certidão negativa de unos, aí não pode receber da Prefeitura, então não quiseram remontar dívida, mas a prefeitura já deu o prazo legal e segundo o Secretário de Saúde já foi feito o destrato”, completou Reginaldo. Continue lendo Condeúba: Foi realizado nesta quinta-feira a 12ª Sessão Ordinária da Câmara Municipal

PF PRENDE POLÍTICO COM R$ 4,6 MILHÕES NA OPERAÇÃO PRATO FEITO

Em balanço divulgado na noite desta quarta-feira (9), a Polícia Federal (PF) informa que três pessoas foram presas em flagrante durante a Operação Prato Feito, deflagrada hoje e que investiga cinco grupos suspeitos de desviar recursos da União que eram destinados à educação.

Segundo o novo balanço, em dois desses flagrantes, ocorridos na cidade de Mauá, na região metropolitana de São Paulo, foram apreendidos R$ 588.417 e R$ 87 mil. Os nomes dos presos não foram revelados, mas a polícia informou que os valores foram encontrados na casa de agentes políticos de Mauá e que eles foram presos por suspeita de lavagem de dinheiro.

Já em Mongaguá, na Baixada Santista, foram apreendidos R$ 4.613.610 e US$ 216.763,00 em espécie, também na residência de um agente político, igualmente preso por suspeita de lavagem de dinheiro.

Além disso, foram apreendidos R$ 12.250 na casa de um empresário em Mauá, R$ 34.250 na casa de um empresário em Santo André, R$ 30 mil na casa de um empresário em São Paulo e R$ 17 mil na casa de um empresário em Salvador. Continue lendo PF PRENDE POLÍTICO COM R$ 4,6 MILHÕES NA OPERAÇÃO PRATO FEITO

Ex-prefeito de Livramento de Nossa Senhora é punido ao retaliar servidores públicos


Foto: Lay Amorim/Achei Sudoeste

O ex-prefeito de Livramento de Nossa Senhora, Paulo Azevedo (MDB), o ex-secretário de saúde, Tácio Mota, e o ex-secretário de educação, Sebastião Fernandes, foram multados por retaliar servidores municipais. A ordem é do juiz João Lemos Rodrigues, da 101ª Eleitoral, acatando representação do Ministério Público.

De acordo com o Mandacaru da Serra, a multa total imputada ao ex-prefeito, em duas representações, foi de R$ 10.640,00, e a dos secretários R$ 5.320,00, cada. Segundo o MP, após as eleições de 2016, o então secretário da saúde teria identificado servidores temporários simpáticos aos opositores do prefeito, pelo que foram exonerados, ferindo a quarentena eleitoral.

O secretário da educação fez algo parecido ao dispensar de carga horária adicional de 20h dos professores concursados que teriam manifestado simpatia pelo grupo político contrário a Paulo Azevedo. Os dois auxiliares do governo municipal alegaram, em juízo, que agiram a mando e com o conhecimento do então prefeito.

O juiz rejeitou os argumentos dos representados, considerando que os depoimentos em juízo e os documentos apresentados confirmaram a violação da Lei, a qual proíbe a prática dos atos denunciados, de três meses antes da eleição até a posse dos eleitos.

Dono da empresa de refrigerantes Dolly é preso por fraude fiscal de R$ 4 bilhões

Share Button

Laerte Codonho, presidente da Dolly | Foto: Reprodução/SBT

A Polícia Militar prendeu na manhã desta quinta-feira (10) o empresário Laerte Codonho, dono da empresa de refrigerantes Dolly. Codonho estava em sua casa, localizada na Granja Viana, em Cotia, na Grande São Paulo. Em fevereiro desse ano, reportagem do site da revista Veja revelou que Codonho havia sido condenado a 6 anos e 7 meses de prisão e ao pagamento de multa por sonegação de benefícios previdenciários.

De acordo com a GloboNews, investigações apontam para uma fraude fiscal de 4 bilhões de reais, organização criminosa e lavagem de dinheiro. Um dos desvios consistiu na demissão de funcionários para posterior recontratação por outra companhia para fraudar o Instituto Nacional do Seguro Social (INSS). De acordo com o Ministério Público, a Ragi Refrigerantes – nome oficial da Dolly – pagou menos contribuições previdenciárias e sociais que deveria entre os anos de 1999 e 2001.

Os recursos faltantes eram destinados a programas que financiam o Incra, Senai, Sesi, Sebrae e Fundo Nacional para o Desenvolvimento da Educação (FNDE). O caso veio à tona após o INSS – órgão federal responsável pela arrecadação previdenciária – notar queda nos valores pagos pela empresa entre um ano e outro. O órgão público fez uma fiscalização e acusou a empresa de fraude.

Polícia Polícia encontra plantação de maconha avaliada em R$ 2,2 milhões em Esplanada

Uma plantação de maconha foi descoberta pela polícia no município de Esplanada, no litoral norte baiano, nesta quarta-feira (9). Avaliada em R$ 2,2 milhões, a droga foi incinerada pelos agentes da Coordenação de Operações Especiais (COE) e do Departamento de Repressão e Combate ao Crime Organizado (Draco) da Polícia Civil.

A plantação, que pesou cerca de 1,5 tonelada, foi encontrada em um povoado da zona rural na localidade São José do Operário com utilização de drone. Os policiais civis chegaram até a droga após a Operação Conhecer, Operar e Aproximar (COA), promovida em Portão, município de Lauro de Freitas, no ano passado.

Um dos presos informou que a maconha vendida era plantada na cidade de Esplanada. Com as informações repassadas e apoio do Draco, o plantio foi monitorado e erradicado.

De acordo com a polícia, informações apontam que a plantação é de João Cleison Carvalho, o ‘Didi, capturado este ano em Maceió por policiais baianos. O ‘Didi’ é apontado como líder de uma quadrilha que atua naquela região.

Eleições: Celso Amorim pode ser vice em candidatura de Lula, diz jornal

O ex-chanceler Celso Amorim entrou no cardápio de possíveis vices de Lula, que deve ser registrado pelo PT no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) como candidato à Presidência, de acordo com a colunista Mônica Bergamo, do jornal Folha de São Paulo.

Ainda de acordo com a publicação, o partido está preocupado com a ausência em debates e sabatinas que veículos promovem com pré-candidatos. Uma vez indicado vice, Amorim teria, na visão da legenda, condições de representar Lula e defender o seu governo, do qual foi chanceler.

Os defensores do nome dele apontam também o fato de que Amorim não colocaria obstáculos caso tivesse que ser substituído na chapa mais adiante, para dar lugar a outro vice. Ou mesmo para que o PT, numa hipótese remota, se aliasse a um candidato de outro partido caso Lula não possa disputar.

Geddel e Lúcio Vieira Lima viram réus pelo caso de ‘bunker’

Foto: Divulgação/PF

A Segunda Turma do Supremo Tribunal Federal (STF) aceitou nesta terça-feira (8) a denúncia oferecida pelo Ministério Público Federal contra o deputado federal Lúcio Vieira Lima e o irmão dele, o ex-ministro Geddel Vieira Lima, ambos do MDB, no caso dos R$ 51 milhões apreendidos em um apartamento em Salvador.

De acordo com o G1, com isso, Geddel e Lúcio se tornaram réus e passarão a responder a uma ação penal na Corte pelos crimes de lavagem de dinheiro e associação criminosa. Ao analisar a denúncia, o STF também acolheu a acusação contra Marluce Vieira Lima, mãe de Geddel e de Lúcio; Job Ribeiro, ex-assessor de Lúcio Vieira Lima; e Luiz Fernando Costa Filho, sócio da empresa Cosbat.

Os ministros do Supremo rejeitaram, contudo, a denúncia contra Gustavo Ferraz, ex-diretor da Defesa Civil de Salvador. Pouco antes de os ministros acolherem a denúncia, a Segunda Turma decidiu manter o caso no Supremo.

Grupo explode duas agências bancárias de Jeremoabo

Foto: Arquivo Pessoal

Duas agências bancárias do município de Jeremoabo, no norte do estado, foram atacadas por bandidos na madrugada desta quarta-feira (9). DE acordo com o G1, por meio do uso de explosivos, os criminosos arrombaram caixas eletrônicos e provocaram destruição nas áreas de autoatendimento das agências do Bradesco e do Banco do Brasil.

Os bandidos, que ainda não foram identificados, conseguiram fugir. Não há informações sobre a quantia roubada. Em nota, a Polícia Militar informou que, por volta das 3h30 desta quarta, policiais do 20º BPM foram acionados para averiguar o caso. No local, testemunhas contaram que os indivíduos chegaram em um veículo. A guarnição da PM isolou a área e acionou o Serviço de Investigação em Local de Crime (Silc) para realização de perícia. A Polícia Civil investiga o caso.